Porto Velho (RO) sábado, 8 de agosto de 2020
×
Gente de Opinião

Gás

GÁS: Comissão discutirá planejamento da Petrobras


A Comissão de Minas e Energia vai discutir nesta quarta-feira (28) a estratégia e o plano de negócios da Petrobras no setor de gás e energia para os próximos quatro anos. A audiência, que será realizada com a diretora de gás e energia da Petrobras, Maria das Graças Foster, foi pedida pelo presidente da comissão, deputado José Otávio Germano (PP-RS), e pelo deputado Arnaldo Jardim (PPS-SP).

O pedido dos deputados foi motivado pelo racionamento de gás imposto pela Petrobras, no início deste mês, no Rio de Janeiro e em São Paulo. Arnaldo Jardim alertou sobre o descompasso entre a produção de gás e a demanda pelo combustível no País. Para ele, o anúncio da descoberta do maior campo de petróleo do Brasil, na Bacia de Santos, traz novos elementos para a audiência pública. "O descobrimento do grande Campo de Tupi exige planejamento e um cronograma muito preciso para que possamos aproveitar esse bom momento."

Auto-suficiência

O deputado lembra que a exploração do novo campo será complexa e só estará em pleno funcionamento daqui a 11 anos. Arnaldo Jardim acredita que, com a descoberta, haverá auto-suficiência de petróleo, mas destacou que o potencial da jazida ainda não garante ao Brasil auto-suficiência na produção de gás. "Do ponto de vista do gás, ainda não temos elementos para declarar isso [a auto-suficiência] porque o potencial desse poço ainda não está perfeitamente identificado. O gás sempre surge associado ao petróleo, mas não sabemos ainda em que proporção."

O deputado lembra que atualmente o consumo médio no Brasil está em torno de 42 a 44 milhões de metros cúbicos por dia, e mais da metade (24 milhões) é importada da Bolívia. "Enquanto está crescendo o consumo de gás, temos mais termelétricas entrando em funcionamento. A autonomia do gás natural é mais difícil e acho que essa descoberta não resolve totalmente esse problema."

Maior jazida

O Campo de Tupi, descoberto pela Petrobras, é a maior jazida de petróleo do Brasil, com reservas estimadas entre 5 e 8 bilhões de barris. O campo está localizado em área ultraprofunda na Bacia de Santos, a uma profundidade de cerca de 6 mil metros. A jazida responderá sozinha por um aumento de mais de 50% nas reservas brasileiras, estimadas em 14,4 bilhões de barris. A previsão, no entanto, é de que só comece a produzir a partir de 2013. Na avaliação do governo, o potencial do campo Tupi pode transformar o Brasil num país exportador de petróleo.

Fonte: Agência Câmara

 

Mais Sobre Gás

Dilma confirma Ponte em G.Mirim, mas nega gasoduto Manaus/Porto Velho

Dilma confirma Ponte em G.Mirim, mas nega gasoduto Manaus/Porto Velho

Senador RAUPP marcou a audiência com a Presidenta Dilma. Eu que pensei que seria uma audiência entre nós mesmos. Não! Vários Ministros: Fernando Hadad

Senador Raupp defende construção de gasoduto

Senador Raupp defende construção de gasoduto

Em pronunciamento ontem, terça-feira (19), o senador Valdir Raupp (PMDB-RO) defendeu investimentos em infraestrutura como forma de evitar o desperdíci

Sindicatos contra o aumento das passagens

Em Cochabamba, os sindicatos são contra o aumento das tarifas, da mesma forma, a Central Operária, que anunciou total rejeição ao aumento da tarifa do

Desperdício de gás natural caiu 33,7%,segundo ANP

  Rio de Janeiro – A queima de gás natural nas plataformas de extração em outubro foi 33,7% menor do a registrada em outubro do ano passado, segundo i