Porto Velho (RO) domingo, 20 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Carlos Sperança

Frutos da riqueza + A dominação de Confúcio + Cara tapa + Bases anticrime


Frutos da riqueza + A dominação de Confúcio + Cara tapa + Bases anticrime - Gente de Opinião

Frutos da riqueza

Por uma dupla questão de economia e saúde, colher os lucros dos saborosos frutos amazônicos será infinitamente mais vantajoso e compensador que os elevados gastos de tratar os graves problemas respiratórios das crianças afetadas pela fumaça da temporada. Pode-se discutir este assunto em todos os seus ângulos polêmicos, prós e contras e até se esta comparação faz sentido numa roda de amigos, por exemplo, tomando cerveja.

Quem sabe uma cerveja originada do projeto “Diversidade genética de saccharomyces cerevisiae isolados de frutos amazônicos com a finalidade de uso na produção de cerveja”, criado pelo pesquisador Luan Honorato e desenvolvido no laboratório de Micologia do Inpa.

Acaba de ser produzida ali a primeira cerveja amazônica a partir da fermentação de leveduras isoladas de três espécies de frutos nativos da região: araçá-boi, cacau e cupuaçu. Com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas, os pesquisadores chegaram a saborosos resultados, com múltiplas possibilidades de variações em aromas e sabores.

Sendo a produção de cervejas industriais ou artesanais apenas uma das inúmeras possibilidades apresentadas pela melhor exploração dos recursos da floresta, nem os mais radicais abstêmios vão desejar perder tempo discutindo se as queimadas são feitas por ongs malvadas ou invasores marcianos.

..................................................

 

A dominação

Eleito no sábado vice-presidente nacional do MDB, o senador Confucio Moura (RO) mostrou prestigio e agora tem a faca e o queijo na mão para se tornar o macho alfa do partido em Rondônia em prejuizo do senador derrotado em 2018, Valdir Raupp e seu grupo político. Com a agremiação nas mãos, Confucio terá um baita quinhão de recursos do fundo partidário para a impulsionar a legenda no estado.

 

As coligações

Na eleição do ano que vem já vão vigorar as novas regras eleitorais. Será permitida coligação apenas para os candidatos a prefeito. Já para as chapas de vereadores a coisa será sem aliança e os partidos terão que apresentar chapas puro- sangue, respeitando 30 por cento das vagas para as postulações femininas. Nas esferas estaduais e municipais os partidos já estão tratando do assunto em suas primeiras reuniões para tratar do pleito 2020.

 

Cara tapa

Precipitados quanto às eleições presidenciais de 2022, os governadores de São Paulo João Dória e Wilson Witzel do Rio de Janeiro se projetam para a disputa do Palácio do Planalto fazendo frente ao atual presidente Jair Bolsonaro desde já. Também manifestando intenções presidenciais de entrar na peleja, o apresentador global Luciano Huck já mostra as garrinhas, mas já levando cutucadas nas redes sociais.

 

Os aliados

 Os atuais governadores estão com dificuldades em emplacar aliados nas prefeituras das capitais nas eleições do ano que vem. Seja o mandatário Carlos Massa Ratinho Jr. no Paraná, o governador tucano João Dória em São Paulo, ou o mandarim Marcos Rocha, em Rondônia, todos não contam com aliados liderando as primeiras pesquisas. Em Rondônia, geralmente os governadores não conseguem eleger seus amiguinhos.

 

Bases anticrime

  No sul do País, Foz do Iguaçu, por ser uma localidade que faz fronteira com a Argentina e o Paraguai, será a primeira cidade do País a contar com base especial contra o narcotráfico, novidade do pacote anticrime do ministro Moro copiada dos americanos.  Na Amazônia, o estado do Acre saltou na frente pleiteando unidades para suas divisas com a Bolivia e o Peru. O narcotráfico tem crescido geometricamente no estado vizinho.

 

Via Direta

*** Com apoio dos “macacos velhos” do partido mais sujos do que poleiro, o deputado federal Baleia Rossi (SP) foi eleito presidente Nacional do MDB nas convenções do partido *** Assim ficará dificil a sigla trabalhar numa renovação saudavel ***Temer, Jucá, Calheiros, Sarney e cia continuarão dando as cartas como nas últimas décadas *** Com o desemprego ainda em alta em Porto Velho, o numero de vendedores ambulantes triplicou durante 2019 *** Em Rondônia, a presidente estadual do PSDB Mariana Carvalho começa a mudar os diretórios municipais ao seu gosto *** Quem perde espaço com a iniciativa da tucaninha é o ex-senador Expedito Junior, político “macaco velho” que reinava na legenda há um bom tempo disputando cargos majoritários.  

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Carlos Sperança

A receita de Mourão + Jogo de empurra + Areia movediça + No bico do corvo

A receita de Mourão + Jogo de empurra + Areia movediça + No bico do corvo

A receita de MourãoAlém da floresta, sua biodiversidade e povos, defendidos pelos mais corretos agentes do Estado, ongs e imprensa vigilante, algué

O cliente tem razão + Top 5 dos prefeituráveis da capital + Obras da EFMM estão lentas +

O cliente tem razão + Top 5 dos prefeituráveis da capital + Obras da EFMM estão lentas +

O cliente tem razãoO caso de uma invasão de área indígena com desmatamento e queimada ilegais que demorou 28 anos na esfera judiciária anima novas

Crenças errôneas + Balaio de gatos + É coisa de louco! + Plano Diretor de Porto Velho

Crenças errôneas + Balaio de gatos + É coisa de louco! + Plano Diretor de Porto Velho

Crenças errôneasNo passado, pensar o Brasil no exterior era imaginar o Rio de Janeiro, samba, mulatas e futebol. Turistas pouco afeitos à geografia

Chega de perder + A revitalização + Cartas no MDB + Construção civil

Chega de perder + A revitalização + Cartas no MDB + Construção civil

Chega de perderA péssima imagem do Brasil não é falta de propaganda cara no exterior sobre as maravilhas da Amazônia e do país. É preciso reconhece