Porto Velho (RO) terça-feira, 4 de agosto de 2020
×
Gente de Opinião

Carlos Sperança

Cenário de disputas + As movimentações em Porto Velho + No bico do corvo + Nas paradas


Cenário de disputas + As movimentações em Porto Velho + No bico do corvo + Nas paradas - Gente de Opinião

Cenário de disputas

Stan Lee criou super-heróis para a Amazônia, adaptados das lendas. Aliados, combatem Lamal, o monstro antiecológico. Mas foi Hulk, velho herói da Marvel, que se intrometeu no atrito entre o presidente Jair Bolsonaro e o ator Leonardo Di Caprio, que doou cinco milhões de dólares para preservar a floresta. Não o Hulk verde de raiva, mas o ator que o interpreta: Mark Ruffalo.

Ele acompanha de perto o Brasil e já havia brigado com Marina Silva, nas eleições, porque ela abandonou causas humanitárias. Seria uma intromissão de atores e outros famosos fazer doações e se preocupar com a Amazônia? Se fosse, não seria justo fazer doações ou expressar solidariedade aos refugiados da Venezuela e outros países em conflitos.

Causou impacto a iniciativa da atriz francesa Brigite Bardot, pioneira em ativismo entre astros do cinema, de defender a causa dos animais, ação na época restrita a poucos. Depois também se destacou a norte-americana Jane Fonda e hoje bichos têm direitos e ocupam espaços comuns com seres humanos.

O ativismo foi além e deu na atual preocupação com o que será do planeta e da humanidade com o aquecimento global. A Amazônia é cenário de ferrenha disputa entre o monstro Lamal, a tartaruga Nina e superamigos, mas o vencedor ou derrotado não serão personagens de ficção, mas povos – os da floresta e os do mundo. Que o verde de Hulk, mas não sua raiva, prevaleça!

.........................................

Terceiro mundo

Uma década depois do governo de Rondônia e a prefeitura de Porto Velho anunciar 100 por cento de saneamento básico e brigar a dentadas pela paternidade da obra, a capital rondoniense segue na condição da pior capital brasileira neste quesito.  Seguimos com um indice terceiro- mundista de 4 por cento de esgoto e insuficentes 50 por cento de água tratada. Até quando esta desgraceira toda?

A longevidade

Com o percentual de saneamento básico tão baixo na capital e nos principais municípios do estado, não foi de estranhar o anuncio de que Rondônia conta com o menor indice de longevidade no País, com pouco mais de 71 anos. Não bastasse a falta de saneamento influencia ainda na elevada taxa de mortalidade infantil. O que podemos esperar das esferas municipais, estaduais e federais nos próximos anos?

As movimentações

O quadro da peleja pela prefeitura de Porto Velho se agita com a volta ao cenário do ex-governador tampão Daniel Pereira (Solidariedade). Na rinha, Pereirinha se movimenta, tendo como possiveis adversários o deputado federal Leo Moraes (Podemos), o deputado federal e ex-prefeito Mauro Nazif (PSB), o atual alcaide Hildon Chaves (PSDB) no seu projeto de reeleição. O primeiro pelotão é completado com Vinicius Miguel.

Nas paradas

Mas na parada para a conquista do governo municipal, transferido para o prédio do relógio, existem mais possiveis pretendentes num segundo pelotão.  Temos a vereadora Cristiane (PP), o ex-deputado federal Lindomar Garçon (Republicanos), Pastor Valadares (PSC), ex-deputado estadual Herminio Coelho (PV), Fabricio Jurado (DEM), Ruy Motta (PDT), Pimenta de Rondônia (PSOL), entre outros nomes.     

No bico do corvo

Acusada de ser espetaculosa, a Polícia Federal, depois das pressões nos últimos anos no Congresso, age com mais prudencia na divulgação de suas operações para evitar retaliações governamentais e por isto optou por não divulgar os nomes dos políticos envolvidos em sua última ação em Rondônia. Mas vários envolvidos são alguns velhos conhecidos e já estão no bico do corvo. As investigações seguem e com mais políticos na alça de mira.

Via Direta

***Estamos já na contagem regressiva para a inauguração do novo Shopping de Porto Velho, localizado na Zona Leste *** E os lojistas estão satisfeitos com os primeiros movimentos nos principais centros de compras na capital com vistas aos festejos natalinos *** A expectativa local é de um incremento de mais de 10 por cento nas vendas nas avenidas Sete de Setembro, Carlos Gomes, Calama, Amador dos Reis e Jatuarana *** No Black Friday, a Havan e o Shopping ficaram lotados de consumidores e uma constutora vendeu 80 por cento dos apartamentos populares ofertados, facilitando a entrada ***Percorri no final de semana os principais centros comerciais da capital para verificar em quantos anda a iluminação natalina *** É fato: O prefeito e o governador acertaram a mão. É a melhor dos últimos anos.

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Carlos Sperança

Palavra dada + Onda eleitoral + Haja militares! + Faca na garganta

Palavra dada + Onda eleitoral + Haja militares! + Faca na garganta

Palavra dadaDesde a reciclagem da “velha política” e a volta do Centrão como protagonista das ações republicanas, o governo aumentou suas chances de

Golpe de mestre + Novo prazo para inauguração da ponte do Abunã + Centro de Convenções de Porto Velho

Golpe de mestre + Novo prazo para inauguração da ponte do Abunã + Centro de Convenções de Porto Velho

Golpe de mestre O presidente Jair Bolsonaro deu um golpe de mestre ao isolar os radicais. Compôs com o Centrão, sem o qual nada se aprova no pa

A floresta é maior + Caindo fora? + PSB em campo + Almas penadas

A floresta é maior + Caindo fora? + PSB em campo + Almas penadas

A floresta é maiorÉ um erro grave tratar as dúvidas e incertezas existentes sobre a Amazônia como se fossem as medíocres discussões personalistas q

A maconha avança + Os negócios imobiliários + A substituição de Hildon + Fala Vidente!

A maconha avança + Os negócios imobiliários + A substituição de Hildon + Fala Vidente!

A maconha avançaSão duas notícias – qual irá circular mais rápida e amplamente? A primeira informa sobre pesquisas para achar a cura de diversas do