Porto Velho (RO) segunda-feira, 21 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Carlos Sperança

Mais dois perigos + O encolhimento + Os confirmados para disputa em Porto Velho + As desistências


Mais dois perigos + O encolhimento + Os confirmados para disputa em Porto Velho + As desistências - Gente de Opinião

Mais dois perigos

Os erros graves cometidos pelo governo brasileiro nas últimas décadas transformaram as expectativas otimistas mundiais durante e logo após a Conferência Rio-92 em uma crescente atitude de medo e agressividade que agora chega a um grau máximo de ebulição. Se fosse mantido o espírito da Rio-92, hoje a Amazônia seria louvada pela humanidade como o santuário de sua salvação e não como um portal para o inferno.

Além da já péssima imagem do Brasil no exterior, piorada por uma diplomacia infantil e o negacionismo, dois novos perigos rondam a Amazônia nesta quadra final de 2020. Um é a presunção de que nela se comete um crime contra a humanidade, de acordo com avaliação em estudos desde junho no Parlamento Europeu. Não resolve mais alegar que Gisele Bündchen e Leonardo DiCaprio são desinformados e convidá-los a se meter na floresta para se informar. A conversa agora é com os astutos parlamentares europeus – os mais ladinos do Velho Continente.

O segundo perigo é a absurda campanha “Defund Bolsonaro”, que propõe não investir ou cortar investimentos já feitos no país por empresas, financistas, consumidores e países. O propósito da ofensiva é obrigar o presidente Jair Bolsonaro a proteger a Amazônia. É o mesmo que dizer a um pai que se ele não cuidar dos filhos será impedido de levar pão à família. Neste mundo de rancor doentio, há realmente muito fogo a apagar.


O encolhimento

Mesmo encolhido nos últimos pleitos, o PT de Lula e Dilma, tem a maior bancada dos deputados federais na Câmara dos Deputados e em Rondônia promete lançar candidaturas próprias a prefeito em 17 municípios. A legenda fará convenções municipais em 40 dos 52 municípios rondonienses e busca a recuperação dos últimos pleitos quando sucumbiu nas urnas em quase todo o país e ficou com a sua representatividade rondoniense reduzida a pó – um só deputado estadual, nenhum federal e tampouco um senador.

Os confirmados

Nesta altura do campeonato já temos vários candidatos a prefeito em Porto Velho confirmados em convenções partidárias. 1- Samuel Costa (PC do B) 2- Pimenta de Rondônia (PSOL) 3- Vinicius Miguel (Cidadania) 4 – Geneci Gonçalves (PSTU) 5-Leonel Bertolin (PTB) 6-Willians Pimentel (MDB) 7 –Bruno Mendes (Avante) 8 –Eyder Brasil (PSL) 9 –Ramon Cajui (PT) 10-Lindomar Garçom (Republicanos) 11-Thiago Tesari (PSD) 12-Ted Wilson (PRTB) 13-Edvaldo Soares (PSC).  E ainda tem mais uma penca hoje, com definições importantes nos meios dos postulantes de ponteira.

As desistências

Ao meio das convenções realizadas e outras a se realizar, teremos ainda a confirmação de outras postulações, mas também foram registradas desistências ao longo da pré-campanha como do Deputado estadual Anderson Pereira (Pros), do Ex-deputado estadual Hermínio Coelho (PV) e outras que poderão ocorrer com as negociações de chapas de última hora, com candidatos se transformando em vices. Muitas indefinições ainda no pedaço e se Hildon Chaves (PSDB) confirmar a candidatura à reeleição mais uns quatro desistem.

As dificuldades

·      Não é à toa que o governo do estado e as prefeituras municipais de Rondônia encontrem dificuldades na contratação de médicos. Ocorre que cidades do Sul maravilha, inclusive interioranas como Bragança Paulista, remuneram melhor os profissionais da medicina. Com isto, os médicos rondonienses formados em São Paulo, Curitiba e Rio Grande do Sul preferem ficar por lá mesmo. Até médicos formados por aqui estão desembarcando no interior paulista, com iniciantes ganhando R$ 35 mil e os mais experientes até R$ 50 mil.

A qualificação

Se quiser, o portovelhense conseguirá formar uma Câmara de Vereadores qualificada na legislatura que será eleita em novembro deste ano. Algumas opções interessantes: O juiz Walter Waltemberg (MDB), o professor e historiador Alex Palitot (PTB), o médico Sidney Orleans (Podemos), o ativista cultural Carlinhos Maracanã (Pros) o administrador e comunicador Anísio Gorayeb (PSB), a ativista política Luciana de Oliveira (PT). Na próxima edição mais opções para quem deseja um Legislativo mais qualificado.

 

Via Direta

*** Como o STF tirou as ações da Lava Jato dos raposões Valdir Raupp (MDB-RO) e Romero Jucá (MDB-RR), eles respiraram mais tranquilos. Outros também enrascados devem estar comemorando *** São mais casos caminhando para a impunidade neste Brasil varonil *** Em Rondônia, o MDB optou por Wiliam Pimentel para candidato a prefeito, aquele que tem tantas denúncias de mal feitos no lombo, do que Walter Waltemberg, um juiz reserva moral no estado. Este é o MDB de Rondônia *** Os comerciantes da capital apostam no aquecimento de vendas neste final de ano. Os supermercados não reclamam há um bom tempo nem, as lojas de eletrodomésticos e o segmento de saúde *** O funcionalismo público está preocupado com o início de 2021 com relação ao pagamento dos salários em dia. Será que...? 

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Carlos Sperança

Os rigores climáticos + Forças do mal + Onda bolsonarista + A polarização

Os rigores climáticos + Forças do mal + Onda bolsonarista + A polarização

Os rigores climáticosCaracterística notável das “narrativas” sobre a Amazônia é cada qual acusar uma ou mais das outras versões de culpa ou respons

Da narrativa à UTI + As desistências + Taca-lhe o pau! + Assados na brasa

Da narrativa à UTI + As desistências + Taca-lhe o pau! + Assados na brasa

Da narrativa à UTIO general Hamilton Mourão, presidente do Conselhão da Amazônia e vice-presidente da República, identificou três “narrativas” que

Exemplo de confiança + Jogo de raposas + Opção arriscada + Léo Moraes sai fortalecido

Exemplo de confiança + Jogo de raposas + Opção arriscada + Léo Moraes sai fortalecido

Exemplo de confiançaCéu e inferno estão presentes na mesma terra: agentes criminosos levam riquezas para seus próprios paraísos e aos povos da flor

A vingança + As definições + Uma penca de candidatos + As avessas + Pra valer

A vingança + As definições + Uma penca de candidatos + As avessas + Pra valer

A vingançaO mundo se animou com a notícia, imagens e vídeos da patrulha indígena ambiental que vigia a Amazônia colombiana. Seu líder, José Gregório