Segunda-feira, 24 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Hiram Reis e Silva

Terceira Margem – Parte DCCLI - Jornada Patriótica ‒ 4ª Perna


Fazenda Soteia - Gente de Opinião
Fazenda Soteia

Bagé, 10.06.2024

 

 

Veleiros Saldanha da Gama ‒ Praia de Ipanema

 

Contemplo o Lago Mudo

(Fernando Pessoa)

 

Contemplo o Lago mudo

Que uma brisa estremece.

Não sei se penso em tudo

Ou se tudo me esquece.

 

O Lago nada me diz,

Não sinto a brisa mexê-lo

Não sei se sou feliz

Nem se desejo sê-lo.

 

Trêmulos vincos risonhos

Na água adormecida.

Por que fiz eu dos sonhos

A minha única vida?

Fazenda Soteia - Gente de Opinião
Fazenda Soteia

VSG – Fazenda Soteia (04.04.2016)

 

José Eduardo Cardozo, advogado-geral da União remunerado pelos pagadores de impostos, defende oralmente Dilma nesta segunda-feira, na Comissão Especial do Impeachment. É o primeiro “golpe” da história nacional com amplo direito ao contraditório. (Felipe Moura Brasil ‒ Revista Veja, São Paulo, SP, 05.04.2016)

 

Às 06h06, partimos do VSG. Aproados para o quadrante Este, percorremos o Canal São Gonçalo vislumbrando o Astro Rei que preguiçosamente despon­tava no horizonte espreguiçando seus longos raios que tingiam o firmamento e as águas com belos e variados tons de carmim. A correnteza facilitou meu desloca­mento até o alvorecer quando ventos de proa foram se intensificado até alcançar os 7 nós (12,6 km/h) forçando-me a procurar abrigo margeando os juncais da borda direita do São Gonçalo. Fiz uma breve parada na Foz do Canal depois de navegar 9,3 km e parti, às 08h06. Na Laguna dos Patos começamos a enfrentar ondas de través de até um metro e o Norberto seguiu direto para a Ponta da Feitoria.

 

Somente às 12h21, depois de remar durante 04h15 e percorrer 23 km, sem parar, aportei na Ponta da Feitoria, onde já me aguardava o Norberto. Tinha sido um deslocamento extremamente árduo e cansativo a uma velocidade média de 5,4 km/h.

 

Antes de partirmos, combinamos que o veleiro seguiria direto para a Fazenda Soteia enquanto eu iria margeando, acostando e fotografando a mata nativa. Contornei a Ponta da Feitoria e fui, pouco a pouco, observando o enorme estrago, um verdadeiro holocausto, provocado pela cheia, de outubro de 2015, quando as vagas irromperam tumultuariamente sobre a costa Ocidental da Laguna e abateram cruelmente a vegetação marginal.

 

Aportei, às 15h00, na Soteia (31°37’52,3” S/ 52°00’57,4” O) e, mais uma vez, o Sr. Agenor Rosa, mais conhecido como “Catarina”, gerente da fazenda, permitiu que acantonássemos no histórico casarão que está sendo reformado. Consegui, equilibrando-me em um mourão de cerca, me comunicar com os familiares e, desta vez, não foi possível desfrutar de um bom banho quente.

 

Uma sorro (graxaim) fêmea (Lycalopex gymno­cercus) domesticada, também chamada no Uruguai, “zorro de las Pampas”, veio sorrateiramente filar as sobras do nosso rancho. O Norberto ancorou o veleiro “Corais” fixando firmemente os cabos nos cunhos de proa e laterais. Percorrêramos 41,3 km.

 

²  1° Perna Total =          349,1 km.

²  2° Perna Total =          322,2 km.

²  3° Perna Total =          299,3 km.

²  4° Perna Parcial =          41,3 km.

²  Total Parcial =           1.011,9 km.

