Porto Velho (RO) domingo, 29 de novembro de 2020
×
Gente de Opinião

Opinião

Beto do IPAM está no Papo News desta semana


O professor de História João Herberty Peixoto dos Reis, diretor presidente do IPAM - Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores do Município de Porto Velho é o entrevistado do Papo News desta semana.Beto do IPAM está no Papo News desta semana - Gente de Opinião

Nascido em Humaitá, no Amazonas, filho caçula de uma numerosa família de sete irmãos vivos, sendo cinco mulheres e dois homens, Beto, como é mais conhecido, relembra no programa a origem humilde de sua família. Seu pai, Luís Cipriano dos Reis, já falecido, trabalhou como seringueiro e vigilante, e era natural da localidade de Namor, no baixo Madeira. “Quando namorava com minha mãe, ele remava por cinco horas para chegar na localidade de Três Casas, onde ela morava. Meu pai foi um dos pioneiros que trabalharam na linha de frente quando abriu-se a picada da estrada Porto Velho/Manaus”, recorda.

Sua mãe, Creuza Peixoto dos Reis, ainda reside em Humaitá. De dona de casa se tornou revendedora Avon para ajudar na renda familiar.

Beto veio para Porto velho em fevereiro de 1995 para buscar uma vaga na Universidade Federal de Rondônia. “Foi com o coração partido que deixei meus pais sozinhos em Humaitá”. Mas meus objetivos foram alcançados quando passei no vestibular da UNIR em 2007. Logo depois passei nos concursos para professor do estado, em 2007, e do município de Porto Velho, em 2009”, relembra.

Casando com Dayane Modesto de Brito, Beto tem 4 filhos: Iacy, Iasmim, Cauã e Letícia.

Em sua vida profissional destaca-se a participação na alfabetização de agricultores na linha 51 do Candeias do Jamari, sua experiência com educação infantil onde trabalhou com 25 crianças de 3 anos e sua eleição como diretor da Escola Castelo Branco onde aprendeu os fundamentos práticos da administração pública.

Militante político do Partido dos Trabalhadores trabalhou na coordenação das campanhas de Roberto Sobrinho para vereador em 1996, de Mauro Nazif para prefeito em 2000, e de Roberto Sobrinho para prefeito em 2004 e pra reeleição em 2008.

Pós graduado em Administração pública na Faculdade São Lucas, Beto se sente orgulhoso pelo trabalho que realiza à frente do IPAM, juntamente com sua equipe: “O Ipam representou um dos maiores aprendizados que eu já tive na minha vida, pois completou minha formação administrativa e me deu a oportunidade de trabalhar com uma equipe que reergueu aquele instituto, consolidando a previdência e assegurando a assistência médica aos seus segurados”, finalizou.

A entrevista vai ao nesta sexta-feira, às 11:00 horas na Record News, canal 58, e no sábado, às 12:30 horas, na TV Candelária, canal 11, com transmissão via satélite para todo o estado. Apoio cultural da Santo Antônio Energia.

Fonte: Sérgio Pires

 

Mais Sobre Opinião

A cidade foi a grande ausente no debate

A cidade foi a grande ausente no debate

Se o Ibope estiver certo em sua aferição, o prefeito Hildon Chaves (PSDB) vai permanecer por mais quatro anos no comando do município de Porto Velho

Hildon Chaves deverá vencer as eleições muito facilmente, se a Cristiane não se reposicionar junto aos eleitores

Hildon Chaves deverá vencer as eleições muito facilmente, se a Cristiane não se reposicionar junto aos eleitores

Até o momento, ao que tudo indica, parece que a definição sobre quem será o próximo prefeito ou prefeita de Porto Velho é “favas contadas”. O atual

Respeito a decisão do Vinícius, mas não concordo

Respeito a decisão do Vinícius, mas não concordo

Recebi de um amigo um vídeo em que o candidato à prefeitura de Porto Velho, Vinicius Miguel - em quem votei no primeiro turno da eleição de domingo (1

Os náufragos de 2020

Os náufragos de 2020

Não foi apenas o presidente Jair Bolsonaro que saiu perdendo nas eleições municipais de 2020. A esquerda foi massacrada nas urnas. Exemplo disso é o