Porto Velho (RO) terça-feira, 16 de julho de 2019
×
Gente de Opinião

Colunistas

  • Paulo Saldanha

    Paulo Saldanha

    PAULO CORDEIRO SALDANHA: Nasceu em 1946, em Guajará–Mirim, Rondônia. É Advogado e hoteleiro. Foi Presidente de Bancos Estaduais de Rondônia e Roraima, Diretor do Banco da Amazônia e Diretor–Geral do Tribunal Regional do Trabalho da 14º Região. Cronista e Romancista. É Membro Fundador da Academia Guajaramirense de Letras-AGL e Membro Efetivo da Academia de Letras de Rondônia-ACLER.


  • Terça-feira, 11 de Julho de 2017

  • A Samaúma, o Casamento, a Filosofia Socrática e os Cisnes - Por Paulo Saldanha

    A Samaúma, o Casamento, a Filosofia Socrática e os Cisnes - Por Paulo Saldanha

    18h01 - A celebração de um casamento deve anteceder a celebração de um nascimento! Espera-se que o matrimônio tenha a duração de uma castanheira, de uma samaú...

  • Sexta-feira, 7 de Julho de 2017

  • Homens de governo, temos pressa! Por Paulo Saldanha

    Homens de governo, temos pressa! Por Paulo Saldanha

    05h03 - Homens de governo, temos pressa! Acelereis, crieis os meios para incutir e espargir a esperança! Porque ficou registrado, sabe-se que parte do traçado...

  • Terça-feira, 4 de Julho de 2017

  • Virou moda - Por Paulo Saldanha

    Virou moda - Por Paulo Saldanha

    20h11 - O brasileiro médio é pacato, e segue o princípio de, politicamente, não se inserir em qualquer rótulo. Poderá ser mais de centro do que de qualquer ou...

  • Sábado, 1 de Julho de 2017

  • SENHOR, JÁ NÃO TENHO MAIS TANTA PRESSA!

    SENHOR, JÁ NÃO TENHO MAIS TANTA PRESSA!

    08h01 -   Recebi um maravilhoso texto que me transportou para uma reflexão e, a partir dela, desdobrei-a a um novo questionamento desde o estímulo que me tran...

  • Quinta-feira, 29 de Junho de 2017

  • Os Homens Duplicados - Por Paulo Saldanha

    Os Homens Duplicados - Por Paulo Saldanha

    08h19 -   Estamos em 2130! Guajará-Mirim vive o seu boom por conta da expertise de seus brilhantes executivos e recolhe bênçãos sócio-econômicas em face do su...

  • Segunda-feira, 19 de Junho de 2017

  • Soberba, enfia a tua viola no saco - Por Paulo Saldanha

    Soberba, enfia a tua viola no saco - Por Paulo Saldanha

    19h03 - Conheço diversas histórias nesta Amazônia de Deus (Rondônia, Amazonas, Roraima, Pará e Mato Grosso), por onde trilhei caminhos por conta da minha prof...

  • Terça-feira, 13 de Junho de 2017

  • Tempo – uma inafastável e cruel constatação

    Tempo – uma inafastável e cruel constatação

    18h12 - Como todos os meninos de qualquer época, eu tive oito anos e não me preocupava com o futuro! Ante essa despreocupação, ainda sonolento, todas as manhã...

  • Sábado, 10 de Junho de 2017

  • A víbora e o homem mau - Por Paulo Saldanha

    A víbora e o homem mau - Por Paulo Saldanha

    13h42 - Permitais, meus senhores, que eu transite pelo tema que consiste na comparação entre a víbora e o homem mau. Ela, que rasteja para saciar a sua fome, ...

  • Quarta-feira, 7 de Junho de 2017

  • No jogo da sedução a paquera virou campo minado

    No jogo da sedução a paquera virou campo minado

    10h01 - Na psicologia social, no tocante ao jogo da sedução, a humanidade pode perder o ponto de nivelamento ideal em razão das contradições que vão emergindo...

