Porto Velho (RO) segunda-feira, 18 de outubro de 2021
×
Gente de Opinião

Gás

FIERO: 'Agora, o gasoduto'


Nesta quinta-feira será realizada reunião em Brasília para debater sobre gasoduto. Um dia após se conhecer o consórcio que vai construir a usina hidrelétrica de Santo Antônio, o Sistema Indústria, por meio do Senai, formou a primeira turma de 112 alunos dos cursos de panificação e mecânico de manutenção industrial. Qualificados para atuar no restaurante e no canteiro de obras das usinas, os alunos foram formados pelo Plano Setorial de Qualificação (Planseq) - Projeto Madeira, uma iniciativa da Prefeitura Municipal de Porto Velho em parceria com o Senai. 

Quatorze turmas já foram formadas em outras áreas e mais cinco se formam no dia 15, somando 21 turmas nesta primeira fase do programa, totalizando cerca de 1.100 alunos. O Plano retoma os cursos em fevereiro, e vai formar cerca de 4 mil alunos no total. “Preparar mão-de-obra qualificada para atuar no canteiro de obras é uma das principais atribuições do Sistema Indústria. A qualificação é, ao mesmo tempo, uma exigência das empresas construtoras e uma especialidade do nosso braço de educação técnica, o Senai”, observa o presidente do Sistema Indústria, Euzébio Guareschi.  

Ele recomenda ao empresariado local - industrial e comercial - que se prepare efetivamente a partir de hoje para as mudanças que se aproximam. “O Sistema Indústria vem se esforçando e vai continuar à frente para trazer o maior benefício e maior ganho para a população de Porto Velho e do estado”, continua Guareschi. FIERO: 'Agora, o gasoduto' - Gente de Opinião

Gasoduto

Concluída a etapa da licitação e escolha do consórcio que construirá as usinas, o Sistema Indústria partirá para outra batalha. Vai lutar para manter a sociedade mobilizada, principalmente os políticos e governos estadual e municipal, para cobrar a construção do gasoduto de Urucu a Porto Velho. 

Para Euzébio, o setor produtivo não vai aceitar a argumentação de que Rondônia terá auto-suficiência de energia necessária para atrair empreendedores industriais. “A discussão não é em torno do abastecimento de energia, mas sim, da disponibilização do gás natural, que nos permitirá diversificar nossa base industrial, a partir de uma nova matriz energética”, afirma. 

Segundo ele, as obras das usinas são passageiras e “se algo não for feito para absorver a mão-de-obra ociosa, poderemos ter uma nova ‘ressaca’ como a do garimpo, que resultou em fortes impactos sociais, criação de bolsões de miséria e explosão da violência, com tudo de ruim que acarreta, como aumento do tráfico e consumo de drogas, prostituição, assaltos, mortes, etc”.

Reunião 

Quinta-feira (13) será realizada uma reunião com membros do Grupo de Trabalho do Ministério de Minas e Energia responsável pelo estudo que apontará a viabilidade ou não do gasoduto. Por enquanto, diz-se, o parecer do grupo é contrário à construção do gasoduto por inviabilidade econômica. O Sistema Indústria também criou um Grupo de Trabalho que aponta no sentido contrário. A reunião será às 10h, no MME em Brasília. 

O estudo do MME centrou apenas na questão do fornecimento de gás para a geração de energia térmica pela Termonorte. Já o GT do Sistema Indústria, ampliou as possibilidades de uso do gás, como matéria-prima para a implantação de um pólo petroquímico, onde se poderia produzir fertilizantes, plásticos e polímeros, tintas, enfim, marcaria uma nova fase para a base industrial rondoniense, com ampla diversificação, além, é claro, do uso veicular. 

A reunião de quinta-feira (13) será uma preparatória para a vinda do ministro Nelson Hubner a Porto Velho, onde vai debater com o setor produtivo local sobre a obra, provavelmente já na próxima semana.

Fonte: FIERO

Mais Sobre Gás

Dilma confirma Ponte em G.Mirim, mas nega gasoduto Manaus/Porto Velho

Dilma confirma Ponte em G.Mirim, mas nega gasoduto Manaus/Porto Velho

Senador RAUPP marcou a audiência com a Presidenta Dilma. Eu que pensei que seria uma audiência entre nós mesmos. Não! Vários Ministros: Fernando Hadad

Senador Raupp defende construção de gasoduto

Senador Raupp defende construção de gasoduto

Em pronunciamento ontem, terça-feira (19), o senador Valdir Raupp (PMDB-RO) defendeu investimentos em infraestrutura como forma de evitar o desperdíci

Sindicatos contra o aumento das passagens

Em Cochabamba, os sindicatos são contra o aumento das tarifas, da mesma forma, a Central Operária, que anunciou total rejeição ao aumento da tarifa do

Desperdício de gás natural caiu 33,7%,segundo ANP

  Rio de Janeiro – A queima de gás natural nas plataformas de extração em outubro foi 33,7% menor do a registrada em outubro do ano passado, segundo i