Porto Velho (RO) quarta-feira, 8 de dezembro de 2021
×
Gente de Opinião

Léo Ladeia

6 de dezembro de 2012. Há um ano a PF deflagrava duas operações a Vórtice e Endemias


Frase do dia:

“Não chego a julgar o caso, porque não está retratado num processo. Mas, como cidadão, eu não vejo com bons olhos.” – MinistroMarco Aurélio sobre o emprego do Zé Dirceu num hotel.

1-Zé Eugênio, o patrão do Zé Dirceu

A Globo matou a pau. Ouve aqui, vai ali e cutuca acolá e pimba! Lá na casa do crica, terceira rua à esquerda, segunda casa à direita, numa zona pobre do Panamá, mora o pobre milionário, José Eugênio Silva Ritter, presidente de trocentas mil empresas que operam desde vender agulha de costurar saco na feira à produção de touca para menino com duas cabeças. No ramo de hotéis o Zé de lá tem o Saint Peter daqui, que contratou o Zé daqui, o Dirceu, por 20 paus por mês. Se ganhasse 20 paus por ano, o Zé de lá poderia trocar a casa além pagar o xará picareta. Dose! 

2-Se é para avacalhar...

Não sei se a ideia é constranger, avacalhar razão pela qual inclino pelas duas. Quem é do ramo sabe como são alguns hotéis de Brasília. Quem não é, mas lê a Veja também já sabe. Ontem Zé Genoíno renunciou ao mandato de deputado via carta falando de humilhação, luta, ilegalidade, e inocência tentando constranger o STF. Antes um hotel daqueles, contratou o Zé Dirceu pela merreca de 20 paus por mês. Ora, se é para avacalhar que tal  um cargo para o coitado do Zé  Dirceu no Palácio do Planalto, no Congresso ou nalgum ministério. O cara é do ramo gente...    


 

6 de dezembro de 2012. Há um ano a PF deflagrava duas operações a Vórtice e Endemias - Gente de Opinião3-De anabols, maconha e pó

A operação Anabols da PF visou a “tchurma do CPF” – caixa e perna fina – atletas que praticam como esporte a balada e a exposição no shopping. Sobre “bombas” quase ninguém fala. Já a maconha virou centro de atenções. Entre proibir e liberar está o incentivo tácito ao consumo pelo irracional da discussão. Sobre o pó perdemos a guerra. O crack, irmão pobre, de baixo preço, é a Geni das drogas. Seu usuário, o craquento, é o pária empurrado para os guetos, mas entre os abastados o pó se alastrou. São usuários distintos, mas no fundo crack e pó são iguais.



 

4-Termópilas

Como diz Zé de Nana, “quem puxa o martelo é o prego”. Os rebentos da Operação Termópilas estão coroando e prestes a nascer. É questão de tempo. Se na seara política a sociedade cobra com justa razão a decisão sobre os deputados envolvidos, na jurídica os processos caminham a passo de formiga. A exemplo da Operação Dominó que nunca parou a produção, a Termópilas segue em ritmo de indústria. Não tem como. O MP opera como uma máquina de fazer linguiça. Por mais dura que seja a carne depois de colocada é moída, virada, embutida e vira linguiça.  

6 de dezembro de 2012. Há um ano a PF deflagrava duas operações a Vórtice e Endemias - Gente de Opinião

5-Apocalipse

Tinha tudo para ser assim e foi. O Poder Judiciário por maioria rejeitou o pedido para arquivar o inquérito da Apocalipse contra Hermínio Coelho, Boiadeiro, Cláudio Carvalho e Jean Oliveira e a razão é clara: "não é possível a seletividade na persecução penal, mesmo que decorra de entendimentos diversos entre os profissionais que a integram... . Considerando que todos os posicionamentos apresentados pelos integrantes do Ministério Público no presente caso tem forte amparo técnico, necessário se faz a análise de cada um, para que esta Corte busque posicionar-se à luz dos princípios orientadores do direito". É assim que se fabrica a linguiça.   


