Porto Velho (RO) terça-feira, 20 de agosto de 2019
×
Gente de Opinião

Opinião

Artigo: A Crise e o Mercado de Veículos Semi Novos


 
Durante o segundo semestre de 2008 o País passa a viver no setor de veículos semi – novos momentos difíceis.

Alguns fatores como a crise financeira no exterior e o alto índice de inadimplência nos financiamentos de veículos, fez com que os bancos passassem a selecionar criteriosamente os seus clientes, com isso a oferta de liberação de crédito decresceu e conseqüentemente o número de vendas, realmente está mais difícil para os lojistas sobreviverem, pois com as vendas em baixa e a falta de liberação de crédito muitos estão fechando as portas.

O governo federal ainda liberou neste ano de 2009 uma linha de crédito para financiar capital de giro para as empresas de comercio e varejo de carros usados , mas tudo isso é em vão pois o grande problema está relacionado as taxas de financiamentos que variam de 1.89 % a.m até 3.80 % a.m ,estas variando conforme ano e modelo do veículo.

Outro fator que contribui é que os bancos atualmente solicitam em média 20% de entrada, e grande parte dos consumidores não possuem esta entrada, apelando para o financiamento total do bem, com isso os logistas foram forçados a diminuir o preços dos veículos de 10% à 15% em média do que era vendido no primeiro semestre de 2008, conseqüentemente isso favoreceu para aqueles que estão comprando à vista, mas desfavoreceu a grande maioria dos clientes que possuem carro na troca por um outro veículo, pois a desvalorização do carro do cliente passa a ser um pouco maior que a do lojista pois o mesmo precisa obter lucro na compra, muitos clientes estão se ofendendo com as ofertas que os lojistas estão fazendo em seus veículos semi-novos mas infelizmente é a realidade do mercado pois o veículo já deixou de ser um bem de investimento.

Edir Rocha é Zootecnista,Acadêmico de Administração de Empresas e Vendedor de Automóveis (Rommer Multimarcas - SP)

 

Mais Sobre Opinião

Meu cargo, minha vida

Meu cargo, minha vida

Bolsonaro se revelou um profundo conhecedor da natureza humana

Cada quadrado no seu quadrado

Cada quadrado no seu quadrado

Os argentinos são como são. E não querem nem aceitam conselhos.

Feliz dia de quem matou os pais!

Feliz dia de quem matou os pais!

Dia em que Suzane von Richthofen e Alexandre Nardoni estão de férias da prisão.

Brasil,  192 anos dos Cursos  Jurídicos  Salve o dia 11 de agosto, dia dos advogados

Brasil, 192 anos dos Cursos Jurídicos Salve o dia 11 de agosto, dia dos advogados

O Brasil, último país a acabar com a escravidão tem uma perversidade intrínseca na sua herança, que torna a nossa classe dominante enferma de desigual