Porto Velho (RO) segunda-feira, 6 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Carlos Sperança

Roleta ambiental + Pacote anticrime + Nossas divisas + A regularização


Roleta ambiental + Pacote anticrime + Nossas divisas + A regularização - Gente de Opinião

Roleta ambiental

Em pleno sonho com a democracia, em 1982, ano em que a ditadura sofreu seu pior revés eleitoral, o escritor Ignácio de Loyola Brandão lançava um livro terrível – Não Verás País Nenhum. Nele, a Amazônia se desertificou, a água se poluiu e os cientistas são perseguidos. Distopia para ser repudiada pelos crentes em que este é o melhor dos mundos e só melhora.

Sem muita certeza, um comichão de repúdio também ocorre agora, diante da informação de que a degradação da Amazônia já chega ao ponto irrecuperável. Em 1982 as estimativas de destruição na Amazônia eram correntes, mas tratavam de horizontes muito amplos. Não era correto sofrer por antecipação: um governo democrático seria capaz de fazer frente ao desafio e evitar o limite a partir do qual não haverá mais volta.

Em sua nova edição, a revista cientifica Science Advances apresenta uma pesquisa que reduz a antecipação a quase nada. “Estamos jogando uma roleta russa ambiental”, segundo o pesquisador Paulo Brando, cujo nome lembra o Brandão. “Estamos chegando cada vez mais perto. Se chegarmos, a coisa vai para o buraco. O fogo é catalisador do processo”.

Era fácil repudiar a distopia de Brandão sobre reciclar urina para ter água potável na Amazônia, mas em um mundo de comunicação instantânea e tudo andando muito rápido fica difícil calar o aviso de Brando e outros cientistas.

............................................

Pacote anticrime

Mutilado pelos congressistas, o pacote anticrime do ministro da Justiça Sérgio Moro entra em vigor no próximo dia 23 e mesmo com pontos importantes ceifados pelos políticos, sem duvidas a proposta se constitui numa grande esperança de melhores dias para combater a criminalidade que assola este país. Bases regionais nos moldes adotados pelos americanos na fronteira mexicana já foram montadas em Foz do Iguaçu (PR) e Manaus (AM).

A regularização

O prefeito Hildon Chaves (PSDB) encerrou 2019 com 6 mil titulos de regularização fundiária em Porto Velho. Longe dos 20 mil titulos distribuidos pelo então alcaide Roberto Sobrinho na década passada. Só que o petista teve duas administrações completas, oito anos. Hildon não terminou nem a primeira e com a pasta mais azeitada poderá ampliar ainda o alcance do seu programa fundiário até o final do ano.

Nossas divisas

Com divisas de até 1.130 quilometros com a Bolivia, um dos maiores paises exportadores de drogas do mundo, Rondônia padece com as insdestações dos carteis bolivianos, peruanos e colombianos. Devido às ações do narcotráfico internacional, nossos presídios estão superlotados e a criminalidade em alta. A última grande operação contra os cartéis em Rondônia ocorreu em 1985, com a “Exentric” enquadrando até delegados e políticos. Teria mudado alguma coisa de lá para cá?

IPTU rolando

Os carnês de IPTU em Porto Velho começam a circular com descontos até o final do mês. É importante o contribuinte pagar em dia, pois os recursos são destinados à pavimentação, limpeza pública, para a drenagem e consequentemente no combate as alagações, coleta de lixo, iluminação pública – que melhorou muito nos últimos anos - entre outras melhorias necessárias. E haja recursos para os tatuzões desobstruir canais, bocas de lobo e igarapés. 

Eleições 2020

 O MDB de Confucio Moura e Valdir Raupp esta reabrindo os encontros regionais iniciados ainda em 2019, visando fortalecer o partido para às eleições municipais de outubro. A legenda tem candidatos fortes em pólos regionais expressivos como Ji-Paraná, Cacoal, Vilhena e Jaru, mas na capital, como nas últimas décadas, ainda não encontrou um nome a altura para enfrentar os postulantes de ponteira.

Via Direta

 *** O poder feminino comanda partidos importantes no estado. A deputada federal Mariana Carvalho destronou Expedito e é a rainha dos tucanos *** Com o ex-governador Ivo Cassol e o ex-prefeito de Rolim César Cassol fora das pelejas eleitorais, à deputada federal Jaqueline comanda o PP estadual *** E a deputada federal Silvia Cristina (PDT-RO) lidera as articulações nas bases partidárias pedetistas para as eleições municipais de outubro *** Alguns políticos que finalizaram 2019 rompidos em Rondônia já estão pulando cirandinha de novo, o que não se constitui em nenhuma surpresa ***Afinal em Rondônia, o raio cai no mesmo lugar até 10 vezes, nasce pelo em ovo, etc, etc, etc. 

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Carlos Sperança

Primeiro pelotão de candidatos a prefeitura de Porto Velho  + Vinicius Miguel nas paradas +Amazônia não parou

Primeiro pelotão de candidatos a prefeitura de Porto Velho + Vinicius Miguel nas paradas +Amazônia não parou

Amazônia não parouPor conter erros graves, na contramão das urgências sanitárias, foi abortada ainda na preparação a campanha do governo federal in

Eleições 2020 + Mudanças partidárias + Uma vitória da Amazônia + Mais reforços no PDT

Eleições 2020 + Mudanças partidárias + Uma vitória da Amazônia + Mais reforços no PDT

Eleições 2020  Com o Tribunal Superior Eleitoral-TSE confirmando as eleições em outubro, segue o calendário eleitoral ratificado pelos tribunais reg

A sina dos recordistas + A ameaça + A intromissão + A contaminação

A sina dos recordistas + A ameaça + A intromissão + A contaminação

A sina dos recordistasNem sempre os recordistas de votos em Rondônia seguiram suas carreiras com sucesso.  Marcos Donadon, Zequinha Araújo e Walte

Nos tempos da Raquel + O contingenciamento + A hecatombe + Ramo funerário

Nos tempos da Raquel + O contingenciamento + A hecatombe + Ramo funerário

Nos tempos da RaquelNas primeiras eleições gerais do estado de Rondônia (menos ao governo do estado) em 1982, Porto Velho elegeria uma vereadora de