Porto Velho (RO) segunda-feira, 20 de setembro de 2021
×
Gente de Opinião

Léo Ladeia

Coluna do Leo Ladeia - Um golpe contra o povo de Porto Velho


 

FRASE DE HOJE:

"Nós vamos, todos mês, passar um pente-fino, vai ser uma ação regular”Ministro Osmar Terra depois de descobrir 1,1 milhão de irregularidades em benefícios do Bolsa Familia.   


 

01-Um golpe contra o povo de Porto Velho

Coluna do Leo Ladeia - Um golpe contra o povo de Porto Velho - Gente de Opinião

Na direção contrária à onda de moralidade e honradez que bafeja o Brasil e nadando contra a maré de reduzir gastos públicos que se espalha pelo país, os vereadores de Porto Velho querem aumentar seus ganhos. O golpe – e esse é golpe mesmo – e está no forno. O balão de ensaio diz que o aumento é de 50%. Mentem. O golpe consiste em criar dificuldade para vender facilidade. 50% é muito? Que tal a metade ou qualquer parte disso? E que tal uma ação popular e/ou ação civil pública? Somos mais e mais fortes. Vamos pro pau! E quem pode mais que chore menos.

Coluna do Leo Ladeia - Um golpe contra o povo de Porto Velho - Gente de Opinião

Trecho do programa "Papo de Redação da SIC TV


 

02-Um sopro de lucidez I

Coluna do Leo Ladeia - Um golpe contra o povo de Porto Velho - Gente de OpiniãoPara ver como anda a situação carcerária do país, a presidente do CNJ e do STF, ministra Cármen Lúcia foi sábado na Penitenciária da Papuda em Brasília e a exemplo do que havia feito em Natal constatou os mesmos problemas da quase totalidade dos presídios brasileiros: superlotação, carência de pessoal e prestação precária de serviços. Na Papuda mais de 3 mil presos estão em alas para 1.400. Na Detenção Provisória, 4 mil presos estão numa área para 1.600 pessoas. Após a visita a ministra ouviu representantes dos presos. Um sopro novo e bom no Judiciário, mas...

03-Um sopro de lucidez II

Coluna do Leo Ladeia - Um golpe contra o povo de Porto Velho - Gente de OpiniãoSei que a pressão nos cárceres é insuportável, que o que faz a ministra é necessário e meritório, mas eu quero mais e logo. Nosso sistema de saúde é o ralo por onde escorre o dinheiro que falta para atender o povo. Falta remédio, o SUS tem baixa resolutividade e o sistema tripartite é ruim. Falta médico, enfermeiro, gestor, ensino de qualidade, estrutura e humanidade para  acolher. E como fazer saúde básica sem água tratada e esgotamento sanitário? Salvo as ilhas de excelência sobra pessoal mal formado, equipamento antigo, prédio sem manutenção e gestão ineficiente.

04- Um sopro de lucidez III

Coluna do Leo Ladeia - Um golpe contra o povo de Porto Velho - Gente de OpiniãoE já toquei no tema saúde e tangenciei no ensino, esse bate boca improdutivo e insano sobre a reforma do ensino precisa de lucidez e soro antiofídico pros dois lados. Alunos faziam de conta que aprendiam e a escola fazia de conta que ensinava. De repente pinta um sopro para tentar corrigir o erro e... “stop the pigeon”. Começou a guerra das crianças. Uma visita da ministra não irá resolver muita coisa, mas irá demonstrar que alguém se preocupa com a juventude. Ou não?

05-Baculejo no ENEM

Uma coisa puxa outrae neste domingo enquanto a gurizada se matava para fazer as provas do ENEM a polícia caiu em campo e...Bingo! PF, MPF e Inep que já vinham costeando o alambrado desarticularam uma quadrilha que fraudava o Enem permitindo que pessoas não aptas tivessem acesso a cursos de ponta e em especial Medicina. Para a PF, os canalhas fraudaram neste ano 2 exames: um em Mineiros e |outro em Vitória da Conquista Bahia. A Operação Embuste cumpre 28 mandados, sendo quatro de prisão temporária, quatro de condução coercitiva, 15 de busca e apreensão e cinco de sequestro de bens, ordenados pela Justiça Federal de Montes Claros, MG.

