Porto Velho (RO) domingo, 26 de junho de 2022
×
Gente de Opinião

Carlos Sperança

Bicho pequeno, grandes mistérios + As desistências + Marinha Raupp? + Mudanças climáticas


Bicho pequeno, grandes mistérios + As desistências + Marinha Raupp? + Mudanças climáticas - Gente de Opinião

Bicho pequeno, grandes mistérios

O biólogo Leo Lanna e o designer Lvcas Fiat, em busca de variedades do inseto louva-a-deus para o Projeto Mantis, encontraram nas andanças pela Amazônia, mais que os registros procurados, experiências incomuns e surpresas. Lanna observou que a Amazônia é ainda tão desconhecida que logo ao redor do alojamento onde se instalou já achou novidades dignas de nota.

O Projeto Mantis, iniciado em 2015 de uma iniciativa universitária, em 2017 ganhou o apoio financeiro da National Geographic Society para expedições multidisciplinares em florestas tropicais, como a Mata Atlântica e a Amazônia brasileira e peruana. Chama a atenção pelo foco oferecido ao louva-a-deus. No universo ficcional da Marvel, Mantis é o nome de uma personagem multirracial oferecida a religiosos espaciais devotos da Madona Celestial e seu filho, o Messias Celestial.

Na natureza, o inseto ganhou o nome grego de Mantis, que significa profeta, aquele que orienta. Para os integrantes do projeto, o louva-a-deus é “um guia, nossa bandeira, o símbolo da beleza e diversidade encontradas na natureza”. A diversidade é tanta que há 2.500 espécies conhecidas, 10% no Brasil e ainda várias centenas a descobrir. Mantis, o louva-a-deus, é mais que um mero inseto. Ao projetar símbolos místicos, ele desafia os cientistas com seus mistérios. Que suas proféticas revelações venham logo, antes de desaparecer abaixo de fogo e destruição.

...................................................................................

As desistências

Que jornada fatídica para as lideranças políticas rondonienses. Começou com a justiça eleitoral bloqueando a candidatura do grande favorito das urnas em Rondônia ao CPA, o ex-governador Ivo Cassol. Em seguida foram anunciadas as desistências do ex-governador Confúcio Moura (MDB) e do prefeito de Porto Velho Hildon Chaves (PSDB). No final e semana mais uma desistência para a disputa em outubro deste ano: o ex-prefeito de Ji-Paraná, Jesualdo Pires. E outros nomes também devem ficar no meio do caminho, pois na Frente de Esquerda só tem vaga para um candidato. E mais dois pré-candidatos devem cair do cavalo.

Que fase!

 Gente, ainda bem que a auto estima do senador Marcos Rogério (PL) é forte. Primeiro anunciou a sua base que seria ministro e seu nome foi rejeitado pelo Palácio do Planalto. Depois o parlamentar seria líder do governo Bolsonaro no Senado e a coisa virou brisa. Mais recentemente queria indicar Ieda Chaves (vai disputar a ALE) de sua vice, mas ela preferiu Marcos Rocha que também, ganhou apoio do seu aliado prefeito Hildon Chaves. Por último queria chutar Jayme Bagatolli da candidatura ao Senado, acabou aceitando. Hildon Chaves já disse com todas as letras que MRogério não é candidato e está negociando. Veremos mais na frente quem tem razão.  

Tudo encaminhado

Com a desistência do ex-governador Valdir Raupp já está tudo encaminhado para que o ex-ministro da Previdência Amir Lando seja consagrado nas convenções de julho como o candidato ao Senado do MDB. Como se tratando deste partido, tudo pode acontecer, espera-se que nesta temporada não ocorram pisões e bofetadas entre os dirigentes partidários. Seria muito estranho Amir Lando, culto e pacifista como ele é se atracar em brigarada com os convencionais, como ocorreu com as turmas de Raupp e Confúcio em 2018 e lembrando os bons tempos de machos alfas da política como Amorim (Ariquemes) e Fidelis (Ji-Paraná).

Marinha Raupp

Por falar no casal Raupp, a ex-deputada federal Marinha ainda não descartou a possibilidade de disputar cargo eletivo nas eleições de outubro, como seu esposo já fez esta opção de ficar fora. Marinha foi a deputada federal mais votada em Rondônia de todos os tempos, recordista de mandatos consecutivos a Câmara dos Deputados e só não se reelegeu porque armaram contra ela nos últimos dias de campanha espalhando uma boataria que ela estava boicotando o Hospital do Câncer, o que ela comprovou ser fake, com suas emendas parlamentares substanciais de sua autoria para este estabelecimento hospitalar. Mas já era tarde para reverter a situação.

Mudanças climáticas

Com as mudanças climáticas agora todo o ano o Estado do Amazonas – nesta jornada são mais de 40 municípios – padecem com as enchentes. A própria capital amazonense, Manaus já está construindo passarelas nas principais ruas dos seus centros comerciais já atingidos pela cheia do Rio Negro. Em 2021 os comerciantes populares chegaram a alugar uma balsa para atender os consumidores que buscavam peixe, frutas e verduras produzidas pelos ribeirinhos. Porto Velho que viveu uma grande cheia em 2014, tem sido poupada pelos eventos climáticos, mas nosso interior a cada ano vê as consequências destas mudanças do clima em suas cidades com interrupções das principais rodovias.

Via Direta

*** Os imóveis de luxo seguem com boa valorização em Porto Velho com relação ao ano passado. Os terrenos dos condomínios Ecoville, Verana e Alphaville tem grande procura para novas construções de residências ***Com uma forte tendência de ocupação o transito a partir dos condomínios Ecoville, Verana, Nova Canaã e proximidades está ficando insuportável e deve piorar nos próximos anos *** Trocando de saco para mala: a temporada já mostra forte congestionamento de candidaturas nos meios evangélicos, militares e sindicais *** Em 2022 também prosperam candidaturas ligadas ao agronegócio para Assembleia legislativa, Câmara dos Deputados e Senado *** Virou e mexeu e o bolsonarismo raiz conseguiu garantir a candidatura do empresário Jayme Bagatolli pelo PL. O próximo passo é minar Expedito até que desista, o que é pouco provável, já que é macaco velho na política.

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Carlos Sperança

Eleição e corrupção + Contagem regressiva + Cenário nublado + Baita renovação

Eleição e corrupção + Contagem regressiva + Cenário nublado + Baita renovação

Eleição e corrupçãoÉ fácil acreditar em acusação falsa contra alguém que a pessoa detesta enquanto o discurso anticorrupção demagógico e mentiroso,

Página infeliz + Centro histórico de Porto Velho + Multidão de indecisos

Página infeliz + Centro histórico de Porto Velho + Multidão de indecisos

Página infelizPor mais que estejam na moda escapismos como supor as antigas civilizações amazônicas destruídas por ETs, com Rússia e EUA alimentand

Febre imigratória + Fazendo a diferença + Efeito manada + As projeções

Febre imigratória + Fazendo a diferença + Efeito manada + As projeções

Andorinhas humanasNão poderia passar em branco nos EUA e Canadá a triste notícia de que a andorinha-azul (Progne subis) tem sua população progressi

Pão amargo + União de forças do MDB + Movimentações no interior + José Guedes é pra valer

Pão amargo + União de forças do MDB + Movimentações no interior + José Guedes é pra valer

Pão amargoQuando o Brasil começava a obter ganhos diplomáticos no exterior, o desaparecimento do jornalista inglês Dom Phillips e do indigenista Bru