Porto Velho (RO) segunda-feira, 18 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Opinião

IMPOSTO: Defasagem da tabela do IR ultrapassa 88% e achata renda


IMPOSTO: Defasagem da tabela do IR ultrapassa 88% e achata renda - Gente de Opinião

Apesar de a inflação oficial do ano passado ter encerrado no menor índice desde 1998 – o IPCA fechou em 2,95% –, a defasagem da tabela do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF) não para de aumentar. Está em 88,40%, conforme estudo do Sindifisco Nacional. O levantamento preenche o período de 1996 até agora.

“Ao se apossar daquilo que não tem direito, o governo achata a renda do trabalhador. Obriga-o a pagar mais imposto, dinheiro que poderia ser mais bem aplicado – na poupança, no aprimoramento da formação educacional, no consumo etc.”, criticou Cláudio Damasceno, presidente do Sindifisco Nacional.

Se a faixa de isenção atual chega aos contribuintes que ganham até R$ 1.903,98, corrigida livraria todo assalariado que ganha até R$ 3.556,56 de reter imposto na fonte. Representa dizer que essa diferença de R$ 1.652,58 pune as camadas de mais baixa renda. Importante lembrar que a tabela do IRPF não é reajustada desde 2016.

IMPOSTO: Defasagem da tabela do IR ultrapassa 88% e achata renda - Gente de Opinião

A mentira por trás do rombo na previdência
O Sindifisco Nacional divulgou este vídeo em 10 de fev de 2017 para alertar que o rombo na Previdência Social é uma farsa

 

Isso, porém, não afeta somente o trabalhador de menor salário. Todas as demais faixas obrigam o contribuinte a pagar mais imposto de renda do que deveria. E piora à medida que os descontos permitidos no IR também são menores. O desconto por dependente, por exemplo, de R$ 189,59/mês (R$ 2.275,08 anual), deveria ser R$ 357,19/mês (R$ 4.286,28 anual). Com educação, se corrigido chegaria a R$ 6.709,90, mas, pela tabela de 2017, o teto foi de R$ 3.561,50.

“O prejuízo do contribuinte não ficou maior porque o IPCA de 2017 foi um dos mais baixos em quase 20 anos”, alertou Damasceno. O estudo também está disponível no site www.sindifisconacional.org.br

Mais Sobre Opinião

 O que as cores nos ambientes falam para nós - Por Elisa Fraga

O que as cores nos ambientes falam para nós - Por Elisa Fraga

Artigo assinado pela arquiteta e urbanista Elisa Fraga, da Guel Arquitetos

Renato Janine Ribeiro: “presidência da República perdeu o respeito da sociedade”

Para o ex-ministro Renato Janine Ribeiro "parte — substancial — da crise que estamos vivendo hoje é o fato de que a presidência da República e seus mi

“Se não fizermos nada haverá cada vez mais desigualdade”

“Se não fizermos nada haverá cada vez mais desigualdade”

Em vários países da OCDE apenas uma em cada quatro pessoas que procuram trabalho recebe algum subsídio, diz Herwig Immervoll, chefe de Políticas Socia