Porto Velho (RO) quarta-feira, 25 de novembro de 2020
×
Gente de Opinião

Política

Deputados exigem a reabertura da BR 319


A reabertura da BR 319, no trecho que liga os Estados de Rondônia e Amazonas, foi exigida pelos deputados estaduais na sessão plenária desta quarta-feira (27) da Assembleia Legislativa. O presidente Hermínio Coelho (PSD), Adelino Follador (DEM) e Neodi Carlos (PSDC) não pouparam críticas aos órgãos ambientais e, principalmente, ao Ibama que não libera a licença para o início das obras. Eles chegaram a dizer que “parece que esses órgãos trabalham contra o país” e cobraram maior atuação da bancada federal, afirmando que “se fosse uma obra para beneficiar Rio e São Paulo a autorização já tinha saído, mas como é para a região norte o empecilho é latente”.

Quem abriu a série de cobranças foi o deputado Adelino Follador. Ele afirmou que “se o Governo Federal quisesse, poderia até liberar a obra para empresas privadas. Não concordo que a reabertura da estrada proporcionará grande impacto ambiental. A BR 319 existe desde a década de setenta e quem invadiu já está lá há bastante tempo”. Na oportunidade, Follador parabenizou a atitude do senador Acir Gurgacz por integrar e acompanhar a comitiva que luta pela a reabertura da rodovia federal. Falou que o Governo Federal, através do Ibama, está atrasando a reforma da BR e os Estados do norte estão sendo prejudicados porque não podem interligar-se via terrestre, prejudicando a produção agrícola.

O deputado Neodi Carlos lembrou que Rondônia é um Estado que produz carne e grãos e o escoamento dessa produção está prejudicado por falta da reabertura da BR 319. As justificativas apresentadas para o início das obras, no seu entendimento, não convencem. “Os parasitas do Ibama não querem o progresso do País. Quantas obras estão hoje paralisadas no Brasil? Parece até esse órgão trabalha contra o País. A BR 319 é importante para o País. Não posso concordar que sua reabertura vai causar impacto ambiental. Afinal de contas, essa estrada foi aberta na década de setenta. A mesma coisa acontece com o gasoduto. A falta de licença ambiental está impedindo o aproveitamento desse produto. Acredito até que muitas dessas ações tenham a opinião de ONGs internacionais que não querem o progresso do Brasil”.

Neodi também questionou a qualidade do asfalto que está sendo colocado na BR 364. Ele elogiou a decisão do senador Acir Gurgacz de denunciar o caso e trazer a Rondônia o diretor nacional do Dnit para ver in loco a situação e a qualidade do trabalho prestado. “Corrigem-se os buracos com uma fina camada de asfalto e, em seguida, estão surgindo enormes buracos ao longo da BR. O perigo é constante na 364”, comentou.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Hermínio Coelho, alertou que a reabertura da BR 319 não vai beneficiar apenas Porto Velho, em Rondônia, e Manaus, no Amazonas. “Porque o interesse na rodovia federal é da região norte o Ibama diz que não se pode fazer nada. No entanto, se fosse para beneficiar os Estados do sudeste e sul, principalmente Rio e São Paulo, esse Ibama já tinha autorizado e liberada a licença ambiental. Veja as Usinas Hidrelétricas que estão sendo construídas no rio Madeira, em Porto Velho, foram liberada imediatamente. Tem lugar onde se está cometendo mais crimes ambientais? Ninguém faz nada porque o interesse é outro e o Governo Federal tem urgência pela conclusão das obras”, afirmou.

O deputado Neodi Carlos concordou com Hermínio Coelho sobre as obras que estão sendo erguidas em Rondônia. Reiterou que, em relação a BR a 319 não se pode cometer crime algum porque a estrada federal foi aberta na década de setenta e precisa apenas ser reaberta para viabilizar tráfego de veículos e pessoas. “Cadê a bancada federal que pouco faz sobre essa questão. Ampliaram a capacidade das Usinas do rio Madeira sem pedir autorização a ninguém e tudo está como nada estivesse acontecido. Todos veem os prejuízos ambientais causados a Rondônia e a sua população. No Brasil, animal silvestre vale mais que famílias humanas. Acredito, porém, que com a reabertura da BR 319 não vai se matar nenhum animal silvestre”, completou.

Hermínio Coelho questionou a atuação da bancada federal de Rondônia. Disse que “parece até que a bancada está trocando a dignidade por carguinhos. Ninguém tem moral para cobrar nada em favor do Estado de Rondônia. É hora de se exigir ação do Governo Federal em favor do nosso Estado. Queria era que o Ibama se preocupasse com os jumentos do nordeste que morem todos os dias e ninguém fala nada. Está faltando sim atuação dos políticos de Rondônia em Brasília. Veja o senador Valdir Raupp faz muito pouco pelo Estado. Vai continuar ficha limpa porque todos os processos que a responde não são julgados. Muitos já foram condenados e ele, não”.

Sobre o conflito ocorrido em Buritis, Hermínio Coelho disse aos demais deputados que os agricultores estão proibidos de cortar até um pé de milho. “Na localidade, não há escola, posto de saúde e quando o povo se revolta ninguém sabe os motivos. No conflito, a população destruiu até bens. Na segunda-feira haverá uma reunião aqui na Assembleia Legislativa com todos os órgãos envolvidos para possamos buscar uma solução para a questão de Buritis, já que foi o Governo que tirou o pessoal da reserva federal e o colocou em área particular. O dono ganhou a reintegração de posse a com é que vão ficar essas famílias. Temos que buscar uma solução para evitar problemas maiores naquela região de conflito”, finalizou presidente da Assembleia Legislativa.

Fonte: Carlos Neves

Mais Sobre Política

Deputados votam a LDO para 2021, com quatro emendas

Deputados votam a LDO para 2021, com quatro emendas

Os deputados estaduais aprovaram, em sessão extraordinária nesta terça-feira (24), o PL 557/20, que dispõe sobre as Diretrizes para a elaboração da Le

Sargento Eyder Brasil defende local digno de trabalho aos policiais do 5º BPM  e cobra desburocratização

Sargento Eyder Brasil defende local digno de trabalho aos policiais do 5º BPM e cobra desburocratização

Durante a sessão ordinária desta terça-feira (24), o deputado estadual Sargento Eyder Brasil (PSL) defendeu um local digno de trabalho aos policia

Vereadora Cristiane Lopes cobra melhorias para bairros da Capital

Vereadora Cristiane Lopes cobra melhorias para bairros da Capital

A vereadora Cristiane Lopes (progressistas), mesmo em campanha do segundo turno rumo à prefeitura de Porto velho, não parou com os seus trabalhos le

Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa convoca Governo para apresentar estágio do PCCR da Saúde

Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa convoca Governo para apresentar estágio do PCCR da Saúde

A Comissão de Saúde e Previdência e Assistência Social (CSPS) da Assembleia Legislativa, se reuniu na manhã desta terça-feira (24), no plenarinho 01,