06- Um bafo de loucura no Judiciário

Coluna do Leo Ladeia - Um golpe contra o povo de Porto Velho - Gente de Opinião

Ricardo Lewandowski, ministro fatiador do impeachment, entrou numas de vereador de Porto Velho e pôs o olhar num reajuste salarial. O Supremo Tribunal Federal paga aos seus ministros a bagatela de R$ 33,7 mil O homem acha pouco e quer R$ 39,2 mil por mês. Ocorre que os salários do Supremo servem de referência para outras remunerações de servidores. Quando sobem, puxam os demais. Pelo efeito cascata a conta fica salgada. Algo perto de R$ 5 bilhões ano. E eu aqui reclamando dos vereadores da capital. Dr. Ricardo vê o Brasil com lentes estranhas.


 

07-Sobre heranças malditas

O Tribunal de Contas do Estado de Rondônia através da Escola Superior de Contas (Escon) faz o natal dos prefeitos eleitos bem mais cedo. Amanhã o TCE vai oferecer informações basilares a uma transição que garanta a continuidade do serviço público. São sete os painéis: Efetividade na administração pública/função pedagógica da Escon; Atuação do TC na administração municipal; Temas afetos ao TC na administração municipal; Procedimentos na Transição; Tomada de Contas Especial e Restos a Pagar; Execução de Convênios e Programas de Governo Federal e por fim Precatórios. O tempo da herança maldita se foi. Quem sai sabe e quem entra conhece bem que há. Como diz Zé de Nana “se não aguenta o peso do pote, é melhor nem pegar na rodilha”.

08-Fôro da elite privilegiada

O senador Randolfe Rodrigues entregou à CCJ o relatório sobre PEC 10/2013 do Senador Alvaro Dias que extingue o foro especial por prerrogativa de função, conhecido nas altas rodas como o foro privilegiado e com parecer favorável, a matéria já pode ser votada. Com os escândalos de corrupção descobertos e mostrados na operação Lava Jato, o tema voltou a ganhar força no Congresso Nacional e os congressistas estão num fogo cruzado, vez que o foro é visto como um “privilégio odioso”, usado para proteger políticos de baixa reputação que buscam a impunidade. Detalhe: desde 1988 até 2006 e com 130 ações ajuizadas, ninguém foi condenado pelo STF.

09-E já que toquei no ponto...

30 inquéritos sobre gente com foro privilegiado no STF anda a passo de preguiça há mais de seis anos e desses, sete estão há mais de dez anos inconclusos. Claro que para tudo existe alguma explicação. Quer mais?  84 ações penais com inquérito encerrado e onde o acusado já é réu estão na “dança do romano” em média há sete anos e oito meses e sem solução e claro, para tudo há alguma explicação. Quer encerrar o papo? 362 inquéritos estão em andamento no STF pois são de políticos com foro – deputados federais, senadores, ministros de Estado e até TCU. Dentre eles o do Renan Calheiros passa de nove anos e o do Romero Jucá fez 14 anos. Pensando só no meio ambiente, quantas árvores foram abatidas para produzir essa papelada toda?

10-Zé de Nana e a ministra Carmem Lúcia

“A ministra Lúcia tá indo nas cadeias pra ver se arranja lugar pro Moro enfiar mais gente”.  

[email protected]

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Léo Ladeia

Política & Murupi - De há muito o Brasil carece, torce e pede por uma reforma administrativa

Política & Murupi - De há muito o Brasil carece, torce e pede por uma reforma administrativa

De há muito o Brasil carece, torce e pede por uma reforma administrativa para que o país possa caminhar de preferência dentro do que preceituam as t

Política & Murupi - Amanhã o sete de setembro se anuncia como algo estranho

Política & Murupi - Amanhã o sete de setembro se anuncia como algo estranho

Vivemos tempos estranhos. Sou do tempo em que as escolas públicas e as poucos particulares que existiam preparavam as suas fanfarras e tinham orgulh

Política & Murupi - A Câmara Federal aprovou mudanças no imposto de renda para empresas e pessoas físicas

Política & Murupi - A Câmara Federal aprovou mudanças no imposto de renda para empresas e pessoas físicas

A Câmara Federal aprovou mudanças no imposto de renda para empresas e pessoas físicas e antes mesmo da aprovação pelo Senado as cabas começaram a es

Política & Murupi - A cada canetada e o direito de ir e vir ou de exprimir-se também se vai e a boiada

Política & Murupi - A cada canetada e o direito de ir e vir ou de exprimir-se também se vai e a boiada

Enquanto assistimos as bravatas de alguns detentores de mandatos que são concedidos – acreditem! – pelo povo através do voto livre, ainda que obriga