Porto Velho (RO) segunda-feira, 20 de setembro de 2021
×
Gente de Opinião

Léo Ladeia

Um passo atrás, avante


FRASE DE HOJE:

"A minha defesa será feita por escrito e lida pelo meu advogado"Dilma Roussef via twitter.

1-Jogo catimbado I

Na quadra atual em que o “ativismo jurídico-social” aceita o vazamento de partes de processos, que magistrados opinem fora dos autos sobre casos e não só temas, que serão por eles julgados ou que o natural, desejável e necessário instituto da declaração de incompetência do juiz venha sendo sistematicamente esquecido, não causa espanto as trombadas entre STF e juízes de 1ª instância, a grita contra a decisão do Dr Dias Tofoli de liberar o Dr Paulo Bernardo e o silêncio do Ministro Celso de Melo após abdicar da relatoria do caso Paulo Bernardo/Gleisi. Lamentável.

02-Jogo catimbado II

É que quando tudo isso começa a acontecer simultânea e sucessivamente dá o que pensar, ou como diz o Zé de Nana “fede a carbureto”. Não devo face à minha formação legalista duvidar do ordenamento do estado de direito constitucional, mas devo como todo cidadão, manifestar meu inconformismo se algo arranha tal ordenamento. Seja o arranhão causado por ladrão de galinha, marido violento ou algum magistrado. E bem mais caso tenha assento na corte maior. Smj!

03-Jogo catimbado III

“Alguma coisa está fora da ordem”, diria o filho da dona Canô. Lula teria tentado dar um “libera” para Cerveró – réu da Lava Jato que corre em Curitiba – mas o processo ficará em Brasília, por ordem da justiça. O delegado Flores da PF, o que ouviu Lula sobre o sitio e o tríplex em Guarujá acaba de ser transferido. Seu colega também da Lava Jato, Eduardo Mauat saiu da equipe. Claro que tudo isto deve ser republicano e normal e que virão as explicações o desmentido. O diabo é que minha paranoia voltou. Vejo desmontes e avalanches em plena luz do dia. É apocalíptico...

04-Jogo catimbado IV

“Até aqui a Lava Jato nem chega perto do Judiciário, mas vai que “dezulivre” pinte o “cruzcredo, sassinhora, ximaria”, delator como o dedão apontando um “capa”? Como é que vamos ficar? Pois: “O presidente do STJ, ministro Francisco Falcão, pediu o direito de gozar férias acumuladas nos últimos dois anos e deverá ficar 79 dias afastado do trabalho logo na primeira semana de setembro, quando termina seu mandato.”, diz o Claudio Humberto. “Falcão foi citado pelo ex-senador Delcídio Amaral e teria feito um acordo com Dilma para salvar investigados.” De novo acho que não tem nada, mas  vou eu me entupir de tarja preta. Maldita paranoia. Ai Jesus.

05-Hora de votar I

Não sou filiado a partidos, nem candidato a nada. Sou contra a reeleição em todos os níveis. Não voto em quem está no exercício de algum cargo eletivo.  Não voto em quem deixou o cargo para o qual foi eleito e assumiu cargo executivo. Sou pela renovação política constante. Sei que tais pré-requisitos reduzem as opções, mas ajudam na análise de novas propostas além de afastar o político que cumpriu integralmente seu mandato e que deve seguir em busca de novos cargos com a experiência adquirida. Não voto branco ou nulo. É fácil conquistar meu voto. Vai nessa?  

06-Hora de votar II

Com base no que expus no item anterior, advogo a renovação do quadro municipal do executivo à Câmara de Vereadores. Aliás, mesmo sem os pré-requisitos a pregação seria igual. O conjunto da obra é ruim. O nível de aprovação do prefeito Nazif é sofrível e o de atuação dos titulares da Câmara de Vereadores, bem abaixo da média. Mais que hora de votar é hora de incentivar a saída de bons nomes para a disputa, ainda que seja do conhecimento de todos que cada partido tem um dono, cacique, morubixaba, pajé, ou o nome que se dê – que tal presidente? – que irá organizar a fila a seu bel prazer, fazer a “sua” nominata, etc. A política partidária é uma pedreira.

