Porto Velho (RO) segunda-feira, 6 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Carlos Sperança

Acima dos malucos + Nicho de votos + Sem Pereirinha


Acima dos malucos + Nicho de votos + Sem Pereirinha - Gente de Opinião

Acima dos malucos

Embora possa abalar brios patrióticos e nacionalistas, vale pela qualidade técnica e atualidade o questionamento feito pelo coronel Paulo Ricardo da Rocha Paiva sobre o interesse das superpotências em ocupar a Amazônia militarmente se o Brasil não a ceder sem briga. Ele aborda especificamente o caso mais recente e explícito do presidente francês, Emmanuel Macron, de considerar a internacionalização da floresta uma possibilidade em aberto, a bem da salvação climática.

A rigor, ela já é internacionalizada e a própria França faz parte do caráter multinacional da região, mas o foco do coronel Rocha Paiva é apenas o aspecto militar de uma eventual ocupação por parte da França. Politicamente, a ocupação é inviável, mas como já se cogitou sobre como o Brasil estaria preparado para enfrentar uma guerra amalucada com a Venezuela, pode-se conhecer nesse questionamento até que ponto o Brasil poderia se defender de malucos ainda piores que os vizinhos.

Os estudos apontam claramente que a ainda acanhada estrutura militar do Brasil tem objetivos claramente defensivos. A melhor maneira de defender a soberania e os valores nacionais é uma diplomacia serena, com ações e gestos amigáveis a todas as nações, sem cair na armadilha de escolher um lado que será implacavelmente atacado se os grandes malucos do mundo conseguirem impor sua ânsia de sangue e horror.

..............................................

Nicho de votos

A confirmação da pré-candidatura a prefeito de Porto Velho de Vinicius Miguel é uma boa noticia para alguns concorrentes de ponteira, como é o caso do alcaide Hildon Chaves (PSDB) que vai a reeleição e para o deputado federal Mauro Nazif (PSB) que é outro postulante. Ocorre que o professor universitário entra forte no nicho de votos de Leo Moraes (Podemos) causando avarias a nau do favorito para a temporada.

Erro de avaliação

Leo Moraes que só perdeu a eleição passada por um erro de avaliação – a aliança com o ex-govenador Ivo Cassol que já tinha sido pé frio com as candidaturas na capital com Everton Leoni, Lindomar Garçon e Mário Português – se errar novamente nas costuras desta temporada (acordão com o casal Raupp, por exemplo) pode perder boa parte da sua base para Vinicius Miguel. Já esta claro desde já: Vinicius Miguel incomoda e é predador de Leo.

Período de desgaste

Com as chuvas intensas, alagações, buraqueiras, canais e igarapés transbordando com lixo, o prefeito Hildon Chaves (PSDB) sofre seu maior período de desgaste nesta época do ano. Esta condição não é exclusividade do prefeito tucano, outros alcaides anteriores neste período também foram enxovalhados pela população. Por isto, taticamente, Hildon só vai anunciar seu projeto de reeleição depois do inverno amazônico.

Sem Pereirinha

Do seu lado, o deputado federal Mauro Nazif, um dos pretendentes ao Prédio do Relógio, atual sede da prefeitura de Porto Velho, se beneficiou com a desistência do ex-governador Daniel Pereira (Solidariedade) em disputar a prefeitura em outubro. Ocorre que Pereirinha, ao deixar o PSB também levou quadros importantes do partido. Sua candidatura daria prejuizo para Nazif das Arabias.

A devolução

Com a devolução de recursos na ordem de R$ 44 milhões para o Poder Executivo, o presidente da Assembléia Legislativa Laerte Gomes (PSDB) busca recuperar a imagem da casa de leis atingida seriamente por operação da Polícia Federal no ano passado. Passam os anos, décadas até e o modus operandi do Poder Legislativo não muda. Volta e meia à população tem sobressaltos com o que ocorre naquela região do Centro Cívico de Rondônia.

Via Direta

*** O fenômeno das terras caídas aumenta nesta época do ano. Alguns municípios da região amazônica, como Parintins estão seriamente afetados pelos desbarrancamentos *** Os eventos se sucedem nos Rios Madeira, Amazonas, Solimões e Tapajós *** Péssimo inicio de ano para o prefeito Hildon Chaves (PSDB), que teve greve nos coletivos, manifestações no IPAM, transporte escolar prejudicado, ruas esburacadas, alagações etc *** Tudo junto e misturado *** O jeito é esperar o fim da estação de chuvas com os dias de sol do verão voltando para recuperação da imagem *** A oposição na capital é que esta fazendo a festa com o desgaste do prefeito , já que em 2019 o tucano tinha se recuperado, estava firme e forte para a reeleição - e até causando temores nos concorrentes. 

 

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Carlos Sperança

Primeiro pelotão de candidatos a prefeitura de Porto Velho  + Vinicius Miguel nas paradas +Amazônia não parou

Primeiro pelotão de candidatos a prefeitura de Porto Velho + Vinicius Miguel nas paradas +Amazônia não parou

Amazônia não parouPor conter erros graves, na contramão das urgências sanitárias, foi abortada ainda na preparação a campanha do governo federal in

Eleições 2020 + Mudanças partidárias + Uma vitória da Amazônia + Mais reforços no PDT

Eleições 2020 + Mudanças partidárias + Uma vitória da Amazônia + Mais reforços no PDT

Eleições 2020  Com o Tribunal Superior Eleitoral-TSE confirmando as eleições em outubro, segue o calendário eleitoral ratificado pelos tribunais reg

A sina dos recordistas + A ameaça + A intromissão + A contaminação

A sina dos recordistas + A ameaça + A intromissão + A contaminação

A sina dos recordistasNem sempre os recordistas de votos em Rondônia seguiram suas carreiras com sucesso.  Marcos Donadon, Zequinha Araújo e Walte

Nos tempos da Raquel + O contingenciamento + A hecatombe + Ramo funerário

Nos tempos da Raquel + O contingenciamento + A hecatombe + Ramo funerário

Nos tempos da RaquelNas primeiras eleições gerais do estado de Rondônia (menos ao governo do estado) em 1982, Porto Velho elegeria uma vereadora de