Porto Velho (RO) quinta-feira, 22 de agosto de 2019
×
Gente de Opinião

Opinião

CARTA ABERTA À POPULAÇÃO: Prefeitura de Porto velho está implantando os caos no transporte coletivo


CARTA ABERTA À POPULAÇÃO: Prefeitura de Porto velho está implantando os caos no transporte coletivo - Gente de Opinião

A COMISSÃO INDEPENDENTE dos trabalhadores no transporte coletivo de Porto Velho vem a público manifestar suas preocupações e temores em relação à mudança que o prefeito Mauro Nazif está tentando implantar no sistema de transporte da Capital, que irá fatalmente prejudicar os funcionários das atuais empresas e também a população, conforme abaixo:

1)   Mauro Nazif já está na terceira tentativa de mudar o sistema em menos de um anos: primeiro foi a licitação da “terceira empresa” que foi barrada pelo Tribunal de Contas; depois a 1ª licitação emergencial na qual apareceu apenas uma pequena empresa de fretamento de São Paulo, de nome Ocimar (BR BUS), que foi desqualificada; a terceira tentativa foi no dia 19 de junho, quando apenas duas empresas se interessaram, a mesma Ocimar/BR BUS e a Ideal do grupo Rovema (as duas da área de fretamento), sendo que esta última foi desqualificada, ficando a pequena BR BUS;

 2)   Consideramos muito estranho o fato que nenhuma empresa do Brasil, da área do transporte coletivo urbano de passageiros, ter se interessado por essa licitação emergencial de quase R$ 30 milhões de reais. Tem algo muito erra nesse processo;

 3)   A preocupação dos funcionários das atuais empresas é saber como uma pequena empresa de fretamento, que nunca atuou no transporte coletivo, vai assumir todo o sistema de Porto Velho?

 4)   O maior temor dos trabalhadores é sobre como ficarão os seus direitos trabalhistas, como a rescisão contratual dos 1.100 funcionários ativos, pois as empresas estão falidas. E a situação dos 120 afastados pelo INSS, como ficará a situação deles quando tiveram alta?

 5)   Além disso nós, diferente da tal BR BUS, conhecemos todas as dificuldades de se operar diariamente o sistema e temos dúvida de que uma empresa que nunca atuou no transporte coletivo urbano de passageiros vá conseguir fazer isso em tão pouco tempo;

 6)   A única coisa que o prefeito fez em dois anos e meio, além das tentativas de mudar o transporte coletivo, foi brigar com as empresas com o objetivo de quebra-las para tirá-las do sistema;

 7)   Dr. Mauro conseguiu quebrar as empresas e está prestes as tirá-las, mas nós funcionários estamos nestas empresas falidas que não terão dinheiro para sequer pagar nossas rescisões. A prefeitura vai assumir os direitos dos trabalhadores?

Diante do exposto nós cobramos das autoridades, ESPECIALMENTE DOS SENHORES VEREADORES, providências para assegurar: a) o pagamento das rescisões de todos os trabalhadores; b) para que os afastados pelo INSS sejam também contratados pela nova empresa quando tiverem alta; c) que os vereadores fiscalizem se estão sendo tomadas todas as medidas e feitas todas as exigências para assegurar que o serviço irá melhorar para a população com essa empresa emergencial; d) que o serviço emergencial não ultrapasse dos 12 meses; e) que na licitação definitiva tenha no mínimo três empresas; e d) que os vereadores realizem uma AUDIÊNCIA PÚBLICA nos próximos 15 dias, convocando e convidando todas as autoridades e partes interessadas.
 

29 de junho de 2015.

COMISSÃO INDEPENDENTE DOS TRABALHORES DO TRANSPORTE COLETIVO DE PORTO VELHO

Mais Sobre Opinião

O bom do silêncio

O bom do silêncio

Bolsonaro disse que não adianta exigir dele a postura de estadista, por que não é estadista.

Meu cargo, minha vida

Meu cargo, minha vida

Bolsonaro se revelou um profundo conhecedor da natureza humana

Cada quadrado no seu quadrado

Cada quadrado no seu quadrado

Os argentinos são como são. E não querem nem aceitam conselhos.

Feliz dia de quem matou os pais!

Feliz dia de quem matou os pais!

Dia em que Suzane von Richthofen e Alexandre Nardoni estão de férias da prisão.