Porto Velho (RO) quinta-feira, 22 de agosto de 2019
×
Gente de Opinião

Opinião

Duisburg, a pérola do Reno


 Duisburg, a pérola do Reno - Gente de Opinião

Professor Nazareno*

            Adoro viajar, mas como não tenho dinheiro, tempo e nem boa saúde, quase não saio do Brasil. Há pouco mais de dois anos, no entanto, estive na Alemanha visitando algumas de suas belas e encantadoras cidades. Estava em Munique na Baviera e decidi visitar Duisburg, cidade industrial e portuária de aproximadamente 500 mil habitantes, localizada no Estado alemão da Renânia do Norte, no vale do Ruhr. Maior porto seco da Europa, esta encantadora metrópole germânica tem, portanto, quase a mesma população de Porto Velho, nossa feia, suja e desorganizada capital. Situa-se na confluência dos rios Ruhr e Reno a poucos quilômetros da fronteira com a Holanda e a apenas 20 minutos de trem de Dusseldorf e de Dortmund, as maiores cidades da região. Esse mesmo número de habitantes é a única coincidência de Duisburg com a nossa fedorenta Porto Velho.Duisburg, a pérola do Reno - Gente de Opinião

            Como sofro da “Síndrome de Vira-Latas”, fiquei encantado e de boca aberta quando cheguei à Estação Central (Bahnhof Apotheke) desta linda cidade. Tudo limpo, organizado, pontual e funcionando no melhor estilo germânico. O trem devia chegar exatamente às 4 horas e 52 minutos da tarde. E para o meu espanto, chegou às 4h52. Recebi ali mesmo informações em Alemão, Inglês e Português de como me deslocar pela cidade e visitar os principais pontos turísticos. Meu Deus! Quanta diferença quando se chega a Porto Velho. Na nossa imunda, sem nenhuma limpeza e pouco cheirosa rodoviária, devemos agradecer aos céus se não formos roubados ou importunados com pedintes que não nos deixam em paz. Em Duisburg, o cheiro das flores em duas praças próximas dali contamina o ar com a fragrância dos mais nobres e caros perfumes.

            A charmosa Avenida Friedrich Wilhelm, que liga a estação de trem ao centro da cidade, é um deslumbre só. Motoristas super educados que respeitam os pedestres é uma rotina normal de se ver. Bem diferente da nossa desarrumada e suja Avenida Carlos Gomes, por exemplo. Nunca vi tanta gente limpa, cheirosa, inteligente e educada convivendo juntas. Naquela charmosa avenida, e em outras ruas da cidade, é impossível encontrar uma única garrafa Pet, pedaços de papel ou qualquer outro entulho de lixo jogado ao chão, enquanto por aqui... Como pode esta gente sisuda e disciplinada ter criado o Nazismo em tempos passados? Raciocinei intrigado. Em Duisburg tem metrô, o Stadtbahn, com pelo menos 13 estações. Pense num lugar limpo e asseado. Em cada estação, a composição para no horário previsto e a pontualidade chega a ser enfadonha.

            Tudo funciona naquela cidade. O porto fluvial é uma loucura de tanta eficiência. Nunca vi tanta limpeza e organização em toda a minha vida. Nos dois rios que cortam a cidade é impossível ver qualquer coisa boiando em suas quase transparentes e limpíssimas águas. Nem um absorvente feminino usado se vê ali. O aeroporto que serve à cidade é “internacional de verdade” e recebe voos de várias outras cidades da Europa e do mundo. Duisburg tem um prefeito. É Sören Link, do SPD, o Partido Social Democrata Alemão. De ideias arrojadas e dinâmicas, é um jovem de apenas 38 anos. Porto Velho também tem um prefeito. É o médico Mauro Nazif, que dispensa quaisquer comentários. A pérola do Reno faz jus ao nome enquanto aqui somos o monturo, o lixo. Os índices de corrupção e violência naquela cidade estão muito próximos de zero e não vi nenhuma obra inacabada por lá. Será que já sucumbimos ao caos e à barbárie?

*É Professor em Porto Velho.

Mais Sobre Opinião

O bom do silêncio

O bom do silêncio

Bolsonaro disse que não adianta exigir dele a postura de estadista, por que não é estadista.

Meu cargo, minha vida

Meu cargo, minha vida

Bolsonaro se revelou um profundo conhecedor da natureza humana

Cada quadrado no seu quadrado

Cada quadrado no seu quadrado

Os argentinos são como são. E não querem nem aceitam conselhos.

Feliz dia de quem matou os pais!

Feliz dia de quem matou os pais!

Dia em que Suzane von Richthofen e Alexandre Nardoni estão de férias da prisão.