Porto Velho (RO) sexta-feira, 23 de agosto de 2019
×
Gente de Opinião

Opinião

Marcos Rogério discursa em repúdio à intolerância religiosa


 
A ofensa à fé cristã foi alvo de críticas do deputado Marcos Rogério (PDT-RO), que fez um discurso, nesta quinta-feira (11), repudiando o movimento LGBT de São Paulo, que na última semana usou a imagem de Jesus Cristo crucificado para simbolizar o preconceito da sociedade.
 
O parlamentar exigiu ações da Justiça e do Ministério Público, pois a intolerância religiosa fere a Constituição e desrespeita os brasileiros.Marcos Rogério discursa em repúdio à intolerância religiosa - Gente de Opinião
 
No discurso, Marcos Rogério destacou que a cada ano, as marchas do orgulho gay, das vadias, da maconha, entre outras minorias, vêm se tornando cada vez mais ofensivas, usando elementos sagrados da fé cristã para chamar a atenção do público. Em vez de informarem, polemizam e causam indignação. “Assistimos a uma afronta às pessoas de bem. Não só a lei de Deus, mas as leis dos homens punem tais condutas. Quem não respeita o seu próximo e não respeita a fé dos brasileiros, luta mal e se autodiscrimina”, afirmou.
 
O deputado frisou que católicos, evangélicos, adeptos a outras matrizes cristãs e até os ateus ficaram perplexos com o ato público liderado pelo movimento LGBT de São Paulo.  
 
“Se outra pessoa fizesse o que fizeram, certamente estaria presa e nas páginas dos jornais. Não eles. Esse grupo faz o que quer, pois se vitimiza e passa ao povo a ideia de que a sociedade é preconceituosa. Este parlamento não é preconceituoso, mas a liberdade de expressão e pensamento tem limites e isso precisa ser defendido por quem representa o povo e defende a Constituição ”, afirmou.
 
FONTE: ASCOM

Mais Sobre Opinião

O bom do silêncio

O bom do silêncio

Bolsonaro disse que não adianta exigir dele a postura de estadista, por que não é estadista.

Meu cargo, minha vida

Meu cargo, minha vida

Bolsonaro se revelou um profundo conhecedor da natureza humana

Cada quadrado no seu quadrado

Cada quadrado no seu quadrado

Os argentinos são como são. E não querem nem aceitam conselhos.

Feliz dia de quem matou os pais!

Feliz dia de quem matou os pais!

Dia em que Suzane von Richthofen e Alexandre Nardoni estão de férias da prisão.