Porto Velho (RO) terça-feira, 15 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Carlos Sperança

Realidade espinhosa + Kazan Roriz fora do páreo + Caciques de Rolim + As fraturas do PSL


Realidade espinhosa + Kazan Roriz fora do páreo + Caciques de Rolim + As fraturas do PSL - Gente de Opinião

Realidade espinhosa

Os apreciadores do tambaqui, um dos mais saborosos peixes amazônicos, sonham com ele sem tantas espinhas. Tudo indica que as preces desses exigentes paladares foram atendidas pela biodiversidade regional. Segundo o engenheiro de pesca Jenner Menezes, pesquisas nesse rumo vêm desde 2012 e hoje a variedade sem espinhas já existe.  

Depois dos erros cometidos na abordagem dos problemas amazônicos o que as autoridades brasileiras mais precisam é de uma realidade menos espinhosa. O desastre começou ainda antes da posse, com a ameaça de Paulo Guedes de acabar com a Zona Franca de Manaus. Seguiu-se o rápido agravamento de crimes ambientais, numa escalada que chegou ao Dia do Fogo e à fumaça se espalhando até à reunião do G7. Agora a fervura chegou à ONU, que aguarda pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro previsto para o dia 24.

A expectativa interna, a julgar pelo temperamento do líder brasileiro, é que ele despeje cobras e lagartos na tribuna global, em seu costumeiro misto de informações sérias com teorias da conspiração. Para o bem da diplomacia e melhoria da imagem do Brasil no exterior é recomendável que o peixe vendido por Bolsonaro na ONU seja um tambaqui soft – sem espinhos.

...............................................................

Fora do páreo

Cotados inicialmente para disputar a prefeitura de Porto Velho no ano que vem, alguns nomes até agora cogitados vão ficando pelo caminho. O empresário Kazan Roriz desarmou toda sua estrutura com seu fiel escudeiro Marcondes, visando à campanha, o ex-governador tampão Daniel Pereira, o Pereirinha, reviu suas intenções e deve apoiar a candidatura do ex-prefeito de Porto Velho, Mauro Nazif.

Caciques de Rolim

Os tres caciques políticos de Rolim de Moura, que ganharam estatura estadual pelos cargos ocupados ao governo e Senado, Ivo Cassol (PP), Valdir Raupp (MDB) e Expedito Junior (PSDB) já tem candidatos a prefeito na capital para chamarem de seus. Cassol com a vereadora Cristiane Fernandes, Valdir Raupp (MDB) com o deputado federal Leo Moraes (Podemos), Expedito Junior, aliado Hildon Chaves.

As fraturas do PSL

O PSL rondoniense segue rachado e alguns políticos com cargos no primeiro e segundo escalões do governo estadual vão ter que se definir se estarão alinhados com o governador Marcos Rocha ou com o grupo de Bagatolli. Quem esta em cima do muro, levará um pé antes do dia das crianças. Pelo menos um destacado secretário esta no rol dos ameaçados e já de cabelos arrepiados.

Blocos se formando

Enquanto estamos dando milho aos pombos, alguns blocos vão se formando para a grande peleja do ano que vem na capital. Bloco 1, com a candidatura do prefeito Hildon Chaves, liderado pelo PSDB/Republicanos/PR; Bloco 2,  com a possivel postulação do deputado federal Leo Moraes, reforçado pelo MDB do casal Raupp 3-Bloco 3, com a postulação do ex-prefeito Mauro Nazif, em cuja aliança  estão PSB/ Solidariedade/ PDT.

Com dificuldades

Com grandes coalizões em gestação algumas candidaturas podem enfrentar dificuldades para encontrar parceiros, casos de Herminio Coelho, Vanderlei Oriani, Edgar do Boi e do próprio Vinicius Miguel, considerado uma possivel zebra na contenda 2020, com grande força jovem, no meio estudantil e dos professores. No caso de Cristiane Fernandes (PP) o que se projeta é uma composição para vice com Hildon Chaves mais a frente.

Via Direta

*** A propósito da reformulação gráfica do Diário quero destacar o trabalho do desiner gráfico catarinense Edson Melo com passagem pela Gazeta de Vitoria *** Seu trabalho tem recebido elogios de todos os quadrantes de Rondônia *** Na organização da exposição fotográfica, que continua nos corredores deste rotativo, nossos agradecimentos a João Zogbi e Roni Carvalho que não mediram esforços *** E no mais, vida longa ao Diário. Já bastam as perdas com o encerramento das atividades do Alto Madeira, Estadão, Tribuna, o Guaporé, Imparcial e Folha de Rondônia

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Carlos Sperança

Chega de perder + A revitalização + Cartas no MDB + Construção civil

Chega de perder + A revitalização + Cartas no MDB + Construção civil

Chega de perderA péssima imagem do Brasil não é falta de propaganda cara no exterior sobre as maravilhas da Amazônia e do país. É preciso reconhece

A diplomacia do peixe + A eficiência na agricultura + Batendo cabeça + Cadê a ponte?

A diplomacia do peixe + A eficiência na agricultura + Batendo cabeça + Cadê a ponte?

A diplomacia do peixeO período do defeso do tambaqui, cuja pesca está paralisada até março, é uma oportunidade para fazer um balanço das ações mais

O pomar da estrada + Justa razão + Hildon adia licença + Edificio Ex-Pedito

O pomar da estrada + Justa razão + Hildon adia licença + Edificio Ex-Pedito

O pomar da estradaO caso amazônico se assemelha ao dos donos de pomares em beira de estrada, que dividem as frutas com aves, animais e viajantes. O

Sínodo político e ideológico + Trocando de guru + Rinha de galos + Clãs políticos

Sínodo político e ideológico + Trocando de guru + Rinha de galos + Clãs políticos

Político e ideológicoO Sínodo da Amazônia, que vai até o dia 26, é mais uma ótima oportunidade para chamar a atenção do mundo no sentido de ajudar