 

6 de dezembro de 2012. Há um ano a PF deflagrava duas operações a Vórtice e Endemias - Gente de Opinião

6-E tome linguiça

O nome é Danilo Augusto Kanthack Paccini, juiz da 1a Vara da Fazenda Pública de Porto Velho e é o responsável pela tristeza que se abateu sobre os felizes edis que serviram a pizza na sessão da Câmara Municipal de 12 de novembro, que absolveu Delson Moreira, Eduardo Rodrigues, Cabo Anjos, Jair Montes e Marcelo Reis. A pizza traz um nó cego. Um suplente, Valter Canuto teve presença computada, sem ter tomado posse como Vereador. "Ora, se o suplente sequer chegou a ser vereador não poderia jamais ser considerado ausente da sessão", disse Dr. Danilo.


 

6 de dezembro de 2012. Há um ano a PF deflagrava duas operações a Vórtice e Endemias - Gente de Opinião7-Nelson Mandela

Morreu o autor da frase: “Sou o capitão da minha alma”. Nelson Mandela, exemplo de gente.

6 de dezembro de 2012. Há um ano a PF deflagrava duas operações a Vórtice e Endemias - Gente de Opinião

8-O tempo não para

Nossa memória é fraca ou seletiva mas o tempo não para. 6 de dezembro de 2012. Há um ano a PF deflagrava duas operações a Vórtice e a Endemias. Um strike que desmantelou a cúpula da Prefeitura Municipal de Porto Velho, levou no turbilhão – que é um dos sinônimos de vórtice – o PT e causou um abalo político tão grande na capital que ainda não é possível mensurar com exatidão o tamanho do estrago e os seus liames. Quem diria que tanta coisa iria pelo ralo há um ano... Perdemos todos o trem da história. E não adianta chorar sobre o leite derramado. 

Gente de Opinião9-E Mandela nos tirou a Dilma

Se gritar pega ladrão... Sejamos justos: nunca Rondônia recebeu tantos olhares e tanto dinheiro como na “era dasuzina”. Refrescando a memória: foram 2 UPAs, hospitais, reparo e duplicação na BR 364, ponte em Ji-paraná, viadutos, saneamento básico, água tratada, moradias, dinheiro vivo e livre trânsito de nossa bancada no Palácio do Planalto. Lula e depois Dilma foram amigos e benfeitores do estado. A incompetência, falta de planejamento e a corrupção acabaram com a melhor oportunidade de crescer que tivemos. Mas enfim, sobraram as usinas e os royalties.


 

10-Pois é...

A presidente Dilma não virá a Porto Velho. Tá certa. Deve ser por causa das ruas escuras.

[email protected]

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Léo Ladeia

Política & Murupi - Quando o patrão manda abrir a porteira é porque a boiada foi vendida e o dono já é outro

Política & Murupi - Quando o patrão manda abrir a porteira é porque a boiada foi vendida e o dono já é outro

Recomendo vigorosamente àqueles que gostam das entranhas da vida partidária a leitura do livro “COMO MORREM AS DEMOCRACIAS”, um mergulho profundo no

Política & Murupi - Não, o Brasil do pobre faminto não é uma invenção da pandemia e não nasceu hoje

Política & Murupi - Não, o Brasil do pobre faminto não é uma invenção da pandemia e não nasceu hoje

As reportagens sobre pessoas em busca de restos de comida no lixo ou comprando ossos estão proliferando pelas TVS e redes de internet como algo novo

Política & Murupi - Quando tentei entender como funciona o “face”

Política & Murupi - Quando tentei entender como funciona o “face”

Começo com a frase muito difundida no mundo cibernético: se você acha que é um cliente que recebe um produto de graça via internet, acredite: você é

Política & Murupi - O setor da construção civil fechou maio com 2,43 milhões de trabalhadores com carteira assinada

Política & Murupi - O setor da construção civil fechou maio com 2,43 milhões de trabalhadores com carteira assinada

Disse o presidente da poderosa CBIC-Câmara Brasileira da Construção Civil que o setor está operando “como se fosse uma Ferrari andando com o freio d