Porto Velho (RO) quinta-feira, 20 de janeiro de 2022
×
Gente de Opinião

Léo Ladeia

Se os ventríloquos não pararem de falar...


 

Frase do dia:


“Sem ele, o direito à privacidade, não há efetiva liberdade de expressão e opinião e, portanto, não há efetiva à democracia. Sem respeito à soberania, não há base para o relacionamento entre as nações”  – Presidente Dilma Roussef na ONU, chutando a canela de Obama no caso da espionagem.



 

Se os ventríloquos não pararem de falar... - Gente de Opinião

1-Cala-te boca...

O sempre bem informado, Carlos Sperança, “o bruxo” revela algo que noutros países e com outras leis é tido como chantagem, sujeito ao crivo da justiça. É que inconformada com a decisão do MPE, a deputada Ana da Oito estaria “virada nos trezentos” e partindo para o “oito ou oitenta”, caso seu mandato tenha que ser passado no fio. A rádio corredor informa que a deputada estaria disposta a ceder anéis ou até mesmo seu dedo indicador em prol do amado pescoço, mantendo-se no mais absoluto sigilo sobre qualquer tema falado, ouvido, escrito ou até filmado aqui ou noutras plagas.


 

2-Embargos... ah os embargos!

Como leigo me desapontei com a decisão do STF e a jabuticaba infringente, uma fruta burocrática, não eliminada por ordem legal expressa. Entre direito e justiça, esta deve ser a opção do juiz, em lugar do que se viu: o zelo pela letra que eterniza a “jabuticaba”, ditado por influências exteriores. Mas e se não eliminarem os embargos? O desapontamento continuará ad eternum e mais três dias, ou até quando servirem às manobras legais para reduzir as penas de quem tem foro privilegiado?

      

3-Ah esses tais embargos...

Dispensando a marca sempre presente da sutileza e da ironia, o ministro Marco Aurélio do STF foi enfático ao demonstrar preocupação com uma possível correria ao STF, após a decisão de admitir o embargo infringente como recurso natural nos processos. A coisa pode ser bem maior e complicada e, principalmente se olharmos quem estaria no inferno buscando um passaporte para o purgatório; Paulo Maluf, Eduardo Azeredo e os senadores Fernando Collor de Mello e Jader Barbalho.  Haja...

4-Uma vela contra a treva

O senador Alvaro Dias resolveu liquidar os embargos infringentes. Com um projeto de lei quer ir ao cerne e acabar o enrosco: “Imagino que todos entendem a importância desse projeto para eliminar dúvidas que foram suscitadas durante a última semana, quando do voto do ministro Celso de Mello. É hora de promover a celeridade processual, sem prejuízo da ampla defesa, que já é assegurada aos acusados ao serem julgados, num juízo de cognição plena e exauriente pelos 11 ministros que compõem o STF”. Tradução: em lugar de maldizer a escuridão o senador acendeu uma vela. Pois é...


 

Se os ventríloquos não pararem de falar... - Gente de Opinião

5-A estupidez é audaciosa

Não importa se a reunião é política, aniversario ou happy-hour. Se juntou gente só dá Hermínio x Confúcio. Com processos arquivados, nada mais haveria a fazer, apesar de ainda faltar tambor p’ra bater, santo p’ra descer e vela p’ra acender na encruzilhada. O desmantelo é grande, mas tem quem ache pouco e queira mais. A ponta está solta. É puxar e ver o resultado da estupidez: (*)erda vai subir de preço. “Dispois num diga qui o véi num avisô... Arrêa o marafu mizifi. Humm... humm...”
 

6- Calendário político

Uma fatia de marmelada com creme de leite para quem der notícias da “universalização das águas” que foi mote de campanha de políticos de todos os matizes. Para lembrar: naquele tempo Roberto Sobrinho era prefeito, Cassol era governador e as usinas do Madeira estavam na fase de escavação da rocha. Hoje – contrassenso – falam de uma universalização de 80% e que pode ser até menor. E a grana desce pelo cano. Quem sabe no ano que vem ou terei que ajustar o calendário de novo? 

