Porto Velho (RO) sábado, 14 de dezembro de 2019
×
Gente de Opinião

Carlos Sperança

Um Vale do Silício - Corrida ao exterior - Assis Canuto nas paradas - As costuras do ex-governador


Um Vale do Silício - Corrida ao exterior - Assis Canuto nas paradas - As costuras do ex-governador - Gente de Opinião

Um Vale do Silício

Temendo a existência uma armadilha oculta, lideranças dos mais diversos segmentos da Amazônia mais bombardeiam que aplaudem o “Plano Dubai”. Ele sequer possui esse nome. É só um esboço para o fortalecimento de polos específicos para produzir efeitos quando expirar a vigência dos subsídios à Zona Franca de Manaus.

O temor, tantas são as idas e vindas do governo federal, desdizendo o que disse antes e sofrendo derrotas no Congresso, é que o Dubai sepulte de imediato a ZF, vista com maus olhos pelo ministro Paulo Guedes.

Mesmo tendo a referência de um sucesso árabe – Dubai é inegavelmente um grande exemplo – o plano que inspirou no Brasil não terá tempos de bonança até ser devidamente explicado pelo Ministério da Economia.

Em contrapartida, é encantadora outra referência a um sucesso estrangeiro, feita pela ex-gerente de sustentabilidade e impacto social da Natura, Renata Puchala. Ela pretende a Amazônia, mediante o aproveitamento da tecnologia, como um “Vale do Silício da biodiversidade”.

Se o governo explicar o que é o “Plano Dubai”, negando de uma vez e para sempre que seria uma espécie de cova para a ZF, talvez venha a fazer uma bela dupla de sucesso com a atraente sugestão de Renata Puchala.

.....................................................

Corrida ao exterior

Com o Brasil em crise, Rondônia patinando com o desemprego se registra por aqui uma grande corrida ao exterior. Não se trata apenas de operários da construção civil, empregadas domésticas, comerciários, taxistas, etc. Os jovens estão desistindo do Brasil, desanimados com tanta corrupção e falta de perspectivas.  Neste contexto, Rondônia esta perdendo quadros importantes nesta rota imigratória.

Os destinos

Os principais destinos dos imigrantes brasileiros são ainda os Estados Unidos, recuperado ecomicamente, Portugal, Espanha e Japão. No caso dos EUA um enorme contingente desembarca em Tio Sam clandestinamente conduzido por coiotes, atravesando o deserto, pelo México. No campo da prostituição, garotas de programas e travestis optam pela Espanha e Itália.

Nas paradas

O ex-prefeito, ex-deputado federal e ex-vice-governador Assis Canuto poderá entrar na peleja pelo Palácio Urupá, sede da prefeitura de Ji-Paraná. Acreditava-se que Canuto estava aposentado para a política, mas ele esta sendo convocado por amigos e correligionários para o processo de sucessão do prefeito Marcito Pinto (PDT). Em Jipa já começaram as costuras políticas.

As costuras

O ex-governador tampão Pereirinha começa alinhavar seu projeto para sua candidatura à prefeitura de Porto Velho no ano que vem. Tem forte respaldo no meio empresarial. O primeiro passo foi se filiar no Solidariedade, em seguida iniciou consultas nos meios partidários na caça de um bom vice. Algumas siglas confirmaram as conversações com o ex-mandatário.

Na torcida

Rondonienses e amazonenses já devem estar fartos de anuncios a respeito da pavimentação da Rodovia 319, que liga Porto Velho a Manaus, numa extensão de mais de 800 quilometros, cujo “meião” – mais de 400 quilometros - necessita de licenças ambientais para serem pavimentados. O último anuncio para pavimentação, agora é para o ano que vem, 2020. Ficamos na torcida.

........................................................

Via Direta

*** A população de Rondônia esta na expectativa da sequencia da dragagem do Rio Madeira, a confirmação da Usina de Tabajara em Machadinho e da ponte binacional em Guajará Mirim *** O resgate destas bandeiras pela bancada federal são de grande relevancia *** O garimpo em áreas protegidas no Rio Madeira rola solto com várias balsas em operação *** Como os faiscadores trabalham a noite, a fiscalização fica prejudicada *** As facções criminosas disputam a balas o controle dos grandes conjuntos habitacioais em PVH.  

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Carlos Sperança

A obra da ponte não mobiliza a classe política de Rondônia + O apocalipse climático + Sem dificuldades pra Rocha

A obra da ponte não mobiliza a classe política de Rondônia + O apocalipse climático + Sem dificuldades pra Rocha

O apocalipse climático Prevista inicialmente para se realizar no Brasil, a 25ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP25) foi

Irrealismo fantástico + Videntes e bruxos + Fora da peleja + A volta de Testoni + É coisa de louco!

Irrealismo fantástico + Videntes e bruxos + Fora da peleja + A volta de Testoni + É coisa de louco!

Irrealismo fantástico Mentira tem perna curta, mas causa estragos extensos. Na polarização, grupos radicais trocam acusações sem precisar de provas

Negacionistas e apocalípticos + Olho no predador + Estragou o negócio + Os refugiados

Negacionistas e apocalípticos + Olho no predador + Estragou o negócio + Os refugiados

Negacionistas e apocalípticos Como santo de casa não faz milagre e os brilhos das estrelas e listras da bandeira americana são uma inspiração para

Cenário de disputas + As movimentações em Porto Velho + No bico do corvo + Nas paradas

Cenário de disputas + As movimentações em Porto Velho + No bico do corvo + Nas paradas

Cenário de disputas Stan Lee criou super-heróis para a Amazônia, adaptados das lendas. Aliados, combatem Lamal, o monstro antiecológico. Mas foi Hu