 

Fazenda Soteia – Iate Clube S.L.S. (05.04.2016)

 

Nós queremos libertar o nosso país do cativeiro de almas e mentes. Não vamos abaixar a cabeça para essa gente que se acostumou com discurso único. Acabou a República da cobra ‒ disse a advogada [Janaína Paschoal].

(Rádio Gaúcha ‒ ZH Notícias, Porto Alegre, RS, 05.04.2016)

 

Quando o nosso amigo Agenor Rosa veio se despedir, o Norberto já partira (às 06h35) no “Corais”. O veleiro sofrera algumas pequenas avarias, um dos cunhos laterais tinha sido arrancado e outro estava totalmente frouxo em decorrência das grandes vagas que assolaram a costa durante toda a noite e que, nesta manhã, tinham arrefecido, um pouco. Parti, às 06h50, enfrentando, novamente, pequenas ondas de través, felizmente as previsões da Marinha, que o Coronel PM Sérgio Pastl tinha-nos reportado, não se confirmaram e conseguimos chegar, tranquilamente, às 14h00, ao Iate Clube São Lourenço do Sul. O Comodoro Paulo Freitas permitiu que acampássemos no Iate Clube, sem qualquer ônus, com direito a desfrutar das impecáveis instalações sanitárias e banho quente.

 

Percorrêramos, neste dia, 31,4 km.

 

²  1° Perna Total =          349,1 km.

²  2° Perna Total =          322,2 km.

²  3° Perna Total =          299,3 km.

²  4° Perna Parcial =           72,7km.

²  Total Parcial =           1.043,3 km.

 

Iate Clube S.L.S. – Fz Flor da Praia (06.04.2016)

 

Relator da Comissão Especial de Impeachment, o Deputado Jovair Arantes (PTB-GO) votou nesta quarta-feira pela procedência da denúncia por crime de responsabilidade contra a Presidente Dilma Rousseff. (Felipe Frazão ‒ Revista Veja, Brasília, DF, 06.04.2016)

 

Partimos, às 06h20, do Iate Clube com uma brisa suave acariciando a bochecha de Boreste do “Argo II” que retribuía a gentileza prestando a devida reverência meneando solenemente a proa. Às 08h30, descansei uns 20 min no Banco do Quilombo e o Norberto passou margeando-o sem maiores embaraços. Do Quilombo aproei para a Foz do Camaquã que cruzei, às 10h30. Contornei o Banco do Vitoriano, às 12h30, o horizonte estava totalmente encoberto por uma densa bruma, apontei, então, a proa para onde deveriam estar localizadas as antigas instalações do Instituto Rio­grandense do Arroz, onde fiz uma breve parada, às 13h50, depois de remar 5 horas sem parar.

 

Às 15h10, aportamos na Fazenda Flor da Praia (31°08’20,6” S / 51°37’06,6” O). O Sr. Mário Roberto cortesmente nos recebeu e informou ao seu patrão, de nossa chegada. O Sr. Adão Cláudio Silveira, proprietário da Fazenda e Presidente da Amapá, mobilizou os seguranças que vieram checar nossas identidades, medidas cada vez mais necessárias em um País onde a bandidagem, estimulada pela impunidade, se alastra sem controle. Ficamos alojados no barracão onde reside o Mário Roberto e, graças a isto, escapamos de uma chuva torrencial que se abateu sobre a região, por volta das 17h00. Felizmente não tínhamos acampado no Arroio do Peixe (31°10’14,3”S/ 51°38’05,8”O), como era intenção do Norberto. Percorrêramos 51,8 km.

 

²  1° Perna Total =          349,1 km.

²  2° Perna Total =          322,2 km.

²  3° Perna Total =          299,3 km.

²  4° Perna Parcial =        124,5 km.

²  Total Parcial =           1.095,1 km.

