Quinta-feira, 30 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Opinião

Nobre missão - uma homenagem aos farmacêutico


“...Ergo os meus olhos bem alto / E contemplo a missão do saber  / Que melhora a vida do homem / E com prazer o ajuda a viver. Da grande missão da ciência / Serei sempre um forte aliado/ Em busca de conhecimento / Com a ética sempre ao meu lado”. Hino do Farmacêutico - Autor:  Islou Silva (CRF-DF 1.123)

Ao cantarolar alguns versos do Hino do Farmacêutico, pus-me a refletir sobre a  profissão.  Qual a sua verdadeira missão? Qual a importância do profissional da farmácia para a humanidade?  - Acredito que seja muito mais que promover a saúde. O farmacêutico, pela essência da sua atividade, é um guardião de vidas.  

Mesmo antes dos primeiros estudos dos boticários, nos conventos na Idade Média, gregos, indianos, chineses e outros povos já observavam e testavam as propriedades terapêuticas de substâncias naturais. Desde a Antigüidade, os “farmacêuticos” pesquisavam elementos da natureza para curar enfermidades e proteger vidas!

O farmacêutico é vital na promoção da saúde. É o profissional com amplo conhecimento sobre medicamentos, e sua formação abrange desde os sintomas de doenças, a criação de fórmulas até chegar à dispensação. O farmacêutico estuda, pesquisa, trabalha e vive para ser guardião de vidas!

Mas não é só isso!Até a década de 80, as farmácias, principalmente de cidades do interior do País, eram pontos de encontro para longas conversas, e eram de onde saíam notícias da cidade. Mais que alguém que cuidava da saúde, o farmacêutico era um “amigo” da família. Era conselheiro, ouvinte, humorista, terapeuta e, ainda, detentor de saberes sobre doenças, medicamentos e formas de tratamento.

 Com o crescimento da atividade, o conceito mudou e o profissional passou a atuar em diversas áreas no mercado de trabalho. Hoje, somos mais de 104 mil profissionais atuando na pesquisa, dispensação, indústria, análises clínicas, farmácia hospitalar, análise de alimentos, cosméticos, ensino, pesquisa científica, vigilância sanitária, perícia, análise de DNA, toxicologia e outras áreas. Mas o espírito de “amigo” da família ainda vive dentro de cada um de nós. 

Como guardião, o farmacêutico enfrenta algumas batalhas. A assistência farmacêutica na atenção básica é uma delas. Ainda não temos um serviço de qualidade em todo o País. A mudança do atual modelo de farmácia comunitária é outra luta. Mas com paciência, metas traçadas e objetivos claros, os guerreiros encontram no Conselho Federal de Farmácia e nos Conselhos Regionais as “fortalezas” que precisam para se reunir, discutir a profissão e traçar a estratégia de cada batalha por uma saúde com mais qualidade.

 Ser guardião da vida é uma nobre missão. Dia 20 de janeiro é Dia do Farmacêutico. Parabéns a todos os profissionais da Farmácia. A vida com saúde é o principal objetivo do nosso trabalho.

Lérida Maria dos Santos Vieira, Diretora Secretária Geral do Conselho Federal de Farmácia e Conselheira Federal pelos Estados de Rondônia/Acre.
 

 

Gente de OpiniãoQuinta-feira, 30 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Sangue novo, vampiros e cuequeiro

Sangue novo, vampiros e cuequeiro

As eleições para a Câmara de Vereadores de Porto Velho se têm caracterizado, de tempos a este, pela presença de políticos bastantes conhecidos da po

Prometer e não cumprir é o esporte preferido de muitos políticos

Prometer e não cumprir é o esporte preferido de muitos políticos

Por mais que nos esforcemos para acreditar no que dizem alguns políticos, não adianta, com o tempo, eles próprios se encarregam de nos lembrar que f

Entre a ilusão e a realidade, brilha a verdadeira vida

Entre a ilusão e a realidade, brilha a verdadeira vida

Era uma vez uma mulher chamada Maria que passava grande parte da sua vida entre o adormecer e o acordar. Nos seus sonhos, Maria encontrava mundos

Eita, que cara sortudo esse Zé Dirceu!

Eita, que cara sortudo esse Zé Dirceu!

A persistência é uma das qualidades que eu mais admiro no ser humano. Tem gente que não desiste de jeito nenhum de lutar por seus ideiais, ainda que

Gente de Opinião Quinta-feira, 30 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)