Porto Velho (RO) segunda-feira, 29 de novembro de 2021
×
Gente de Opinião

Léo Ladeia

Só não peça camisa de graça. Manelão detesta esse papo...


 

Frase:

“Dilma acusa Cerveró, que acusa Dilma. Ambos têm razão!”. Noblat

1-A volta do apagão

Só não peça camisa de graça. Manelão detesta esse papo... - Gente de Opinião

Há cinco dias o doutor ministro da luz elétrica, Eduardo Braga, assegurou: “O que nós podemos garantir é: não há racionamento. Nós temos uma térmica básica suficientemente forte, e nós não tínhamos isso em 2001.” Também não tinha e continua sem ter planejamento, ministro papudo! Pla-ne-ja-men-to!

2-Blindagem

O Palácio do Planalto vai tentar blindar a presidente Dilma Rousseff do noticiário negativo sobre a falta de energia em mais de 10 estados e Distrito Federal. Apagão, nem pensar. A determinação é empurrar as explicações para o Operador Nacional do Sistema. O ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, só fala para confirmar obviedades ditas pelo ONS. Mas apagão, nunca! Jamais!
 

3-Carnaval

Só não peça camisa de graça. Manelão detesta esse papo... - Gente de Opinião

Por um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) está definido: o carnaval de rua de Porto Velho – e tem carnaval em clubes por aqui? – será em áreas específicas do Centro, Zona Leste e Sul. Menos a minha querida, amada, idolatrada, salve, salve, etc. coisa e lousa Banda do Vai Quem Quer, que vai sair sábado, no mesmo bat-percurso, no mesmo bat-horário. Anotaê: a camisa está à venda na sede da Banda, custa só R$ 40,00 e junto vai “digrátis” 1.000 litros de alegria, 1.000 kg de segurança e 10 hectares de asfalto pra você pular feito saci em chapa quente. Só não peça camisa de graça. Manelão detesta esse papo. 

4-Busão

Aumento da passagem, diz Nazif nem pensar. Com a frota cada dia mais caídinha os donos das empresas de ônibus reclamam e com a grana curta estão atrasando pagamentos inclusive aos funcionários, que estão na briga da prefeitura com as empresas da mesma forma que está o camarão na briga da maré com o rochedo. Perdidos um grupo de motoristas e cobradores das empresas de ônibus buscam apoio de sindicatos para receber os seus caraminguás. Se não forem ouvidos, já se pode esperar pela greve e aí, quem vai pagar o pato é o povão que paga por um busão, que para ser ruim precisa melhorar muito.

5-Saco de maldade

Só não peça camisa de graça. Manelão detesta esse papo... - Gente de Opinião

A maquinista imprevidente errou a mão e o trem desembestado esparramou o saco de maldades: juros mais altos para financiar a casa própria, tarifa de embarque, recomposição do IPI, aumento do IOF, aumento de PIS/Cofins, aumento do preço dos combustíveis, volta da Cide, aumento da conta de luz e mudança de IR para prestadores de serviço. Isso deve dar R$ 20 bilhões que juntos aos R$ 20 bilhões cortados do orçamento vão cobrir o rombo de R$ 100 bilhões. E os R$ 60 que faltam? Sem volume morto sobra investimento. Quer que eu desenhe ou você já adivinhou?



 

6-Será que Dilma tucanou?

Só não peça camisa de graça. Manelão detesta esse papo... - Gente de OpiniãoTudo isso aí encarece o crédito e se a Petrobras repassar os custos para as distribuidoras, gasolina e o diesel vão subir. Os tucanos devem estar rindo às bandeiras despregadas pois Dilma II, terá que arrumar a casa que Dilma desarrumou. Se o Aécio tivesse ganho a eleição estaria carregando o fardo. A coisa é tão complexa que há quem afirme que Dilma II tucanou. Difícil engolir essa.



 

7-Vai faltar ventilador

O MP de São Paulo quer compartilhar dados com o MP do Paraná e apurar a atuação de Youssef para identificar as provas de corrupção, malfeitos, desvios ou como prefiro dizer – maracutaia – nas planilhas sobre as obras do Metrô de São Paulo.  O valor global dos contratos que aparecem na planilha e, segundo as investigações, teriam sido intermediados por Youssef, chega a R$ 11 bilhões. “Os valores abrangem uma ampla gama de grandes empreiteiras e períodos, onde se infere que o esquema criminoso vai muito além das obras contratadas pela Petrobrás”, diz a PF. Égua... (*)erda subiu de preço!

8-Transposição

Apenas para repor os pingos nos “ii”, a mãe da PEC da transposição que virou Emenda Constitucional 60 é a senadora Fátima Cleide. Claro que toda vez que o calhambeque da transposição engasga e para um mecânico aparece, dá um jeito, o bicho pega e vai em frente. Nestas horas, como agora, por exemplo, o que pinta de cara de pau envernizada pedindo carona e querendo sentar na janela, não tá no gibi.

9-Falando minha língua

Católico praticante e preocupado com o distanciamento da minha igreja com o mundo, de novo aplaudo o pensamento moderno, inteligente e inclusivo do Papa Francisco. Falar sobre o planejamento familiar é um discurso importante para o mundo atual. Ainda que excluída a parte religiosa que me interessa, sua fala leva-nos a refletir sobre sustentabilidade, meio ambiente, finitude de recursos, consumo, educação e há muito mais para pensarmos. Diz o Papa: "Algumas pessoas pensam - e desculpem minha expressão aqui - que, para ser um bom católico, eles precisam ser como coelhos. Não. Paternidade tem a ver com responsabilidade. Isto é claro". É a igreja antenada com o mundo e acolhendo os seus filhos. Gostei muito.

10-Um coió olhando o dicionário

Apagão é coisa de governo tucano. O que houve foi intercorrência elétrica com corte seletivo de carga. Tendeu não? Logo você vai achar que privatização – coisa de governo tucano – tem a ver com concessão que é outra coisa bem parecida, quase igual, mas muuuuuito diferente. Tendeu agora? Isso é novilíngua e está no livro 1984 do George Orwell, coió. Tem jeito não gente: uma vez coió, sempre coió.

[email protected]

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Léo Ladeia

Política & Murupi - Quando o patrão manda abrir a porteira é porque a boiada foi vendida e o dono já é outro

Política & Murupi - Quando o patrão manda abrir a porteira é porque a boiada foi vendida e o dono já é outro

Recomendo vigorosamente àqueles que gostam das entranhas da vida partidária a leitura do livro “COMO MORREM AS DEMOCRACIAS”, um mergulho profundo no

Política & Murupi - Não, o Brasil do pobre faminto não é uma invenção da pandemia e não nasceu hoje

Política & Murupi - Não, o Brasil do pobre faminto não é uma invenção da pandemia e não nasceu hoje

As reportagens sobre pessoas em busca de restos de comida no lixo ou comprando ossos estão proliferando pelas TVS e redes de internet como algo novo

Política & Murupi - Quando tentei entender como funciona o “face”

Política & Murupi - Quando tentei entender como funciona o “face”

Começo com a frase muito difundida no mundo cibernético: se você acha que é um cliente que recebe um produto de graça via internet, acredite: você é

Política & Murupi - O setor da construção civil fechou maio com 2,43 milhões de trabalhadores com carteira assinada

Política & Murupi - O setor da construção civil fechou maio com 2,43 milhões de trabalhadores com carteira assinada

Disse o presidente da poderosa CBIC-Câmara Brasileira da Construção Civil que o setor está operando “como se fosse uma Ferrari andando com o freio d