Porto Velho (RO) quinta-feira, 14 de novembro de 2019
×
Gente de Opinião

Carlos Sperança

Cartéis já preparam uma nova fornada de políticos para 2014


Ano de enchentes

Os rios mais importantes de Rondônia já estão quase transbordando e os prefeitos dos municípios atingidos já estão com a pulga atrás da orelha com as grandes possibilidades de enchentes nesta temporada de inverno amazônico que se estende até meados de abril. Teremos, por Cartéis já preparam uma nova fornada de políticos para 2014 - Gente de Opiniãoconseguinte, meses duros pela frente até os primeiros raios do sol do verão.

Em Ji-Paraná, o Rio Machado já está alcançando nível preocupante. Em Porto Velho, o Rio Madeira, que é o principal afluente a margem direta do Rio Amazonas, vem subindo rapidamente nos últimos dias já sinalizando que teremos bairros afetados, como também em Guarajá Mirim, cortado pelo Rio Mamoré, onde nos foi prometido – e não cumprido – a ponte-que-não saí.

Na capital é que a situação é mais delicada. Enchentes em Porto Velho, uma cidade que esta sendo terrivelmente afetado pela falta de dragagem, é sinônimo de tragédia. Lembro que as duas grandes enchentes da década de 80 e 90, quantos bairros e distritos – Calama, São Carlos, Papagaio, Praia de Tamanduá – sofreram grandes prejuízos. Agora, sem querer voduzar ninguém, com o fenômeno das terras caídas nas barrancas do madeirão, os estragos podem ser maiores ainda em plena zona urbana. Pobres mirantes.

Fogo amigo

Não bastasse o fogo amigo da metade do PMDB - de olho no dinheiro do Mário “El Pato” Português – agora o governador Confúcio Moura vê seu irmão, o ex-deputado federal Nobel Moura lhe criticando pela imprensa. De irmãos e cunhados, o Mandarim da Gestão Cooperação foi muito bem aquinhoado! A cada interesse contrariado, leva uma punhalada.


 

Cartéis já preparam uma nova fornada de políticos para 2014 - Gente de Opinião

Crime organizado

O crime organizado fecha o ano com um dos seus melhores balanços na região. Além de transformar Rondônia no seu maior entreposto de drogas na Amazônia, conseguiu salvar o pescoço de vários políticos envolvidos com o esquemão. Como não falta dinheiro para os barões do pó, os cartéis já preparam uma nova fornada de políticos para 2014.
 

Gato por lebre

Que o caro leitor, comprando terreno das empresas de loteamentos tenha todo cuidado para não comprar gato por lebre em Porto Velho. Uma grande empresa que lançou empreendimento na praça deu o cano e se mandou depois de vender dezenas de datas. Tudo foi vendido sem infra-estrutura e a loteadora não cumpriu o prometido. É golpe para todo lado.

A estratégia

Estados mais ricos e tradicionais que Rondônia, das regiões Nordeste e do Sul do país, adotaram a mesma estratégia do governador Confúcio Moura para poder pagar o funcionalismo público e décimo terceiro neste ano: tiveram que escolher e deixaram de pagar os fornecedores. A situação dos estados e municípios esta ficando cada vez mais difícil para prefeitos e governadores, diante da chibata da Lei de Responsabilidade Fiscal.


 

Via Direta

Cartéis já preparam uma nova fornada de políticos para 2014 - Gente de Opinião

Cartéis já preparam uma nova fornada de políticos para 2014 - Gente de Opinião*** E a minirreforma eleitoral só serviu para ajudar os congressistas que vão disputar a reeleição *** Foi elaborada sob medida para a finalidade *** O prefeito Jesualdo Pires participou do programa Rondônia em debate *** O programa será reprisado no domingo. Vale à pena conferir.

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Carlos Sperança

Fazendo as contas + A reação a PEC + Novo partido de Bolsonaro + Presente de grego

Fazendo as contas + A reação a PEC + Novo partido de Bolsonaro + Presente de grego

Fazendo as contasHá uma enorme taxa de analfabetismo funcional no Brasil, sempre ignorada – provavelmente por vergonha. Aprender a desenhar o nome

Proteger o futuro + Só promessas + Pagando o pato + Pacto federativo + O desmatamento

Proteger o futuro + Só promessas + Pagando o pato + Pacto federativo + O desmatamento

Proteger o futuroTudo passa e um dia o governo Bolsonaro também passará, não importa como cada polo tente defini-lo. Mas será impossível não reconh

Crítica e autocrítica + Plano de fuga + Colheres mágicas + Esquerda fraquejou + PT rondoniense vem numa seca a várias eleições

Crítica e autocrítica + Plano de fuga + Colheres mágicas + Esquerda fraquejou + PT rondoniense vem numa seca a várias eleições

Crítica e autocríticaÉ natural que todo governo tenha uma base de apoio e várias oposições, por sua vez divergentes entre si. A isto se chama democ

Chances perdidas + Boi na linha + Perdas com leite + Zona de expansão

Chances perdidas + Boi na linha + Perdas com leite + Zona de expansão

Chances perdidasO Brasil perdeu muitas oportunidades para ser uma potência. Uma das primeiras foi o insucesso do partido secreto de Carlota Joaquina