Porto Velho (RO) terça-feira, 15 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Carlos Sperança

Fatos desprezíveis + Imigração japonesa + Poder feminino + Caprichando o visual


Fatos desprezíveis + Imigração japonesa + Poder feminino + Caprichando o visual - Gente de Opinião

Fatos desprezíveis

Entre fogaréu, as trocas de insultos e notícias falsas trouxeram mais calor que luz para a compreensão dos problemas amazônicos. Além de prejudicar a imagem do Brasil no exterior, são fatos desprezíveis que, até por isso, precisam ser descartados se existe a intenção séria de achar a saída para problemas que não podem ser mascarados com negacionismo.

Há três pontos que precisam ser focados de imediato para reverter à má imagem no exterior e recuperar o capital político perdido pelo presidente Jair Bolsonaro. O primeiro é vencer a campanha contra nossos produtos, que ao desmotivar os consumidores prejudica as exportações e abala as relações internacionais, como o comemorado acordo entre a União Europeia e o Mercosul, agora em xeque. O segundo é recolocar o Brasil na vanguarda da defesa ambiental, conquistada com muitas dificuldades.

O terceiro resolveria os dois anteriores: combater queimadas e derrubadas criminosas oferecendo ao mundo o máximo de preservação em troca de financiamento para a infraestrutura e aproveitamento da biodiversidade sem perda de soberania. A proposta de usar a tecnologia blockchain é só uma de várias possibilidades a ser aproveitadas positivamente, sem brigas e com ganhos rápidos para a imagem e a credibilidade do Brasil.  

............................................................

Imigração japonesa

A região amazonica abriu as comemorações alusivas aos 90 anos da colonização japonesa. No estado de Rondônia a maior concentração dos imigrantes é em Porto Velho, onde temos uma presença marcante desde a criação da colonia na estrada dos japoneses. No Cone Sul rondoniense já tivemos um deputado estadual eleito, Jô Sato e um prefeito, Japonês da Granja, em Vilhena. Kuroda foi um baita secretário de Obras na capital.

Caprichando o visual

O prefeito de Porto Velho Hildon Chaves capricha no visual da cidade aproveitando os derradeiros dias de sol escaldante em nossos lombos. Logo em seguida, a partir do final de outubro, ele enfrentará mais uma  estação das chuvas. Sua equipe garante que neste inverno a prefeitura terá condições de tocar suas obras. Ocorre que foi feita muita drenagem e isto vai facilitar obras de cascalhamento e pavimentação.

Ainda as creches

Tanto o governo de Rondônia como a prefeitura de Porto Velho precisam melhorar as articulações da área social com os organismos federais no tocante a conclusão de várias creches na capital. A grita por falta de vagas nas creches é enorme nas regiões mais populosas da cidade impedindo a mulher trabalhadora –muitas até abandonadas pelos maridos pilantras – de acesso ao mercado de trabalho.

Poder feminino

Caso se confirme nas urnas a tendência atual, da eleição do deputado federal Leo Moraes (Podemos) considerado favorito na largada à prefeitura de Porto Velho, pela primeira vez a bancada feminina de Rondônia na Câmara dos Deputados contará com quatro representantes. Ao lado de Silvia Cristina (PDT), Mariana Carvalho (PSDB), e Jaqueline Cassol (PP), entraria Marinha Raupp (MDB) suplente de Leozinho.

Um conspirador!

Desde que assumiu o ministro da Economia Paulo Guedes não se cansa de conspirar contra a Zona Franca de Manaus (que é também de Rondônia e do Amapá). Em recente encontro com industriais do sul maravilha, o ministro voltou atacar o modelo adotado na Amazônia. Os deputados federais e senadores da região estão de olho nas articulações do ministro já que pólo industrial reflete na economia de todo o Norte do País.

........................................................................

Via Direta

*** A Energisa-Ceron iniciou uma operação de caça aos “gatos” (ligações elétricas clandestinas) via satélite *** Até ricaços conceituados estão entrando na peneira *** Os governadores do Norte se uniram e conseguiram reabilitar os recursos do Fundo da Amazônia para combater as queimadas e outras tretas na região Amazônica *** O PDT estadual esta confirmando a realização de grande encontro do partido em Ji-Paraná no próximo mês de outubro *** A deputada federal Silvia Cristina já percorre o estado mobilizando a militância da agremiação.

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Carlos Sperança

Chega de perder + A revitalização + Cartas no MDB + Construção civil

Chega de perder + A revitalização + Cartas no MDB + Construção civil

Chega de perderA péssima imagem do Brasil não é falta de propaganda cara no exterior sobre as maravilhas da Amazônia e do país. É preciso reconhece

A diplomacia do peixe + A eficiência na agricultura + Batendo cabeça + Cadê a ponte?

A diplomacia do peixe + A eficiência na agricultura + Batendo cabeça + Cadê a ponte?

A diplomacia do peixeO período do defeso do tambaqui, cuja pesca está paralisada até março, é uma oportunidade para fazer um balanço das ações mais

O pomar da estrada + Justa razão + Hildon adia licença + Edificio Ex-Pedito

O pomar da estrada + Justa razão + Hildon adia licença + Edificio Ex-Pedito

O pomar da estradaO caso amazônico se assemelha ao dos donos de pomares em beira de estrada, que dividem as frutas com aves, animais e viajantes. O

Sínodo político e ideológico + Trocando de guru + Rinha de galos + Clãs políticos

Sínodo político e ideológico + Trocando de guru + Rinha de galos + Clãs políticos

Político e ideológicoO Sínodo da Amazônia, que vai até o dia 26, é mais uma ótima oportunidade para chamar a atenção do mundo no sentido de ajudar