Porto Velho (RO) sábado, 8 de agosto de 2020
×
Gente de Opinião

Gás

GASODUTO: Estudantes cobram posição do governo


Movimentos preparam abaixo-assinado para ser entregue à ministra Dilma Roussef

O movimento estudantil rondoniense colherá assinaturas de representantes das instituições de ensino, associações comunitárias e empresas em favor do Gasoduto Urucu-Porto Velho entre os dias 26 e 27. O objetivo é juntar o maior número de pessoas que apóiam o empreendimento e entregar o documento durante evento que acontecerá no final desta semana, em Porto Velho. O Simpósio Estadual Amazônia e Desenvolvimento Nacional acontecerá na Universidade Luterana do Brasil (Ulbra) e contará com a presença da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff.

Durante o encontro representantes da União Estadual dos Estudantes (UEE) e União Estadual Rondoniense dos Estudantes Secundaristas (UERES) entregarão a ministra o documento no qual será questionado sua indiferença com a obra. O presidente da Ueres, Israel Trindade, afirmou que a sociedade rondoniense precisa de uma resposta para as afirmações da ministra. "Por que ela diz que não é viável? Por que não tem gás em Urucu? Já está mais que provado que é possível receber a obra. Queremos uma resposta", disse.

Para o presidente da UEE, Dabson Bueno, o objetivo do abaixo-assinado é dizer que a sociedade precisa do gás natural existente na Bacia Petrolífera de Urucu e aguardam uma posição do Governo Federal para liberar a obra. "Há vontade política por parte dos parlamentares, mas o Governo Federal até o momento não resolveu nada", afirmou.

O líder do PMDB no senado, Valdir Raupp coordenará o painel de energia onde serão debatidas as questões sobre gasodutos e hidrelétricas. Para o senador, é importante que toda sociedade esteja ciente dos benefícios das obras para o Estado e até mesmo para a economia do País. Segundo ele, todos os manifestos da sociedade ajudam para que o Governo Federal entenda a importância da obra para a população de Rondônia. "A região norte está numa fase de crescimento de consumo de energia elétrica anual no percentual de 8,5%, bem acima da média do país que gira em torno de 5%. A licença ambiental já foi concedida para a obra do gasoduto e espera-se que o governo federal dê início as obras", explicou Raupp.

O evento conta com o apoio da Assembléia Legislativa de Rondônia, Governo do Estado, Câmara Municipal de Porto Velho, Prefeitura Municipal de Porto Velho, parlamentares federais da bancada do Estado.

Fonte: Ascom

Mais Sobre Gás

Dilma confirma Ponte em G.Mirim, mas nega gasoduto Manaus/Porto Velho

Dilma confirma Ponte em G.Mirim, mas nega gasoduto Manaus/Porto Velho

Senador RAUPP marcou a audiência com a Presidenta Dilma. Eu que pensei que seria uma audiência entre nós mesmos. Não! Vários Ministros: Fernando Hadad

Senador Raupp defende construção de gasoduto

Senador Raupp defende construção de gasoduto

Em pronunciamento ontem, terça-feira (19), o senador Valdir Raupp (PMDB-RO) defendeu investimentos em infraestrutura como forma de evitar o desperdíci

Sindicatos contra o aumento das passagens

Em Cochabamba, os sindicatos são contra o aumento das tarifas, da mesma forma, a Central Operária, que anunciou total rejeição ao aumento da tarifa do

Desperdício de gás natural caiu 33,7%,segundo ANP

  Rio de Janeiro – A queima de gás natural nas plataformas de extração em outubro foi 33,7% menor do a registrada em outubro do ano passado, segundo i