Porto Velho (RO) terça-feira, 16 de julho de 2019
×
Gente de Opinião

Paulo Saldanha

Esse indecifrável SISTEMA


Esse indecifrável SISTEMA - Gente de Opinião

Já fui apoiador do sistema. Outros tempos! Bons tempos! Hoje o sistema não é mais confiável. Ficou incompetente e corrupto! Porém, há outro sistema, para o meu desgosto.

Imagine que nos bancos e nas operadoras de telefonia, ele, o Sistema, é irmão siamês da incompetência, da ineficiência, da ineficácia, do tumulto, da indecência cidadã, que nos agride, humilha e nos traz desperdício de tempo, dinheiro e de saúde.

É que o ser humano, ao buscar soluções bancárias e telefônicas, e vendo-se privado do bom atendimento que mereceria recolher dos entes responsáveis, vê alterações na sua pressão sanguínea e sofre ansiedades de todos os tipos quando prosperam a angústia e as decepções.

Imaginemos as pessoas moradoras nas áreas rurais, que acordando cedo, e após percorrerem 20, 25, 30 km ou mais, chegam esbaforidas e empoeiradas nas agências bancárias, para ficar aguardando esse senhor arrogante do tempo, chamado de Sistema, dignar-se a aparecer nos computadores que deveriam estar de plantão.

E quando são avisados que ele, o SISTEMA, atrasou e ninguém sabe quando chega, aí a "porca dobra o rabo"...

São horas e horas perdidas para a inoperância, incompetência e desilusões!

No meu tempo de bancário e de executivo, quando o SISTEMA ficava amuado e não chegava, os profissionais se valiam da criatividade e os serviços voltavam a funcionar. Não se punia o público alvo pela inércia de atitudes e ações!

Naquele tempo se raciocinava da seguinte forma: se você tem um problema, você está em CRISE! Para sair da CRISE tire o “S” dessa palavra e a decomponha mediante a forma CRIE. Sim, crie, de criatividade!

Agora, escravizados pela petulância do SISTEMA, ficam os responsáveis pelos donos dele, indolentes, omissos e negligentes. Aguardando o mau humor dele, o SISTEMA, passar. 

Até parece que são apologistas dos princípios que regulam o péssimo habito gerencial: 50% dos problemas não têm solução, e assim, não fazem nada; os outros 50% se resolvem por si só. Então não tomam nenhuma medida...

E o povão é que se lasca!

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Paulo Saldanha

Reveja: O Professor Abnael Machado de Lima - Por Paulo Saldanha

Reveja: O Professor Abnael Machado de Lima - Por Paulo Saldanha

À distância nutria admiração pelo Mestre Abnael, mas não fazia parte do seu núcleo de amizades, apesar de saber do respeito e admiração que meu pai, P

Crônicas Guajaramirenses: Alguém na minha lista do whatsapp

Crônicas Guajaramirenses: Alguém na minha lista do whatsapp

Embora comovido, não deletei alguns nomes queridos na lista do meu celular, lamentando a perda do meu dileto companheiro em face da viagem para o an

CRÔNICAS GUAJARAMIRENSES:  Se não podemos rememorar o 31 de março, que tal celebrarmos o fracasso do comunismo?

CRÔNICAS GUAJARAMIRENSES: Se não podemos rememorar o 31 de março, que tal celebrarmos o fracasso do comunismo?

O governo fora proibido de rememorar a data da contra revolução que libertou o Brasil do nefasto jugo do comunismo odiento e fracassado! Decisão esq

CRÔNICAS GUAJARAMIRENSES:  Um Religioso Trapalhão

CRÔNICAS GUAJARAMIRENSES: Um Religioso Trapalhão

Corria a década de 50 o catolicismo já estruturado pelas benfazejas mãos e lucidez de Dom Rey