Porto Velho (RO) segunda-feira, 18 de outubro de 2021
×
Gente de Opinião

Léo Ladeia

Uma PEC inteligente. Que bela tacada do Boabaid


Frase de hoje:

“Renan, avise para o Mercadante que, se eu quisesse ferrar com ele, já teria feito isso antes. Ele que não venha dar uma de ético para cima de mim. Eu sei de umas coisas…” Lula num papo republicano com Renan, Lobão e Delcídio Amaral.

01-Cartas na mesa

Ricardo Pessoa, dono da UTC e Constran, tido como líder do cartel que roubou a Petrobras, assinou um acordo de delação com a Procuradoria Geral da República, para revelar o que sabe sobre pagamentos de suborno na Petrobras e outras estatais. Pelo acordo Pessoa pagará a multa de R$ 55 milhões, a segunda mais alta entre os delatores da Lavajato. A primeira – R$ 295 milhões – foi de Pedro Barusco. Pessoa disse que deu R$ 7,5 milhões para a campanha à reeleição de Dilma ano passado, negociados com Edinho Silva, tesoureiro e atual Secretário de Comunicação. Você alimenta duvidas sobre a lisura do processo? As cartas estão na mesa. O jogo vai ser jogado e o lambari já foi pescado pelo Dr. Moro.

02-Meio de campo embolado

Uma PEC inteligente. Que bela tacada do Boabaid  - Gente de Opinião

Quem tenta acompanhar as muitas operações político-policiais que pipocam por aí, deve ter em mãos cadernetas e planilhas para não se enroscar com origem, local, nomes e datas. Vez por outra o volume aumenta, o meio de campo embola e piora se há ação simultânea dos muitos órgãos de investigação como PF, MPF, MPE, GAECO, TCE, TCU, Polícia Civil e/ou Militar. E difícil até para a imprensa quando as operações saem de cambulhada, o que não é novidade por aqui. Só nos últimos dias, foram três. Com tanta operação a caderneta vai precisar de reforço. E haja nome estranho como esse tal Mamom.  
 

03-Sob nova direção I

Uma PEC inteligente. Que bela tacada do Boabaid  - Gente de Opinião

No MPE sai Heverton Aguiar, entra Airton Marin prometendo priorizar o combate ao crime organizado e agora com algo mais. É que depois de 27 anos o STF decidiu esta semana que o Ministério Público é competente para promover investigações penais por conta própria, respeitados os direitos, o devido processo legal e razoável duração do processo. A decisão polêmica conseguiu aplausos entre juízes e promotores, ranger de dentes da polícia e um olhar espantado do crime organizado. Se der certo...

Uma PEC inteligente. Que bela tacada do Boabaid  - Gente de Opinião

04-Sob nova direção II

“Investigar pressupõe que haja agentes”, dizem uns. “Os membros do MP vão se contaminar com suas teses de investigação”, dizem outros. Não é necessário que se crie nova estrutura com pessoal, salas, veículos, guardiões, etc. Se a polícia e o MP ultrapassarem a barreira da interface com limites impostos à atuação – “faço, não faço” – o crime organizado sofrerá muito mais e a justiça terá mais meios para o combate efetivo. O diabo é que no inferno das vaidades as fogueiras já crepitam faz muito tempo.


 




 

05-O calvário de Franco Vialetto

Uma PEC inteligente. Que bela tacada do Boabaid  - Gente de Opinião

Começou a fazer sua via crucis particular e fora de época, o prefeito de Cacoal Franco Vialetto e vale lembrar, está apenas na primeira das quinze estações ou se optarmos por uma comparação de cunho literário, está no primeiro dos nove círculos do inferno descritos na Divina Comédia de Dante Alighieri. Nesse vale de lágrimas da prefeitura de Cacoal, até agora nenhuma confissão do Franco. O que se sabe vem de gravações de conversas impróprias para uma sacristia. É o começo. Para descer ao inferno ainda faltam 8 círculos. Para a crucificação 14 estações. Vade retro... Sangue de Jesus tem poder!   