7-Falando em água...

E o esgoto tratado para a cidade de Porto Velho como vai, ou melhor, quando vem? Para lembrar, a tríade do saneamento básico – água tratada para todos, esgoto tratado e canalizado e estação para destinação do lixo coletado – é promessa muito antiga e no caso do lixo, remonta à administração do prefeito Carlinhos Camurça. Só para enfiar tudo num mesmo saco, e os viadutos, os pontos de coleta de pneus usados, hospital municipal, rodoviária, teatro, aeroclube, distrito industrial, Rua da Beira, Parque Ceará, Vieira Cahúla, Bairro da Balsa, prédio da ALE, Palácio Municipal, etc, etc, etc,



Se os ventríloquos não pararem de falar... - Gente de Opinião8-Agro-Fantasma

No ar mais um campeão de audiência da PF! As investigações iniciaram em 2011, no Paraná, passou por São Paulo e chegou ao Mato Grosso do Sul na busca de desvio de dinheiro de um desconhecido programa do Fome Zero, o PAA-Programa de Aquisição de Alimentos – compra e doação casada de agricultores familiares – pela Conab. A grana ia para o município e em vez de pagarem ao produtor, criavam uma lista falsa com o nome dos coitados e produtos inexistentes e pegavam a grana. Se auditarem os programas sociais do Brasil – Bolsa família inclusa – vai pintar rolo do arco da velha.

Se os ventríloquos não pararem de falar... - Gente de Opinião9-Afunilando

Com tanta gente na berlinda, seja por condenação existente ou pela possibilidade de condenação mais à frente, uma espécie de faxina dos nomes mais conhecidos para a disputa eleitoral vai tirando o sono de muita gente que contava o ovo ainda na galinha. Sem as cabeças coroadas, os plebeus se assanham para repetir o milagre dos peixes em votos. Para quem está perdido, mato é caminho, mas até quem está limpo e com mandato não vai ter refresco, com o descrédito da classe política. E tem cabra marcado para perder. Basta escolher o cargo entrar na disputa e... É burro na cabeça.


 

Se os ventríloquos não pararem de falar... - Gente de Opinião

10-Pois é...

Se os ventríloquos não pararem de falar, o boneco vira gente como Pinóquio, ou pira o cabeção.

    
 

[email protected]

 

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Léo Ladeia

Política & Murupi - Quando o patrão manda abrir a porteira é porque a boiada foi vendida e o dono já é outro

Política & Murupi - Quando o patrão manda abrir a porteira é porque a boiada foi vendida e o dono já é outro

Recomendo vigorosamente àqueles que gostam das entranhas da vida partidária a leitura do livro “COMO MORREM AS DEMOCRACIAS”, um mergulho profundo no

Política & Murupi - Não, o Brasil do pobre faminto não é uma invenção da pandemia e não nasceu hoje

Política & Murupi - Não, o Brasil do pobre faminto não é uma invenção da pandemia e não nasceu hoje

As reportagens sobre pessoas em busca de restos de comida no lixo ou comprando ossos estão proliferando pelas TVS e redes de internet como algo novo

Política & Murupi - Quando tentei entender como funciona o “face”

Política & Murupi - Quando tentei entender como funciona o “face”

Começo com a frase muito difundida no mundo cibernético: se você acha que é um cliente que recebe um produto de graça via internet, acredite: você é

Política & Murupi - O setor da construção civil fechou maio com 2,43 milhões de trabalhadores com carteira assinada

Política & Murupi - O setor da construção civil fechou maio com 2,43 milhões de trabalhadores com carteira assinada

Disse o presidente da poderosa CBIC-Câmara Brasileira da Construção Civil que o setor está operando “como se fosse uma Ferrari andando com o freio d