Porto Velho (RO) sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Reajuste do STF terá impacto anual de R$ 243 milhões no Executivo


O Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão estimou em R$ 243,1 milhões por ano o impacto orçamentário, no Poder Executivo, do aumento salarial dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Por mês, a despesa terá um acréscimo de R$ 18,7 milhões.

Dia 8 o Supremo aprovou, por 7 votos a 4, reajuste de 16% no salário dos ministros da Corte, para 2019. Atualmente o salário é de R$ 33,7 mil e passará para R$ 39,3 mil por mês, caso seja aprovado pelo Congresso Nacional. O subsídio dos ministros é o valor máximo para pagamento de salários no serviço público.

O cálculo do ministério não inclui o efeito cascata nos vencimentos de servidores do Judiciário e do Legislativo, que têm suas próprias folhas de pagamento. "Atualmente, 5.773 servidores têm remuneração superior ao teto de R$ 33.763 [teto constitucional] e sofrem descontos em seus contracheques com a aplicação do Artigo 42 da Lei 8.112/90 (abate-teto)", informou o ministério, por meio de nota.

Se considerado o "efeito cascata" nos demais poderes e também nas unidades da federação, as despesas podem aumentar em até R$ 4 bilhões, segundo projeções de técnicos da Câmara dos Deputados e do Senado Federal. Somente no Judiciário, o impacto seria de R$ 717 milhões ao ano.

Ainda de acordo com o Ministério do Planejamento, o reajuste do teto também vai provocar aumento nos salários de presidente da República, vice-presidente e ministros, que têm as suas remunerações fixadas pelo Congresso Nacional com base no teto. A elevação do gasto na folha de pagamento, nesse caso, seria de mais R$ 7 milhões por ano.

Veja Mais

Mais Sobre Política - Nacional

Oscar Maroni elogia Sérgio Moro e diz estar otimista com o novo governo

Oscar Maroni elogia Sérgio Moro e diz estar otimista com o novo governo

O empresário Oscar Maroni, fala sobre politica, economia e empreendedorismo e se diz esperançoso sobre o futuro do país Oscar Maroni, empresário nos s

Igreja Católica reage à ofensiva do governo: Evaristo Pascoal Spengler. "Só vimos na ditadura"

Igreja Católica reage à ofensiva do governo: Evaristo Pascoal Spengler. "Só vimos na ditadura"

A Igreja Católica começa a reagir à ação de espionagem do governo Bolsonaro contra o Sínodo da Amazônia que terá como ponto culminante um encontro no

Senador Marcos Rogério diz que PEC sobre aborto deve ser debatida na CCJ

Senador Marcos Rogério diz que PEC sobre aborto deve ser debatida na CCJ

O senador Marcos Rogério (RO) disse que a proposta de emenda à Constituição (PEC 29/2015) que altera o artigo 5º da Constituição para determinar a “in

Ciro Gomes é vaiado e responde: “O LULA TÁ PRESO, BABACA”

Ciro Gomes é vaiado e responde: “O LULA TÁ PRESO, BABACA”

Ciro Gomes repetiu o que fez seu irmão Cid no segundo turno das eleições e chamou um militante do PT de "babaca", nesta quinta-feira (7), durante a Bi