  • Sexta-feira, 5 de Maio de 2017

  • Não, nada é mais como na época de nossos pais

    Não, nada é mais como na época de nossos pais

    14h10 -   Na pobreza retratada em face da dor pela perda do “setentão” Belchior fui chorar na letra e na música “como nossos pais” e fiquei mais entristecido ...

  • Sexta-feira, 28 de Abril de 2017

  • Ansiedade, Esperança, Serenidade e Sabedoria - Por Paulo Saldanha

    Ansiedade, Esperança, Serenidade e Sabedoria - Por Paulo Saldanha

    12h34 - Sempre fui um tanto ansioso, fosse nos meus tempos de desportista e desejava alcançar uma vitória, fosse depois, como executivo, quando objetivava col...

  • Domingo, 23 de Abril de 2017

  • O abraço que acalma é o mesmo que perdoa - Por Paulo Saldanha

    O abraço que acalma é o mesmo que perdoa - Por Paulo Saldanha

    13h56 -   O abraço é o gesto de carinho que traduz afeto. Acalma e simboliza, conforme o caso, o perdão sacramentado nas lições do Cristo! O abraço da mãe, re...

  • Quinta-feira, 13 de Abril de 2017

  • O BANCO E SULEIMAN

    O BANCO E SULEIMAN

    05h04 -   Consta que Suleiman El Ferran (nome fictício), um simpático libanês teria aportado em 1937 nestas plagas guajaramirenses. Vendia tecidos, perfumes, ...

  • Quinta-feira, 6 de Abril de 2017

  • CARTA AO GENERAL COSTA NEVES - Por Paulo Saldanha

    CARTA AO GENERAL COSTA NEVES - Por Paulo Saldanha

    09h47 -   Daqui desta fronteira acompanho o desempenho e as suas ações profícuas – elas vão além das obrigações cívicas e militares, que cumpre com acrisolado...

  • Domingo, 2 de Abril de 2017

  • Fortunato Panachão, sem inspiração, chorou, chorou - Por Paulo Saldanha

    Fortunato Panachão, sem inspiração, chorou, chorou - Por Paulo Saldanha

    09h08 -   Encontrei-me noutro dia, no supermercado, com Fortunato Panachão (nome fictício), meu colega de colégio. E foi aquela festa! Ele, com cabelos cor de...

  • Sábado, 18 de Março de 2017

  • O homem que queria aprender a ser Deus

    O homem que queria aprender a ser Deus

    09h13 -   Pedro desejava conviver com a morte, mas não conseguia! Se uma pessoa abençoada partia em direção a outra dimensão, ele parecia morrer por dentro. E...

  • Quinta-feira, 23 de Fevereiro de 2017

  • Eurácio e as melancias - Por Paulo Saldanha

    Eurácio e as melancias - Por Paulo Saldanha

    14h22 -   Convém decifrar, de plano, esse sujeito com tantos predicados, conhecido informalmente como Eurácio Torito, morador transitório nesta fronteira Bras...

  • Segunda-feira, 20 de Fevereiro de 2017

  • Literatura surreal - Por Paulo Saldanha

    Literatura surreal - Por Paulo Saldanha

    18h08 - Hoje a minha escrita vai silenciar e uma página em branco vai emergir a partir do caos deixado por minhas lembranças. Será? Nenhuma letra, nenhuma síl...

  • Sábado, 28 de Janeiro de 2017

  • O coronel que foi promovido a marechal - Por Paulo Saldanha

    O coronel que foi promovido a marechal - Por Paulo Saldanha

    14h18 - Sabe-se que, aos olhos de Deus e dos santos - e certamente através da crítica de alguns humanos - todos teremos pecados a purgar, dentro dos conceitos...