07-Blindagem

É melhor prevenir que remediar e advogados de Lula protocolaram pedido para que o juiz Moro reconheça a suspeição para julgar suas ações penais. Traduzindo: a suspeição ocorre quando um juiz alega falta de imparcialidade. Diz a defesa de Lula que a exceção de suspeição se baseia em vários atos arbitrários do juiz contra Lula desde a Operação "Aletheia" quando Moro impôs que Lula prestasse depoimento em Congonhas, levado sob vara. Seus advogados, explicam que Lula não carecia de condução coercitiva, já que ele não se recusou a atender intimações anteriores. Está certa a defesa. É melhor não arriscar com Sérgio Moro. Vai que algo dê errado e #cráu.

08-Um passo atrás, avante

Às vezes é preciso recuar para avançar com segurança. Foi o que fez o ministro e decano do STF  Celso de Mello ao ignorar a orientação fixada pelo plenário do tribunal e conceder a liminar para suspender a execução de mandado de prisão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais que determinou o cumprimento da pena de um réu antes de esgotadas todas as chances de recurso. Que se discuta novamente o assunto e se revejam intercorrências. Gosto da ideia da prisão após a 2ª condenação, mas gosto muito mais da ideia de redução dos recursos protelatórios.   

09-Minha obra, minha vida

Sem, obras como fazer uma eleição que vai mexer com os 5.570 municípios do Brasil? Há que se abrir conversa, canteiros, obras, empreiteiras, a mão benfazeja, a teta gorda - ou nem tão gorda, mas teta – e tudo sai da Ilha da Fantasia. O presidente Temer recebeu hoje o presidente Renan  Calheiros e um grupo de senadores para tratar da conclusão de obras que estão abandonadas pelo país – Rondônia inclusa. Prego batido, Temer aceitou a proposta e disse que pode mandar terminar as obras que forem passíveis de conclusão com até R$ 500 mil. De acordo com Renan, existem aproximadamente 30 mil obras nestas condições, que somam cerca de R$ 250 milhões em restos a pagar. Pronto está azeitada a eleição. Será um $uce$$o, se me fiz entender.  

10-Tornozeleiras

Zé de Nana sobre a falta de tornozeleira em São Paulo e no Rio: “Xi inventa outra. Né falta não. É conta. Tem ladrão demais da conta, a fábrica não dá conta e o estado não paga a conta”.

[email protected]

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Léo Ladeia

Política & Murupi - De há muito o Brasil carece, torce e pede por uma reforma administrativa

Política & Murupi - De há muito o Brasil carece, torce e pede por uma reforma administrativa

De há muito o Brasil carece, torce e pede por uma reforma administrativa para que o país possa caminhar de preferência dentro do que preceituam as t

Política & Murupi - Amanhã o sete de setembro se anuncia como algo estranho

Política & Murupi - Amanhã o sete de setembro se anuncia como algo estranho

Vivemos tempos estranhos. Sou do tempo em que as escolas públicas e as poucos particulares que existiam preparavam as suas fanfarras e tinham orgulh

Política & Murupi - A Câmara Federal aprovou mudanças no imposto de renda para empresas e pessoas físicas

Política & Murupi - A Câmara Federal aprovou mudanças no imposto de renda para empresas e pessoas físicas

A Câmara Federal aprovou mudanças no imposto de renda para empresas e pessoas físicas e antes mesmo da aprovação pelo Senado as cabas começaram a es

Política & Murupi - A cada canetada e o direito de ir e vir ou de exprimir-se também se vai e a boiada

Política & Murupi - A cada canetada e o direito de ir e vir ou de exprimir-se também se vai e a boiada

Enquanto assistimos as bravatas de alguns detentores de mandatos que são concedidos – acreditem! – pelo povo através do voto livre, ainda que obriga