 

06-Uma PEC inteligente

Uma PEC inteligente. Que bela tacada do Boabaid  - Gente de Opinião

Jesuíno Boabaid que ainda assusta muita gente acaba de por o seu nome na constituição de Rondônia. Uma PEC de sua autoria somou o inciso XXXVII ao art 29 e o V ao art 36 da Constituição estadual, para no art 29 “expedir recomendações, visando à melhoria dos serviços públicos e de relevância pública, bem como ao respeito, aos interesses, direitos e bens cuja fiscalização lhe cabe promover, fixando prazo razoável para adoção das providências cabíveis, através de suas respectivas comissões” e no 36, expedir recomendações, através das medidas do Regimento Interno da ALE. Sem retirar poderes de outros órgãos a ALE se coloca na vanguarda da fiscalização do estado. Que bela tacada do Boabaid.  


 



 

07-Tate-bi-tate

Uma PEC inteligente. Que bela tacada do Boabaid  - Gente de Opinião

Depois da Operação Mamon, creio que é a hora de se refundar o tal Tate que está mais para bitate e moralizar a zona. Árbitros escolhidos por escrutínio e sabatinados na ALE, com mandato fixo de 2 anos, sem direito à reeleição e que pertençam a sindicatos, ordens e/ou conselhos de classes, sem qualquer interferência do governo, organismos estatais ou similares, talvez fosse o ideal. E mais, que o resultado dos julgamentos sofra revisão de um colégio formado por integrantes do TCE, Vara de Fazenda Pública, Defensoria Pública ou MP. Transparência nas ações e canja de galinha só fazem bem.      

 



 

08-Busão x prefeito

Uma PEC inteligente. Que bela tacada do Boabaid  - Gente de Opinião

Pode até ocorrer, mas não será um osso fácil de ser largado se assim pensava o prefeito Mauro Nazif. A justiça deu ganho de causa em decisão liminar suspendendo os efeitos do decreto municipal que declarou a caducidade do contrato das duas empresas que operam o sistema de transporte coletivo da capital. E há outro senão: além da suspensão do decreto, as empresas querem um reajuste tarifário para R$ 3.20. Não é mole não. Da decisão cabe recurso e enquanto isso o povão paga. É osso barão


 

09-Faca de dois legumes

Por dia quase 200 pessoas morrem no trânsito no Brasil. Nas favelas “operários da boca” morrem sem carteira assinada. Da cadeia chefes do PCC e do CV tocam o terror pelo país. No Congresso os “heróis de lama” lutam para não serem visitados pela PF. A dengue sobe como a inflação e o emprego diminui como o FIES. Cadeias cheias, lojas vazias, imposto de mais, governo de menos, dólar alto, PIB baixo, desemprego em alta, economia em baixa, conta de mais, energia de menos e la nave vá... Domingo morno e numa sala num palácio em Brasília uma senhora empunha a faca e... cráu no orçamento.   

10-Lixão

Tratei do busão aí acima e tentei me situar quanto aolixão. Até onde sei Prefeitura e Marquise estão mais juntas que dedo de pato, mesmo com um serviço que é “O” lixo. E o coiozão aqui, engabelado.

[email protected]

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Léo Ladeia

Política & Murupi - Quando o patrão manda abrir a porteira é porque a boiada foi vendida e o dono já é outro

Política & Murupi - Quando o patrão manda abrir a porteira é porque a boiada foi vendida e o dono já é outro

Recomendo vigorosamente àqueles que gostam das entranhas da vida partidária a leitura do livro “COMO MORREM AS DEMOCRACIAS”, um mergulho profundo no

Política & Murupi - Não, o Brasil do pobre faminto não é uma invenção da pandemia e não nasceu hoje

Política & Murupi - Não, o Brasil do pobre faminto não é uma invenção da pandemia e não nasceu hoje

As reportagens sobre pessoas em busca de restos de comida no lixo ou comprando ossos estão proliferando pelas TVS e redes de internet como algo novo

Política & Murupi - Quando tentei entender como funciona o “face”

Política & Murupi - Quando tentei entender como funciona o “face”

Começo com a frase muito difundida no mundo cibernético: se você acha que é um cliente que recebe um produto de graça via internet, acredite: você é

Política & Murupi - O setor da construção civil fechou maio com 2,43 milhões de trabalhadores com carteira assinada

Política & Murupi - O setor da construção civil fechou maio com 2,43 milhões de trabalhadores com carteira assinada

Disse o presidente da poderosa CBIC-Câmara Brasileira da Construção Civil que o setor está operando “como se fosse uma Ferrari andando com o freio d