Porto Velho (RO) quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020
×
Gente de Opinião

Carlos Sperança

Brasil e China + Patinho feio + As especulações em Ji-Paraná + CPIs da Energisa


Brasil e China + Patinho feio + As especulações em Ji-Paraná + CPIs da Energisa - Gente de Opinião

Brasil e China

Não faz a mínima diferença gostar ou não do discurso de um chefe de Estado na ONU. No fim, quase ninguém no mundo saberá o que foi dito ou dará importância real aos assuntos mencionados, a não ser que provoquem guerras ou prejuízos imediatos. O que faz diferença são as consequências que as palavras e intenções causam na própria nação e no mundo.

Ainda antes que se apaguem os entusiasmados aplausos nacionalistas internos e as iradas más impressões causadas no exterior pelo pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro na assembleia geral das Nações Unidas o que vai chamar atenção do mundo é a viagem para a China, em outubro. Mais ainda, o olho mundial estará arregalado para não perder um passo da viagem do presidente Xi Jinping a Brasília em novembro, quando participará da reunião de cúpula de chefes de Estado dos Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul).

Ainda não há sinais fortes de consequências boas ou más da intervenção polêmica de Bolsonaro na ONU, mas será entre elas que Bolsonaro irá à China e Jinping virá ao Brasil. Antes ou depois dessas movimentações, porém, a Amazônia continuará sempre no topo das preocupações mundiais. A cada enchente, terremoto, tempestade de granizo ou incêndio em qualquer lugar do mundo, ao lado das emoções que lá causarem estará um nome que ninguém no planeta poderá mais ignorar: Amazônia.

....................................................

Patinho feio

O municipio de Porto Velho festeja 105 anos de emancipação em outubro e por isto resolvi bisbilhotar os vizinhos Cuaibá (MT), Rio Branco (AC), Boa Vista (RR), Macapá (AM) e Manaus (AM) para estabelecer algumas comparações. Só existe algum “parentesco” em saneamento básico, em alguns casos, com a baixa taxa de esgoto, nos demais quesitos em termos de infraestrutura PHV leva pau. A conclusão é que ainda somos o “patinho feio” da região.

As rodoviárias

Seguem as comparações entre as capitais da região: No que tange as rodoviárias Cuiabá (MT) e Rio Branco (AC) estão muito na vanguarda, décadas à frente; no que se refere a estádios de futebol, não se compara nosso velho e acanhado Aluzio Ferreira, com as Arenas do Pantanal (Cuaibá), da Floresta (Rio Branco) e da Amazonia (Manaus). E as estruturas de Boa Vista (RR) e Macapá (AM) quanto aos equipamentos urbanos são bem melhores do que as nossas.

As especulações

Em Ji-Paraná seguem as especulações dando conta em até dez possiveis candidaturas a prefeitura da chamada capitral da BR, conhecido como Paço Urupá, além do próprio prefeito Marcito Pinto (PDT) que deve disputar a reeleição. Vejam alguns nomes citados para a peleja: 1- Deputado estadual Laerte Gomes 2- Ari Saraiva 3-Licomedio Pereira 4-Liliam Pires 5-João Durval 6– Afonso da Mabel 7-Esau Fonseca 8- ex-prefeito Assis Canuto.

CPIs da Energisa

As Assembléias Legislativas do Acre e de Rondônia iniciaram investigações sobre o desempenho das elevadas tarifas praticadas pela Energisa, a nossa ex-Ceron. O que os parlamentares vão coletar perante rondonienses e acreanos, todo mundo já sabe. Mas no essencial, as assembléias legislativas não têm poderes para mudar as coisas: a redução da tarifa é atribuição da Aneel. Confiram ao final das CPIs.

As tradições

A cavalgada no sábado, marcando a abertura da exposição de Porto Velho, resgata uma das tradições abandonadas nos últimos anos na capital. O evento em o poder de reanimar o comércio da capital tão debilitado nos últimos anos. Além de uma opção de lazer, as atividades nos bares, hoteis e restaurantes crescem muito, gerando emprego e renda, como ocorre em feiras bem organizadas, como das de Ariquemes, Ji-Paraná e Vilhena.

Via Direta

*** O comércio de Porto Velho já aposta no Dia das Crianças para impulsionar as vendas na temporada *** A coisa esta feia. Até os traficantes se queixam das baixas vendas das pedras de crack*** O município de Porto Velho vai chegando ao aniversário de 105 anos liderando as queimadas no País, ao lado de Labrea, no Amazonas, que é a grande campeã *** Uma temporada de grande desgaste para Rondônia que a partir do final de outubro enfrenta a estação das chuvas quando a capital se transforma num monumental igapó *** A Zona de Expansão de Porto Velho se espicha pela região do Lagoa Azul e as margens da BR 319, depois da ponte com suas bordas tomadas por noiados e garimpeiros.  

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Carlos Sperança

Do cisne ao boto + Taca-lhe o pau + Perdendo terreno + Chiadeira dos dirigentes das escolas de samba

Do cisne ao boto + Taca-lhe o pau + Perdendo terreno + Chiadeira dos dirigentes das escolas de samba

Do cisne ao botoO suíço BIS, considerado o “banco dos Bancos Centrais”, publicou há pouco um livro que será muito lido, não pela qualidade literári

Magia por consenso + Troca-troca + Farra partidária + Uma revoada

Magia por consenso + Troca-troca + Farra partidária + Uma revoada

Magia por consensoNa Escola de Magia e Bruxaria do Brasil, localizada no interior de São Paulo, há um confuso “quadribol” jogado com cinco bolas, c

Da ficção à realidade + Levas de deportados + A cariocarização das facções + A militarização

Da ficção à realidade + Levas de deportados + A cariocarização das facções + A militarização

Da ficção à realidadeO sonho de extrair minérios abundantes e caros das terras indígenas tromba com o pesadelo mundial de que a degradação da Amazô

Expedito e Ivo pulam cirandinha + A cobiçada Amazônia + Vai que cola! + É candidatíssimo!

Expedito e Ivo pulam cirandinha + A cobiçada Amazônia + Vai que cola! + É candidatíssimo!

A cobiçada AmazôniaSerá ridículo um bafafá internacional entre militares brasileiros e franceses por conta do vazamento da “minuta sigilosa” na qual a