Porto Velho (RO) terça-feira, 22 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Justiça

8ª Turma de Magistrados do TJRO completa 26 anos


Juiz Adolfo Theodoro Naujorks Neto - Gente de Opinião
Juiz Adolfo Theodoro Naujorks Neto

Na comemoração do aniversário de 26 anos da 8ª Turma de ingresso à carreira da magistratura do Poder Judiciário de Rondônia, a Ameron parabeniza aos magistrados pela dedicação e o comprometimento com a Justiça, fazendo valer os direitos dos cidadãos rondonienses. Coincidentemente, aquela turma ingressava na carreira no dia 11 de agosto de 1993, na mesma data em que se comemora o Dia do Magistrado. Outra particularidade é que os quatro aprovados naquele concurso compuseram a menor turma de magistrados da história do Judiciário de Rondônia.

O juiz auxiliar da corregedoria do TJRO, Adolfo Theodoro Naujorks Neto, é um dos remanescentes daquela turma. - Gente de Opinião
O juiz auxiliar da corregedoria do TJRO, Adolfo Theodoro Naujorks Neto, é um dos remanescentes daquela turma.

O juiz auxiliar da corregedoria do TJRO, Adolfo Theodoro Naujorks Neto, é um dos remanescentes daquela turma. Nascido no Rio Grande do Sul, formado em Direito e tendo atuado na advocacia no Estado do Mato Grosso do Sul, o atual tesoureiro da Ameron, ficara sabendo da abertura do concurso para ingresso na carreira da magistratura e enxergou como a oportunidade de realizar o sonho de atuar na judicatura. “Foi uma satisfação muito grande ter sido aprovado em um concurso difícil e concorrido, ao mesmo tempo um desafio enorme para um jovem com pouca experiência, mas com dedicação e responsabilidade todas as dificuldades foram sendo vencidas”, lembra o magistrado que após a aprovação passou pelas Comarcas de Alvorada do Oeste, Vilhena e está em Porto Velho desde 1998.


 O juiz João Luiz Rolim Sampaio é titular no I Juizado Especial Cível, em Porto Velho. - Gente de Opinião
O juiz João Luiz Rolim Sampaio é titular no I Juizado Especial Cível, em Porto Velho.

Naquele concurso foram 32 candidatos, apenas nove aprovados na prova oral e na última etapa restaram quatro que acabaram sendo empossados pelo, então presidente da Corte de Justiça, o desembargador Eurico Montenegro Júnior – hoje decano. O juiz João Luiz Rolim Sampaio era outro que fazia parte do grupo de aspirantes e até hoje está em atividade no Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia. Quando o magistrado foi aprovado, ele tinha apenas 21 anos e oito meses de experiência como advogado. Natural do Paraná, o juiz João Luiz Rolim Sampaio escolheu a Universidade Federal de Rondônia para cursar Direito e em Porto Velho consolidou a carreira jurídica. “Tomar posse no dia coincidente de comemoração do magistrado representou para mim um presente duplo, agraciando-me Deus com um dia especial e de confirmação", comenta o magistrado que ao assumir o cargo atuou como juiz substituto em Porto Velho, depois passou pelas comarcas de Cerejeiras e Guajará-Mirim – no auge da zona de livre comércio. Atualmente, o juiz João Luiz Rolim Sampaio é titular no I Juizado Especial Cível, em Porto Velho.

A 8ª Turma de magistrados do TJRO, ainda teve o juiz Wilmar Jacob que atuou nas comarcas de Santa Luzia do Oeste, Cacoal e Pimenta Bueno. E ainda, o juiz Luiz Wanderley Gazoto que exerceu a judicatura na comarca de Costa Marques. Ambos pediram exoneração voluntária no TJRO.

Mais Sobre Justiça

Vencedores do Concurso de Redação do Projeto Justiça e Cidadania são premiados

Vencedores do Concurso de Redação do Projeto Justiça e Cidadania são premiados

O Projeto Justiça e Cidadania na Escola chega ao fim nesta sexta-feira (18), com a solenidade de encerramento que será marcada pela entrega dos prêmio

Nota de Pesar - Falecimento de Décio José de Lima Bueno

Nota de Pesar - Falecimento de Décio José de Lima Bueno

É com grande pesar que a Corregedoria-Geral da Justiça de Rondônia (CGJ) comunica o falecimento de Décio José de Lima Bueno, ocorrido no dia 17 de o

Ministério Público é parceiro do projeto Destemidas Marias de conscientização contra a violência doméstica

Ministério Público é parceiro do projeto Destemidas Marias de conscientização contra a violência doméstica

O Ministério Público do Estado de Rondônia, por meio da 35ª Promotoria de Justiça (Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher), é um dos parceiros