Porto Velho (RO) quinta-feira, 28 de outubro de 2021
×
Gente de Opinião

Gás

Palestrantes pedem Gasoduto Urucu-Porto Velho


Durante seminário internacional, participantes exigiram que obra fosse prioridade para o Governo Federal

BRASÍLIA - Representantes da Universidade de São Paulo (USP), Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Federação das Indústrias do Estado de Rondônia (Fiero), instituições de ensino, associações, empresários, parlamentares e estudantes pedem a construção do Gasoduto Urucu-Porto Velho. A reivindicação aconteceu na sexta-feira (30), durante Seminário Internacional de Sustentabilidade e Integração Latino Americana, em Rondônia.

Para os participantes, é preciso que as políticas públicas para questão ambiental, leve em consideração as peculiaridades locais e os níveis de demanda de energia necessária ao suporte do desenvolvimento no Estado. "Todos têm de entender que a construção do gasoduto vai ajudar na redução dos níveis de emissão de gases devido à queima de óleo diesel", disse o presidente da União Estadual Estudantil (UEE), Dabson Bueno.

A questão em debate durante o evento focou a exigência em priorizar o gasoduto Urucu-Porto Velho entre os demais empreendimentos que estão no Plano de Aceleração do Crescimento (PAC). Para o deputado federal Moreira Mendes (PPS-RO), a região Norte está em fase de desenvolvimento e lutando para que os investimentos em infra-estrutura sejam concluídos. "Vamos continuar reivindicando em favor do gasoduto".

Há meses o movimento estudantil rondoniense organiza reuniões e debates sobre a importância de receber uma obra que traga melhoria para o desenvolvimento econômico e de infra-estrutura para o Estado. Desde que criaram o comitê de apoio à obra, o "Gasoduto Já!", há dois meses, os estudantes vêm conseguindo mobilizar toda comunidade a aderirem à causa e lutar junto pelo mesmo objetivo.

Segundo o presidente da União Estadual Rondoniense dos Estudantes Secundaristas (UERES), Israel Trindade, o seminário ajudou a expandir internacionalmente que a construção do empreendimento compensará não apenas empresários, mas garantirá ainda que os jovens possam acreditar sempre que há uma luz no fim do túnel. "Nosso trabalho é não desistir do nosso futuro. Estamos sempre em busca de melhores oportunidades de crescimento".

PARLAMENTARES - A presente participação da bancada federal na busca de recursos que garantam a construção do Gasoduto Urucu-Porto Velho, tem fortalecido as reivindicações estudantis. O líder do PMDB no Senado, Valdir Raupp, declarou durante coletiva à imprensa, que a obra é importante sim e que de uma forma ou de outra sairá do papel. "Lutarei até o fim pela conclusão do empreendimento", disse.

Na mesma linha de pensamento de Raupp, o deputado Eduardo Valverde (PT-RO) propôs uma audiência pública na Câmara dos Deputados para debaterem as questões que estão impedindo a liberação da obra. "O objetivo é possibilitar discussões que nos ajudem a entender os motivos que tem levado o Governo Federal a não aprovar o início do empreendimento", disse.

Fonte: Ascom

Mais Sobre Gás

Dilma confirma Ponte em G.Mirim, mas nega gasoduto Manaus/Porto Velho

Dilma confirma Ponte em G.Mirim, mas nega gasoduto Manaus/Porto Velho

Senador RAUPP marcou a audiência com a Presidenta Dilma. Eu que pensei que seria uma audiência entre nós mesmos. Não! Vários Ministros: Fernando Hadad

Senador Raupp defende construção de gasoduto

Senador Raupp defende construção de gasoduto

Em pronunciamento ontem, terça-feira (19), o senador Valdir Raupp (PMDB-RO) defendeu investimentos em infraestrutura como forma de evitar o desperdíci

Sindicatos contra o aumento das passagens

Em Cochabamba, os sindicatos são contra o aumento das tarifas, da mesma forma, a Central Operária, que anunciou total rejeição ao aumento da tarifa do

Desperdício de gás natural caiu 33,7%,segundo ANP

  Rio de Janeiro – A queima de gás natural nas plataformas de extração em outubro foi 33,7% menor do a registrada em outubro do ano passado, segundo i