Porto Velho (RO) quinta-feira, 22 de agosto de 2019
×
Gente de Opinião

Opinião

Mello Franco diz que Geddel, o boca de jacaré, pode morder Temer


Mello Franco diz que Geddel, o boca de jacaré, pode morder Temer - Gente de Opinião

247 – O colunista Bernardo Mello Franco avalia que o novo escândalo envolvendo Geddel Vieira Lima pode atingir Michel Temer, que o indicou para a vice-presidência corporativa da Caixa Econômica Federal.

"Geddel, Cunha e Padilha são velhos aliados de Michel Temer. Os peemedebistas continuaram a trocar apoio por cargos nos governos petistas. Com o impeachment, passaram a mandar sem intermediários", diz ele, no artigo Boca de jacaré.

"Depois da batida na casa de Geddel, o Planalto tentou disseminar a versão de que Temer estaria 'aliviado'. O presidente não teria motivos para se preocupar, já que o aliado deixou de ser ministro", prossegue.

"Ao menos dois fatos sugerem que o discurso tem pouca conexão com a realidade. O relatório da PF vincula Roberto Derziê, ligado a Temer, a uma operação suspeita de R$ 50 milhões na Caixa. Em dezembro, o presidente assinou sua nomeação para a cúpula do banco. Sem foro privilegiado, o falante Geddel também ficou mais próximo da fila das delações. Quem conhece o jacaré sabe o estrago que sua boca pode causar."

Mais Sobre Opinião

O bom do silêncio

O bom do silêncio

Bolsonaro disse que não adianta exigir dele a postura de estadista, por que não é estadista.

Meu cargo, minha vida

Meu cargo, minha vida

Bolsonaro se revelou um profundo conhecedor da natureza humana

Cada quadrado no seu quadrado

Cada quadrado no seu quadrado

Os argentinos são como são. E não querem nem aceitam conselhos.

Feliz dia de quem matou os pais!

Feliz dia de quem matou os pais!

Dia em que Suzane von Richthofen e Alexandre Nardoni estão de férias da prisão.