Porto Velho (RO) quarta-feira, 17 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Carlos Sperança

Expedito Junior vetado + As incertezas eleitorais + Leo Moraes vice de Cassol?


Expedito Junior vetado + As incertezas eleitorais + Leo Moraes vice de Cassol? - Gente de Opinião

Bedelho estrangeiro

As relações entre Brasil e EUA são historicamente amigáveis desde que o príncipe João fugiu de Portugal e instalou sua Corte no Rio de Janeiro, em 1808. Houve engasgos quando Vargas namorou o nazismo e nacionalizou os setores estratégicos, mas voltaram às boas no apoio ao golpe de 1964, do qual se arrependeram em 1968, devido às violências contra opositores.

O general Ernesto Geisel se irritou em 1974 com as pressões estadunidenses contra o acordo nuclear Brasil-Alemanha, mas seria irresponsável supor o que ele pensaria hoje das ameaças dos EUA prometendo represálias caso haja interferências militares nas eleições e piora na degradação da Amazônia.

Com seu olhar estratégico, o general seguramente perceberia que o mau humor dos EUA com o Brasil se deve ao apoio que o presidente Jair Bolsonaro deu ao líder russo Vladimir Putin antes da guerra na Ucrânia. Não adiantou a declaração firme contra a ocupação de países, cerne da política externa brasileira: os EUA queriam que o Brasil participasse do boicote aos produtos russos, o que seria desastroso, e não só por causa dos fertilizantes.

Há uma legítima preocupação com o clima, é certo, mas antes de meter o bedelho nas nossas eleições eles deveriam passar em pratos limpos o golpe no Capitólio. Em matéria eleitoral, o Brasil, unificado pelo TSE, tem mais qualidade que o caótico sistema de uma regra diferente em cada Estado americano.

...............................................................................

Expedito vetado

O ex-senador Expedito Junior (PSD-Rolim de Moura), favorito para a conquistar a cadeira ao Senado em 2022, bem que tentou se aliar ao governadoravel Leo Moraes (Podemos-Porto Velho) visando uma dobradinha ao Senado. Mas as lideranças da aliança vetaram o acordo justificando que ele traria prejuízos eleitorais em Porto Velho lembrando que nem o aliado Hildon Chaves aceitou ele nos seus palanques na batalha da reeleição na capital. De fato, Expedito em Porto Velho está com o prestigio abalado, mas no interior seria de grande valia.  Por outro lado, no interior Leo já tem o apoio de Ivo Cassol (PP).

As conversações

Justamente pelos mesmos motivos alegados pela turma do Podemos, Expedito também tem vetos para se compor com a Frente Democrática liderada pelo PT e que tem como candidato ao governo Vinicius Miguel (PSB). Expedito não conseguiu ser bolsonarista e tampouco conseguirá ser Lulista, embora existam algumas lideranças entusiasmadas com um acordo já que ele reforçaria as paliçadas de Vinicius Miguel ao governo do estado no interior. Mas se na capital Expedito não ajuda, no interior ele mantem o favoritismo num embate contra Jaqueline Cassol (PP) e Jayme Bagatolli (PL). A coisa só pode piorar para Expedito se Raupp decidir disputar o Senado.

A ressurreição

Durante a semana foi especulada a volta da candidatura do ex-governador Ivo Cassol (PP) a disputa do CPA. Ocorre que ao mesmo tempo em se que se faziam as cogitações, o ex-governador anunciava no interior do estado seu apoio ao deputado federal Leo Moraes. De fato, Ivo ainda tem esperança de concorrer e não estará presente ao encontro estadual do lançamento Leo Moraes neste sábado para não se comprometer demasiadamente. Se Ivo conseguir se candidatar, Leo Moraes será seu vice, uma chapa poderosa. Mas por enquanto o que está acertado é Leo candidato ao governo com Jaqueline ao Senado.

As pesquisas

Várias pesquisas em andamento sobre s eleições ao Senado e ao governo do estado. Antecipadamente se sabe, que na capital Leo Moraes (Podemos) é o cara e Marcos Rogério (PL) é o bicho na região central. Mas na computação dos 52 municípios, o governador Marcos Rocha (União Brasil) tem a melhor média, portanto favorito para a primeira vaga numa previsível eleição e dois turnos. Mas se os institutos colocarem o nome de Ivo Cassol, mudaria o cenário de cabeça para baixo. E não se pode descartar ainda Confúcio nas paradas...

As incertezas

A grande verdade é que a corrida sucessória 2022 está repleta de incertezas e muita coisa só será decidida ao final das convenções em 5 de agosto. Num estado onde os favoritos constantemente tombam ante a surpresas, e que tem o efeito manada nos últimos dias decidindo as coisas, é difícil de arriscar algum palpite. Mas como em campanhas passadas vão surgir pesquisas fajutas, fake News a torto e a direita e os raposões deixando o anuncio de suas postulações para os últimos dias. O certo mesmo é eleição em dois turnos e não se vê as “ondas” Bolsonaro e Lula interferindo no pleito até agora.

Via Direta

*** Com o DNITT espichando o bico, sem recursos, as obras de recuperação da BR 364 entre Rio Branco e Cruzeiro do Sul, no vizinho Acre, podem ir para as cucuias. As lideranças já estão chiando *** Não tarda este contingenciamento de recursos poderá afetar obras  também em Rondônia e no vizinho Amazonas, mas o organismo nega. *** Enquanto isto os principais rios de Rondônia – casos do Rio Madeira e Rio Machado - estão com o nível das águas  baixando rapidamente prenunciando uma baita estiagem em 2022 *** Numa explosão de crescimento novas unidades de casas de construção, rede de supermercados e farmácias estão se instalando na Zona Leste da capital *** O entorno do shopping de Porto Velho, situado na avenida Rio Madeira com Calama, está batendo recordes de arrombamento de residências e de roubo de motos. Coisa de louco!

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Carlos Sperança

Quânticas ilusões + Tem predomínio + Uma explosão + A desistência

Quânticas ilusões + Tem predomínio + Uma explosão + A desistência

Quânticas ilusõesA mais cínica orientação do “pensamento mágico” é que deixar de ler jornais ou de acompanhar o noticiário por si só melhora o mundo p

Quânticas ilusões + Tem predomínio + Uma explosão + A desistência

Quânticas ilusõesA mais cínica orientação do “pensamento mágico” é que deixar de ler jornais ou de acompanhar o noticiário por si só melhora o mundo p

Quânticas ilusões + Tem predomínio + Uma explosão + A desistência

Quânticas ilusões + Tem predomínio + Uma explosão + A desistência

Quânticas ilusõesA mais cínica orientação do “pensamento mágico” é que deixar de ler jornais ou de acompanhar o noticiário por si só melhora o mundo

Inglês para índios + Fazendo as contas + Ivo cassol, uma incógnita + As reviravoltas

Inglês para índios + Fazendo as contas + Ivo cassol, uma incógnita + As reviravoltas

Inglês para índiosSegundo a bióloga Mercedes Bustamante, da Universidade de Brasília e ligada à Academia Brasileira de Ciências, por conta dos crim