Segunda-feira, 26 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Leo Ladeia

Politica & Murupi - Artur Lira, o dono da bola, o juiz do jogo e o homem do var


Politica & Murupi - Artur Lira, o dono da bola, o juiz do jogo e o homem do var - Gente de Opinião
Politica & Murupi - Artur Lira, o dono da bola, o juiz do jogo e o homem do var - Gente de Opinião

Em primeiro lugar é bom nos lembrarmos que apesar da aparente força demonstrada pelo STF nesses últimos anos o STF é só uma parte, talvez a mais relevante ou mais visível do Poder Judiciário, mas é o Poder Legislativo o mais importante da república brasileira. O Poder Legislativo é o primeiro elo do cidadão com a república, fonte originária do poder que emana do povo. O Poder Legislativo – a Câmara Federal dos Deputados junto com o Senado Federal – câmara revisora - formam o Congresso Nacional que dá posse aos presidentes dos outros poderes, cria ou altera a Constituição Federal e organiza com base em estudos do Executivo o Orçamento Nacional, dentre várias outras atividades. A composição do Poder Judiciário que não disputa eleição popular, se dá pela aprovação de nomes pelo Poder Legislativo que repito é a manifestação do povo que se dá por seus representantes escolhidos pelo voto. Tendeu? E essa cantilena aí é introito para uma reflexão sobre os dias obscuros e obscurantistas de hoje no páis.

A vida não está nem um pouco fácil para o presidente Lula. Depois de ter vencido a eleição com pouca margem de votos, descobriu que sua sonhada Câmara Federal era um pesadelo em termos de ideologia bolsonarista de direita e descobriu que Artur Lira, o organizador das pautas da Câmara, era um osso de bode velho, duro de roer e que além de tudo é o dono do curral chamado “CENTRÃO”. Para quem deu as cartas nos períodos anteriores - Lula 1 e Lula 2 - com o PT e puxadinhos tirando a água da canoa, Lira seria fichinha, mas foi um ledo engano. Lira tem a coragem de Eduardo Cunha e a desfaçatez de Rodrigo Maia, para citar os mais recentes presidentes da Casa e cresceu muito irrigando a horta do Centrão com as torneiras abertas por Bolsonaro. E foi aí que Lula deu de cara com a porteira com o cadeado e chave na mão do Lira de Alagoas, cabra da peste, passado na casca do alho e um dos poucos a dar um chega petardo em Renan Calheiros. Aí Zé de Nana entendido nas muitas virtudes e vicissitudes alagoanas perguntou e respondeu: “Léo, quem ganha de Renan vai empatar com quem? Nem com Lula mermão!”

Lira comanda o Progressistas um partido cujo nome é um paradoxo e mais alguns bitrens cheios da fina flor da baixa canalha política, exemplo pronto e acabado da política fisiológica dos coronéis proprietários ou mandatários de partidos, ávidos por uma gorda teta. Advogado por formação e político por tradição familiar, conhece até os ácaros do Congresso Nacional por nome e sobrenome. Assovia e chupa cana ao mesmo tempo e sabe quantos joules são precisos para vencer um cabo de guerra com o governo. Depois de brincar de freios e contrapesos com o presidente – disso ele entende – resolveu cobrar a fatura. O governo abriu a mercearia e deu dois mini-ministérios e mandou Lira ficar quieto e com o troco. O troco, porém, veio do Lira. Bom de papo ele pegou tudo, ajudou com os votos da Reforma tributária e voltou à mercearia pedindo mais. Sem margem para negociar a tendência é que Lula abra mais espaço para o dono da bola. Aliás, chamar Artur Lira de dono da bola é menosprezar o seu poder. Ele é o dono da bola, o juiz de campo e juiz do VAR. Com um poder de fogo desses Lula só tem um caminho: “ou dá ou desce”. E mais Lira aos poucos vem dobrando Sêo Pacheco do Senado. Seguindo o líder, o “capacho”, ainda que timidamente cutuca o STF depois que percebeu que a vaga para substituir Dona Weber não é sua. Sifu!     

               

2-O ÚLTIMO PINGO

Politica & Murupi - Artur Lira, o dono da bola, o juiz do jogo e o homem do var - Gente de Opinião

Domingo de sol forte em Porto Velho e de um lado poucos turistas se arriscam nas pinguelas de madeira feitas por marinheiros mareados para dar uma volta no barquinho e ver os botos e o por do sol no Rio Madeira, numa descida pelo barro – se chover ninguém sai do lugar - sem iluminação ou algo que lembre acessibilidade. Do outro lado os malabaristas da cabeça feita e pescoço duro dançando o Balé dos Miseráveis carregando o feijão, açucar, caixas de óleo e o que mais pintar para serem alocados nos barcos para o Baixo Madeira. Na foto ao fundo, mais inútil que sino de igreja sem badalo, o quebrado e abandonado tristemente famoso Terminal Hidroviário do Cai N’Água, porcaria de projeto malfeito fabricado em Manaus e que ssomente o Dnit de Manaus – outra porcaria sem sentido – pode consertar. Ô vida de gado essa nossa! Tempos estranhos Como pregava a UNE lá pelo anos 70 na Bahia, “Contra o medo, contra o tédio e contra o bode! Ou nós se UNE ou nós se Phode! 

[email protected]

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Gente de OpiniãoSegunda-feira, 26 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Politica & Murupi  - O Brasil a caminho do caos

Politica & Murupi - O Brasil a caminho do caos

1-De forma escancarada o jornal O Estadão publica nesta sexta feira a intenção de revelar os caminhos que estão sendo seguidos pelas duas maiores or

Politica & Murupi - Falta de conhecimento histórico, burrice ou simples estupidez?

Politica & Murupi - Falta de conhecimento histórico, burrice ou simples estupidez?

1-A mais visível, mais conhecida e até pela proximidade temporal, afinal os efeitos da II Guerra Mundial ainda são sentidos nos dias atuais, é o Hol

Politica & Murupi - Ressaca de cinzas e o futuro pegando fogo

Politica & Murupi - Ressaca de cinzas e o futuro pegando fogo

1-Evoê Baco! Fim de papo, acabou o carnaval, o Brasil como faz todos os anos vai tentar sair da letargia dos primeiros meses e se Deus quiser, se os

Politica & Murupi - O Brasil está feio na foto

Politica & Murupi - O Brasil está feio na foto

1-Vamos deixar combinado que Sêo Tófole passou do ponto na curva e espatifou sua mobilete no muro da vergonha, atropelando decoro, bom senso, leis e

Gente de Opinião Segunda-feira, 26 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)