Sexta-feira, 12 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Opinião

A insegurança pública em Rondônia virou caso de polícia


Valdemir Caldas - Gente de Opinião
Valdemir Caldas

A violência social, nos seus múltiplos e difíceis aspectos, mostra-se, hoje, um dos maiores desafios à inteligência e à capacidade dos responsáveis pela segurança pública dos rondonienses. A situação parece ter saído do controle, como um caminhão desgovernado descendo ladeira abaixo. O que tem revelado as páginas da imprensa e os programas especializados no assunto atestam um fato que não diz bem dos nossos costumes, nem colocam em posição confortável as autoridades competentes.

Diariamente, cenas de selvageria se repetem. Recentemente, ao falar sobre a violência em Porto Velho, um apresentador de TV não conseguiu controlar a indignação e cobrou dos responsáveis, em tom veemente, menos discursos e mais ação. No fundo, o apresentador apenas reproduziu o sentimento que domina a maioria da população portovelhense, diante da catástrofe social que assola a capital do estado de Rondônia.

A sociedade perdeu, por inteiro, a paz, dentro e, principalmente, fora de casa. Andar pelas ruas da cidade, a partir das vinte horas, virou uma aventura arriscada. Não se sabe se o retorno está garantido. A pergunta que a população faz é: Onde estão e o que estão fazendo as nossas autoridades que se não compadecem com o sofrimento do povo? Chega de desculpadas esfarrapadas que em nada ajudam a reduzir os elevadíssimos índices de criminalidade.

Alguma coisa precisa ser feita. Impossível conviver com tanta violência. A insegurança pública em Rondônia virou caso de polícia.  E não somente de polícia, mas, também, de justiça, de ausência de disciplina e, principalmente, de temor ao Criador. Deus é o grande ausente na maioria dos lares. Enquanto muitos só pensam em seus próprios e mesquinhos interesses, a criminalidade vai espalhando seus tentáculos. 

Gente de OpiniãoSexta-feira, 12 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

O aumento da corrupção no país: Brasil, que país é este?

O aumento da corrupção no país: Brasil, que país é este?

Recentemente, a revista The Economist, talvez a mais importante publicação sobre a economia do mundo, mostrou, um retrato vergonhoso para o Brasil n

Espero que não aconteça com a doutora Euma o mesmo que aconteceu com o doutor Walter

Espero que não aconteça com a doutora Euma o mesmo que aconteceu com o doutor Walter

Experiente, lúcida, dotada de extraordinária capacidade intelectual e de uma visão aquilina dos assuntos pertinentes à sua cidade, Euma Tourinho pod

Só boas intenções não ajudam a resolver os problemas crônicos do estado

Só boas intenções não ajudam a resolver os problemas crônicos do estado

Longe de mim duvidar das boas intenções do governador Marcos Rocha para tentar colocar o estado de Rondônia nos eixos, mas todo mundo sabe que isso

Por que Porto Velho sempre aparece no ranking das piores cidades na prestação de serviços públicos?

Por que Porto Velho sempre aparece no ranking das piores cidades na prestação de serviços públicos?

A gratidão é uma das qualidades mais belas do ser humano. Devemos ser gratos, primeiramente, e sempre, ao Senhor Deus em todas as coisas, e não some

Gente de Opinião Sexta-feira, 12 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)