Porto Velho (RO) quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020
×
Gente de Opinião

Carlos Sperança

Troca de siglas de partidos SUJOS - Caso Daniel, assessor vai pagar o pato - Reino de propina das usinas


Troca de siglas de partidos SUJOS - Caso Daniel, assessor vai pagar o pato - Reino de propina das usinas - Gente de Opinião

Frentes amazônicas

Todos são inexperientes até adquirirem alguma prática. Inexperiência não é, em si, um problema. É nada além de uma situação provisória. Experimentar e errar são a base de todo conhecimento científico.

O deputado federal Pablo Oliva (PSL-AM) foi alvo de críticas por apresentar requerimento propondo a criação da Frente Parlamentar em Defesa da Amazônia. A posse o novo ministro da Educação, Abraham Weintraub, também foi recebida por críticas por ele ter mais relações com o sistema financeiro que com as complexas questões do ensino.

Oliva, de imediato, foi informado de que já existem pelo menos três frentes com o mesmo propósito desde 2012, uma das quais formada por duas centenas de parlamentares. Sua inexperiência em trâmites parlamentares não causou nenhum prejuízo e foi resolvida pela descoberta de que antes de apresentar qualquer proposta deve estudar se há ineditismo ou algo a acrescentar a requerimentos anteriores com teor similar.

Já a inexperiência do ministro Weintraub e escalão de confiança é compensada pela recomposição da pasta na gestão Temer, cuja impopularidade não foi causada pelos gestores. Nos dois casos se nota a necessidade de uma boa burocracia para corrigir a inexperiência.

............................................

Nome trocado

Como todo partido sujo no Brasil, para enganar a população seus dirigentes trocam de nome. O PSDB, depois do envolvimento de tucanos de alta plumagem em golpes semelhantes aos aplicados pelos petistas, estudam uma nova denominação para a sigla já para as próximas eleições, com o temor de perder espaço nas urnas e no cenário nacional.

Idas e vindas

Os governos estaduais e o federal do PSL vivem de idas e vindas, de anuncios e desmentidos. È justo esperar pelo menos um ano para as equipes se ajustarem. Lembro do governador  Confúcio Moura que foi desastroso no  primerio governo e considerado como caso perdido, mas que se reelegeu e teve grande desempeho na segunda gestão.

As turbulências

Brasilia se prepara para dias turbulentos e por isto o ministro da Justiça Sergio Moro já autorizou o deslocamento de tropas da Guarda Nacional para garantir a segurança dos três poderes e entorno do Distrito Federal. Além da presença de Marcola, o chefão do crime organizado no presídio federal, já esta marcada a Marcha Indigena e se cogita a greve nacional dos caminhoneiros.

Crime insoluvel?

Aquela da Policia Civil mandar colocar manchete – até o titulo foi recomendado pelo assessor de imprensa da Polícia – na mídia de que o governador tampão Daniel Pereira foi preso vai virar um crime insoluvel, pois nem se investiga quem foi o mandante. Vai pagar o pato o assessor de imprensa do organismo que será obrigado assumir a iniciativa. A coisa deu efeito contrário...

Reino das propinas

A Folha de São Paulo denunciou o que tudo mundo já sabia por aqui. As  usinas do Madeira foram de fato, um verdadeiro reino de propinadores e propinados. Era de conhecimento geral por aqui que todos levavam uns trocados, de indios a barrageiros, da  imprensa aos políticos do baixo e alto clero. Nunca se superfaturou tanto, nunca se desviou tanto do erário.

Via Direta

***Os bastidores fervem com as especulações em torno de um novo chefe da casa civil para o governo de Rondônia para servir de interlocutor com a Assembléia Legislativa *** A entrega nos últimos anos de milhares de casas na capital deixou o mercado imobiliário das “estancias” (kitnetes) em baixa na capital *** Com o feriado prolongado a cidade de Porto Velho começou a se esvaziar desde ontem. E Feliz Páscoa para todos!

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Carlos Sperança

Um cenário caótico + Dinheiro na praça + A Era Raupp + Mais ilusões

Um cenário caótico + Dinheiro na praça + A Era Raupp + Mais ilusões

Um cenário caóticoAs chuvas que desabaram em Porto Velho no meio de semana comprovaram mais uma vez um cenário caótico no inverno amazônico. As gal

Do cisne ao boto + Taca-lhe o pau + Perdendo terreno + Chiadeira dos dirigentes das escolas de samba

Do cisne ao boto + Taca-lhe o pau + Perdendo terreno + Chiadeira dos dirigentes das escolas de samba

Do cisne ao botoO suíço BIS, considerado o “banco dos Bancos Centrais”, publicou há pouco um livro que será muito lido, não pela qualidade literári

Magia por consenso + Troca-troca + Farra partidária + Uma revoada

Magia por consenso + Troca-troca + Farra partidária + Uma revoada

Magia por consensoNa Escola de Magia e Bruxaria do Brasil, localizada no interior de São Paulo, há um confuso “quadribol” jogado com cinco bolas, c

Da ficção à realidade + Levas de deportados + A cariocarização das facções + A militarização

Da ficção à realidade + Levas de deportados + A cariocarização das facções + A militarização

Da ficção à realidadeO sonho de extrair minérios abundantes e caros das terras indígenas tromba com o pesadelo mundial de que a degradação da Amazô