Porto Velho (RO) segunda-feira, 19 de agosto de 2019
×
Gente de Opinião

Opinião

Bodas de pérola – Meus 30 anos de Rondônia


Por José Carlos Sá

Gente de Opinião

Há 30 anos eu desembarcava no aeroporto Belmont, para ficar 15 dias. Na porta do avião recebi como boas vindas o hálito úmido e quente da floresta amazônica misturado com os vapores das águas do rio Madeira.

Aqui fiquei e criei raízes profundas. Ameacei ir embora duas vezes, mas desisti pois aqui é o meu lugar. Porto Velho me escolheu, me acolheu e reserva para mim um lote de terra modesto, com as dimensões um metro de largura por dois metros de comprimento e 1,50m de profundidade, no final da estrada de Santo Antônio, “às esquerda”.

Agradeço a todos – não vou enumerá-los para não cometer a injustiça do esquecimento – que de uma forma ou de outra colaboraram para que eu chegasse e estivesse aqui.

À Marcela Ximenes meu agradecimento especial e o meu amor.

Fonte: Blog Banzeiros

 

Mais Sobre Opinião

Meu cargo, minha vida

Meu cargo, minha vida

Bolsonaro se revelou um profundo conhecedor da natureza humana

Cada quadrado no seu quadrado

Cada quadrado no seu quadrado

Os argentinos são como são. E não querem nem aceitam conselhos.

Feliz dia de quem matou os pais!

Feliz dia de quem matou os pais!

Dia em que Suzane von Richthofen e Alexandre Nardoni estão de férias da prisão.

Brasil,  192 anos dos Cursos  Jurídicos  Salve o dia 11 de agosto, dia dos advogados

Brasil, 192 anos dos Cursos Jurídicos Salve o dia 11 de agosto, dia dos advogados

O Brasil, último país a acabar com a escravidão tem uma perversidade intrínseca na sua herança, que torna a nossa classe dominante enferma de desigual