Porto Velho (RO) quinta-feira, 29 de outubro de 2020
×
Gente de Opinião

Carlos Sperança

Expedito e Ivo pulam cirandinha + A cobiçada Amazônia + Vai que cola! + É candidatíssimo!


Expedito e Ivo pulam cirandinha + A cobiçada Amazônia + Vai que cola! + É candidatíssimo! - Gente de Opinião

A cobiçada Amazônia

Será ridículo um bafafá internacional entre militares brasileiros e franceses por conta do vazamento da “minuta sigilosa” na qual alguém listou a França como principal fonte de ameaça estratégica para o país nos próximos 20 anos.

Hoje, a França é a principal parceira militar brasileira e não há porque deixar de ser, mas o amigo de hoje pode ser o inimigo de amanhã e o estrategista precisa traçar cenários até impossíveis. Militares têm o dever de pensar em tudo. Seria irresponsável não projetar cenários inclusive absurdos, como invasão alienígena e ataque de zumbis. Quem não pensa em tudo, pensa pouco e depois se arrepende. Que sobre, mas não falte.

A diplomacia brasileira, perdida em melindres e disparates, cria monstros do nada. A gritaria em torno da “minuta sigilosa” seria só besteirinha se não metesse a Amazônia no meio. Sendo uma região vital para a humanidade, é ingênuo supor que nenhuma superpotência tenha projetos para ocupar a região. É bem por isso que a diplomacia não pode criar inimigos do nada e a França precisa continuar a ser nossa grande parceira militar.

Sem paranoia e cenários de guerras hipotéticas, é preciso ver o cenário real. Nele, representantes das comunidades indígenas da Guiana Francesa acusam o governo francês de práticas antiamazônicas na fronteira com o Brasil. Se isso não preocupa ninguém é porque todos perderam a sensibilidade.

....................................................

Vai que cola!

Especula-se que seria uma briga fake! Como se sabe, a dupla Ivo-Expedito está acostumada a encenar peças cenográficas políticas, algumas colam, outras não. E quando é conveniente rejeitar o apoio de um para outro, fingem que estão brigados. O último enredo foi preparado para a eleição em Porto Velho, com o prefeito Hildon Chaves (PSDB), ungido de Expedito, entrando em pé de guerra com  a vereadora Cristiane Lopes (PP), pupila de Cassol. O objetivo é dar a polarização para Cristiane, com ela capitalizando a insatisfação popular contra o alcaide atualmente beneficiando Leo, Nazif e Vinicius Miguel.

Plano Cebolinha

O falecido mago petista Odair Cordeiro designava algumas encenações políticas, como “planos Cebolinha”. E este é mais um em andamento. Hilton foi as mídias sociais mais bravo que uma caba para atacar  a vereadora Cristiane que até há pouco era cotada para ser sua vice. O PP de Cristiane faz parte da gestão Chaves e cassolistas de proa como Luis Claudio estão lá instalados. Por conseguinte, são todos amiguinhos. Durante toda gestão vereadores chamaram para si obras do Executivo e só agora o alcaide ficou revoltado?   Conta  outra!

Vamos caprichar!

Que Ivo/Expedito caprichem mais nas encenações. Para dar certo  a atual, tem que começar assim: para que se acredite que os dois lados estão em campos opostos a gestão de Hildon teria que demitir uma carrada de cassolistas da gestão tucana, que são muitos e tem até secretários. Teria que encenar uma briga feia – não só bate-boca com Cristiane que foi sempre  sua coleguinha -  mas com Cassol e Jaqueline, que são amiguinhos de Expedito. Senão ficará difícil acreditar na briga, que ambos estão em lados “opostos”.

Pulando cirandinha

Sempre que é conveniente Expedito e Ivo pulam cirandinha,  mas quando não, fingem ruptura.  Lembrando que na capital o apoio de Expedito a Hildon é nocivo politicamente tanto quanto as bênçãos de Ivo a Cristiane. E é aí, que, que os  pré-candidatos Hildon Chaves e Cristiane  têm que ter mais cuidado. Mas esconder Ivo e Expedito de suas campanhas não será uma tarefa fácil:  seus opositores tratarão de lembrar as respectivas relações. Mas vai que cola, vai que dar certo?

É candidatíssimo!

Com forte ritmo de obras na capital, visitas constantes aos órgãos de imprensa, bem articulado em Brasília com o Senado e a Câmara dos Deputados, já não há como esconder: O prefeito Hildon Chaves vai à reeleição, é candidatíssimo e está reforçando suas paliçadas desde já. Larga com um pé no segundo turno apostando na desunião dos oposicionistas no segundo, mas vai enfrentar a tudo e todos, porque não é conveniente para os caciques políticos de Rondônia sua reeleição: se tornaria um predador voreaz para o CPA em 2022.

Via Direta

*** Com a batata assando para a reeleição, tantos vereadores pelo Brasil afora apresentam propostas positivas para  a próxima legislatura *** Alguns falam na redução de salários, outros na diminuição do número de cadeiras, mas só valendo para os que forem eleitos outubro. Nada que perturbe os edis atuais *** Como possíveis candidatos à prefeitura de Porto Velho ou a vice existem pelo menos três vereadores da atual legislatura maquinando *** A Assembleia Legislativa de Rondônia voltou aos trabalhos dinamizando a Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga a Energisa *** Coisa para dar em nada, já que quem regula as tarifas da energia em  todo território nacional são a Aneel *** Por falar em energia, Jirau poderia comemorar decentemente o posto de terceira geradora do sistema elétrico no País sendo mais parceiro e camarada com Rondônia *** E as novas sedes dos distritos de Calama e São Carlos só ficaram no pape

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Carlos Sperança

Olhos em 22 + Furadíssimas + As paliçadas + Que vacilão!

Olhos em 22 + Furadíssimas + As paliçadas + Que vacilão!

Olhos em 22As eleições deste ano, no geral, vão definir em cada município um prefeito que vai oferecer préstimos aos vereadores eleitos em troca de

Das vacinas ao 5G + Caso Lebrão + Nova rodoviária + A estratégia

Das vacinas ao 5G + Caso Lebrão + Nova rodoviária + A estratégia

Das vacinas ao 5GAo expulsar seu candidato a prefeito em São Paulo, Filipe Sabará, o Partido Novo enfrenta o velho problema de todos os demais part

Causas da indecisão + Acir com covid + Tudo conspirando para Vinicius Miguel + O PT vai mal das pernas

Causas da indecisão + Acir com covid + Tudo conspirando para Vinicius Miguel + O PT vai mal das pernas

Causas da indecisãoCampanha curta, excesso de candidatos com partidos sob pena de extinção, restrições forçadas pela pandemia, rejeição à política

Prefeitos do tipo Biden + Batalhão de indecisos + Carta prejudicada + Frases políticas

Prefeitos do tipo Biden + Batalhão de indecisos + Carta prejudicada + Frases políticas

Prefeitos do tipo Biden Disraeli dizia que há “mentiras, mentiras deslavadas e estatísticas”, as piores. Há também o que se diz nas campanhas eleit