  

(*) Hiram Reis e Silva é Canoeiro, Coronel de Engenharia, Analista de Sistemas, Professor, Palestrante, Historiador, Escritor e Colunista;

 

Campeão do II Circuito de Canoagem do Mato Grosso do Sul (1989);

Ex-Vice-Presidente da Federação de Canoagem de Mato Grosso do Sul;

Ex-Professor do Colégio Militar de Porto Alegre (CMPA);

Ex-Pesquisador do Departamento de Educação e Cultura do Exército (DECEx);

Ex-Presidente do Instituto dos Docentes do Magistério Militar – RS (IDMM – RS);

Ex-Vice-Presidente da Federação de Canoagem de Mato Grosso do Sul;

Ex-Membro do 4° Grupamento de Engenharia do Comando Militar do Sul (CMS);

Ex-Presidente da Sociedade de Amigos da Amazônia Brasileira (SAMBRAS);

Membro da Academia de História Militar Terrestre do Brasil – RS (AHIMTB – RS);

Membro do Instituto de História e Tradições do Rio Grande do Sul (IHTRGS – RS);

Membro da Academia de Letras do Estado de Rondônia (ACLER – RO);

Membro da Academia Vilhenense de Letras (AVL – RO);

Comendador da Academia Maçônica de Letras do Rio Grande do Sul (AMLERS);

Colaborador Emérito da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG);

Colaborador Emérito da Liga de Defesa Nacional (LDN);

Membro do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós (IHGTAP)

E-mail: [email protected].

Galeria de Imagens

  • Ponta da Feitoria
    Ponta da Feitoria
  • Ponta da Feitoria
    Ponta da Feitoria
  • Ponta da Feitoria
    Ponta da Feitoria
  • Fazenda Soteia
    Fazenda Soteia
  • Fazenda Soteia
    Fazenda Soteia
  • Fazenda Soteia
    Fazenda Soteia
  • Fazenda Soteia
    Fazenda Soteia
  • Fazenda Soteia
    Fazenda Soteia
  • Fazenda Soteia
    Fazenda Soteia
  • Fazenda Soteia
    Fazenda Soteia
  • Fazenda Soteia
    Fazenda Soteia
  • Fazenda Soteia
    Fazenda Soteia
  • São Lourenço do Sul
    São Lourenço do Sul
  • São Lourenço do Sul
    São Lourenço do Sul
  • São Lourenço do Sul
    São Lourenço do Sul
  • São Lourenço do Sul
    São Lourenço do Sul
  • São Lourenço do Sul
    São Lourenço do Sul
  • Fazenda Flor da Praia
    Fazenda Flor da Praia
  • Fazenda Flor da Praia
    Fazenda Flor da Praia
  • Fazenda Flor da Praia
    Fazenda Flor da Praia

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Gente de OpiniãoSegunda-feira, 24 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Contrarrevolução de 64 – Parte XVIII - O Drama da Marinha

Contrarrevolução de 64 – Parte XVIII - O Drama da Marinha

Bagé, 21.06.2024  Tudo começou quando marinheiros e fuzileiros navais re­solveram comemorar o segundo aniversário de uma as­sociação da classe. O e

Contrarrevolução de 64 – Parte XVII

Contrarrevolução de 64 – Parte XVII

Bagé, 19.06.2024 Após receber no Palácio das Laranjeiras o General Oromar Osório, comandante da Vila Militar, o Presidente da República passou a pe

Terceira Margem – Parte DCCLV - Jornada Patriótica ‒ 4ª Perna

Terceira Margem – Parte DCCLV - Jornada Patriótica ‒ 4ª Perna

Bagé, 19.06.2024  Notícia: CMPA ‒ Colégio Casarão da Várzea Após 39 dias na água, ex-aluno realizou a histórica Circunavegação das Lagoas dos Patos

Contrarrevolução de 64 – Parte XVI

Contrarrevolução de 64 – Parte XVI

Bagé, 17.06.2024  Manchete n° 625, Rio de Janeiro, RJSábado, 11.04.1964

Gente de Opinião Segunda-feira, 24 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)