  • Sexta-feira, 27 de Janeiro de 2017

  • A PARTIDA DO LÍDER QUE EU TRANSFORMEI EM ÍDOLO - Por Paulo Saldanha

    A PARTIDA DO LÍDER QUE EU TRANSFORMEI EM ÍDOLO - Por Paulo Saldanha

    14h11 - Conheci o coronel Jorge Teixeira em março de 1979, quando eu assumi a Gerência do Banco da Amazônia S/A na capital manauara. –“Que que” tu estás fazen...

  • Sexta-feira, 20 de Janeiro de 2017

  • O Estatuto que contém avanços é o mesmo que criou constrangimentos

    O Estatuto que contém avanços é o mesmo que criou constrangimentos

    11h50 -             A Constituição Brasileira no artigo 227, também assegura a proteção integral à criança e ao adolescente: "É dever da família, da sociedade...

  • Quinta-feira, 5 de Janeiro de 2017

  • SE É PARA RACIONALIZAR, VOU TENTAR COMPLICAR - Por Paulo Saldanha

    SE É PARA RACIONALIZAR, VOU TENTAR COMPLICAR - Por Paulo Saldanha

    12h10 - Às vezes fico “matutando”, tentando questionar situações com as quais jamais concordei. Um exemplo: nunca eu assumiria uma função pública apenas para ...

  • Quinta-feira, 22 de Dezembro de 2016

  • O Teixeirão e a decisão que mandou asfaltar a BR-364 - Por Paulo Saldanha

    O Teixeirão e a decisão que mandou asfaltar a BR-364 - Por Paulo Saldanha

    13h41 -   Lendo certa vez o Zé Katraca, de quem sou fã e leitor assíduo, eis que o meu cérebro que armazena fatos de “antanho” entrou em ebulição para que eu ...

  • Sexta-feira, 18 de Novembro de 2016

  • Avenida Costa Marques

    Avenida Costa Marques

    15h15 - Agora, após pesquisas, tenho uma convicção formada: desejo acreditar que o batismo da avenida Costa Marques, implantada nos primórdios de Guajará-Miri...

  • Quinta-feira, 10 de Novembro de 2016

  • Demerval, o médico, deixou representantes em Guajará

    Demerval, o médico, deixou representantes em Guajará

    16h59 - Adoro “causos” e me delicio com os disparates decorrentes da criatividade do ribeirinho, do ‘beiradeiro’, enfim, do homem que vive no campo, nas flore...

  • Segunda-feira, 7 de Novembro de 2016

  • Em San Joaquim, Bolívia, os OVNI’s aparecem Crônicas Guajaramirenses

    Em San Joaquim, Bolívia, os OVNI’s aparecem Crônicas Guajaramirenses

    16h58 -   Quando jovem, rumando em direção a cidade de Trinidad, aonde a seleção de futebol de Guajará-Mirim iria jogar, o nosso avião aterrizou em San Joaqui...

  • Sábado, 5 de Novembro de 2016

  • Avenida Antônio Correia da Costa

    Avenida Antônio Correia da Costa

    10h39 - O Município de Guajará-Mirim tem vínculos indissolúveis com o Estado de Mato Grosso. E é natural que assim o seja, posto que toda esta região, a parti...

  • Quarta-feira, 2 de Novembro de 2016

  • Avenida Quintino Bocaiúva

    Avenida Quintino Bocaiúva

    09h14 -   Mais uma vez justifico a minha iniciativa de informar ao eventual leitor sobre a origem dos nomes de algumas avenidas da cidade de Guajará-Mirim. E ...

  • Segunda-feira, 31 de Outubro de 2016

  • Doutor Mendonça Lima

    Doutor Mendonça Lima

    15h28 - Mais uma vez justifico a minha iniciativa de dar um start para informar a eventual leitor sobre os nomes de algumas avenidas da cidade de Guajará-Miri...

  • Terça-feira, 25 de Outubro de 2016

  • A Mangueira Transplantada

    A Mangueira Transplantada

    17h48 - Araldo da Anunciação era proprietário de 23 hectares no Iata, às margens do ainda Mamoré, já na iminência de formar o Rio Madeira alguns quilômetros a...