Porto Velho (RO) sábado, 28 de maio de 2022
×
Gente de Opinião

Carlos Sperança

A necessidade faz o sapo pular e diante de um cenário de queda de receita, Confúcio cortou na própria carne


O ranking do IBGE

A estimativa 2013 do IBGE mostra Porto Velho perdendo a 3ª posição no ranking de maiores cidades da Amazônia para o município de Ananindeua, situado na região metropolitana de Belém. Com cerca de 484.000 habitantes, a capital rondoniense sucumbiu à cidade paraense, que contabilizou mais de 493.000 almas.A necessidade faz o sapo pular e diante de um cenário de queda de receita, Confúcio cortou na própria carne - Gente de Opinião

Manaus, a grande metrópole amazônica, fechou com quase 2 milhões de habitantes, já colocando uma boa distância em Curitiba,  com menos de 1.890.000 e boa distância em Porto Alegre (1.477.000), Recife (1.599.000) e Belém (1.425.000).

Nas estimativas regionais, o município de Vilhena, movido pelo agronegócio e uma posição geográfica privilegiada polarizando o cone sul do estado e uma produtiva região do Mato Grosso, confirmou a ultrapassagem em Cacoal e agora é o quarto município do estado. Porto Velho lidera o ranking estadual, seguido de Ji-Paraná com pouco mais de 128 mil habitantes e Ariquemes é o terceiro município do estado a passar dos 100 mil habitantes.

Rolim de Moura emparelhou com Jaru, o sexto município do estado e a fantástica Buritis – que alcançou Machadinho - com elevado índice de crescimento demográfico ainda nesta década deve ultrapassar Pimenta Bueno e outros municípios mais tradicionais.
 

A necessidade faz o sapo pular e diante de um cenário de queda de receita, Confúcio cortou na própria carne - Gente de Opinião

        Emitindo sinais      

O governador Confúcio Moura (PMDB) passou emitir mais sinais de que tocará adiante seu desejo de reeleição. O próprio projeto de reestruturação do governo anunciado ontem, em entrevista coletiva, atendendo a voz rouca das ruas, que exige rigor no trato com a coisa pública, indica que nosso mandarim já fez a opção.

A necessidade faz o sapo pular e diante de um cenário de queda de receita, Confúcio cortou na própria carne - Gente de Opinião
 

    A economia      

A necessidade faz o sapo pular e diante de um cenário de queda de receita, mais as necessidades do erário quitar o 13º terceiro, fornecedores e obrigações sociais neste final de ano, o governador Confúcio cortou na própria carne, reduzindo seu salário,além   dos cargos comissionados, além de cortar centenas de portarias. Medidas que tiveram aprovação da opinião pública.
 

Mais presente

No Congresso Nacional, enfim, temos a volta de Amir Lando (PMDB-RO) e se ele aprendeu alguma coisa durante os anos que esteve fora da ribalta, passará a ser mais presente em Rondônia. O retrospecto de políticos ausentes – Jerônimo Santana, Amir Lando e mais recentemente Fátima Cleide que se mudou para São Paulo – é o pior possível.

A expectativa

O jornal o Madeirão, que será lançado nesta quinta-feira, vem com chumbo grosso contra os políticos ladrões e os jornalistas que usavam laranjas para rapinar o erário da Assembléia Legislativa com os escândalos de fantasmas e laranjas desvendados pela Operação Apocalipse. É bem ao estilo do seu proprietário, o apresentador Nilton “Monstrão” Salinas que deve voltar a TV na semana que vem por outro canal de televisão.

Nas paradas

Com as postulações ao governo do estado quase paralisadas, o representante petista, o deputado federal Padre Tom, vai colocando seu bloco na rua e mesmo com o partido mais sujo do que chiqueiro, tem recebido apoio entusiasmado das eclesiais de base da igreja católica e do meio rural. Na falta de um candidato oposicionista que assuma a condição, o padre esta dando o tom.

Um estrategista

Este Padre Tom é um baita estrategista.  Fazendo as contas, diante da recuperação de Roberto Sobrinho na capital (Yes, Nazif não deslanchando recuperou o adversário), perdoou o pilantra e tenta agora juntar os cacos para unir o partido com a ala liderada por Fátima Cleide. Em Cacoal, no entanto, vai precisar de um milagre para deslanchar: a gestão do padre Franco é um desastre.

Via Direta

*** O segmento hoteleiro anda berrando na capital e muitos hotéis já apelam para tarifas promocionais *** Em ritmo de invasões – já são 36 em Porto Velho – os políticos na caça de votos para a temporada que se aproxima prometem até água e esgoto *** Nesta quinta-feira será inaugurado o jornal O Madeirão, novo diário rondoniense. 

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Carlos Sperança

O casaco da segurança + Cartas na manga de Marcos Rocha + Os macacos velhos da política

O casaco da segurança + Cartas na manga de Marcos Rocha + Os macacos velhos da política

O casaco da segurançaAs mães têm o hábito recorrente de recomendar aos filhos levar um casaco ao sair de casa. As mais precavidas de hoje exigem lev

Vozes amazônicas + Oposição fazendo as contas + Contagem regressiva + Seca severa

Vozes amazônicas + Oposição fazendo as contas + Contagem regressiva + Seca severa

Vozes amazônicasA interessante plataforma Amazônia Que Eu Quero, da Fundação Rede Amazônica, pergunta: “Qual a Amazônia que você quer para o futuro?

A Lei de Nobre + A cotação para o Senado + Disputa do CPA + Frente de Esquerda

A Lei de Nobre + A cotação para o Senado + Disputa do CPA + Frente de Esquerda

A Lei de NobreA Royal Society, instituição britânica que desde 1660 é a vanguarda do desenvolvimento científico da Terra, é formada por homens sábio

Armas na Amazônia + Como fica bolsonarismo? + Planalto escolheu Marcos Rocha

Armas na Amazônia + Como fica bolsonarismo? + Planalto escolheu Marcos Rocha

Armas na AmazôniaAo seu estilo sempre polêmico, com declarações que produzem grande efeito midiático, o presidente Jair Bolsonaro atribuiu à “famíli