Porto Velho (RO) quarta-feira, 29 de junho de 2022
×
Gente de Opinião

Léo Ladeia

POLÍTICA & MURUPI 28/09/10


Frase do dia

"Os Estados Unidos desvalorizaram, a União Europeia também, o Japão está desesperado...Tem países matando cachorro a grito, exportando a qualquer preço".Guido Mantega, o catedrático, numa “aula de economia internacional”.


 

POLÍTICA & MURUPI 28/09/10 - Gente de Opinião



01-A balsa vai cheia

O debochado Zekatraka já não sabe o que fazer para arranjar vaga na sua “Balsa dos Desesperados”. A maioria dos passageiros está literalmente sem dinheiro e sequer podem comprar o “papilim de embarque”, apesar da campanha eleitoral franciscana para quase todos. Dos tamanduás, as formiguinhas estão recebendo quase que só língua e beiço. Traduzindo: quem guardou caraminguás para a última hora terá um handicap mas, terá contra, o binóculo da Justiça Eleitoral focado na compra de votos.  

 

02-Olha o STF aí genteeee...

POLÍTICA & MURUPI 28/09/10 - Gente de OpiniãoO STF teve um súbito e inesperado acesso decisório e mostrou que é um poder sim senhor, mandando para a cadeia um parlamentar. Depois daquela tragédia grega da semana passada, o deputado José Fuscaldi Cesílio, conhecido na roda de bambas como José Tatico, teve o azar de ter o seu processo na pauta de julgamento. Indócil o STF cresceu e tascou-lhe sete anos de cadeia. Mas, ruborizado pelo feito inédito fez o que manda o manual de boas maneiras e determinou que o cumprimento se faça em regime semi-aberto. Deve ser por falta de traquejo em decidir e punir. E dá-lhe STF!

03-Mais do STF

Voltando à vaca fria, o STF que poderia ter matado o assunto “ficha limpa”, vacilou e tem outro pacote no meio do que já era imbróglio. Antes é preciso lembrar que a ação julgava o caso Roriz. Com o empate, o esperto Roriz desistiu da candidatura lançando sua esposa para disputar em seu lugar e a ação perdeu o objetivo. Fim da ação e não da pressão. O STF terá que arranjar um viés para jogar o tema no plenário e julgar. Aí lembrei-me do presidente da Corte que não aceita o voto de qualidade – votando por duas vezes – pois seu voto seria igual ao de qualquer ministro. E isso é o mote para...

04-Mais do STF, de novo

Vamos devagar com o andor sem olhar para o resultado... O belo e humilde discurso do presidente recuando do seu poder e da sua função, deixa de lado outra verdade. O voto do ministro presidente e dos ministros que compõem o TSE é duplo de ofício, já que o TSE é tribunal específico, com assento no STF. Ora, como já se manifestaram no processo, deveriam – em tese – todos eles, se declararem impedidos. Na coluna anterior, quando me referu à fala do Ministro Marco Aurélio, o raciocínio passou pela cabeça porém, rejeitei de pronto. Cabeça de leigo é uma coisa, de coroado é outra.

05-O factóide e o fato

Lula jacta-se de que o Brasil pagou e até emprestou dinheiro ao FMI. Bonito de falar e de ouvir mas, é só mais uma bravata das tantas do Lula. O FMI e o BIRD nasceram das Conferências de Bretton Woods e o Brasil é um dos sócios fundadores do clube junto com mais 184 países. Emprestar ou tomar emprestado é o normal. Algo assim do tipo “quem tem põe, quem não tem tira”, pois a função do FMI é justamente “zelar pela estabilidade do sistema monetário internacional, ]pela promoção cooperação e consulta em assuntos monetários entre os seus 184 países membros.  E agora o fato:

06-Olha o FMI vem aí genteeeeeee...

Ocorre que a crise financeira mundial precisa do microscópio do FMI e o Brasil está nessa, é compulsório e credores e devedores –Brasil credor – terão que passar pelo crivo. Aqui o fato constrangedor para Lula: o tal Proer, aquele “help bancário” do FHC foi copiado pelas economias contaminadas na crise e é a atual receita do FMI. Claro que a “izquierda” irá às ruas berrar “Fora FMI!”, a “tchurma da herança maldita” com o apoio luxuoso de um discurso oficial, porá os antolhos e entoará o coro “Fora FHC!”.     

07-Pé na estrada

Correndo o trecho com seu candidato Valverde, o prefeito Roberto Sobrinho aproveita para dar uma geral nas obras da Capital e bingo! A cobrança do eleitor tem servido de mola para a Prefeitura botar a mão na massa. Obras que vinham se arrastando estão em fase de conclusão e projetos novos já estão na pauta. Não dá para rodar o pau de bater em doido só na Prefeitura – que também merece – pois a maioria das obras têm contrato em andamento. O pepino é que a burocracia pesada praticamente impede a troca de empresas que fazem corpo mole e aí a população sofre junto com o alcaide. 

POLÍTICA & MURUPI 28/09/10 - Gente de Opinião08-Segundo turno

Hoje à noite tem debate entre candidatos ao governo na TV Rondônia. As regras são as de sempre e engessadas como impõe a lei eleitoral. Perdem a TV, o candidato e o eleitor. Nada de sangue “pra tirar de rodo”. De concreto apenas que teremos segundo turno e que não dá para prever quem irá para a segunda disputa. Há poucos dias um experiente político do centro do estado, especialista em eleições de Rondônia, abriu o bico, coçou o bigode e vaticinou: “Está tudo embolado”. Creio. Esse sabe das coisas.

09-Briga de foice no escuro

Se é difícil acreditar em pesquisas para cargos majoritários, o que dizer das que são “preparadas” para cargos proporcionais. E mais, como se ter certeza de alguma coisa com o tal do quociente eleitoral. Vejam o caso Tiririca, semelhante ao do “meu nome é Enéas”. Votando no Tiririca, o eleitor pode fazer voltar o sortudo Valdemar da Costa Neto, um dos 40 mensaleiros às voltas com a justiça. Por aqui a coisa é igual e ainda que o Cacareco já não exista, o zoológico com seus animais exóticos continua aberto.

10-A nova e danada classe política

Outro fenômeno de votação em São Paulo é o famoso cantor-apresentador Netinho que integrava um grupo de pagode e que depois foi fazer a festa da periferia na TV com o seu “dia de princesa”. Nem mesmo o rolo com sua ONG o abala perante seus eleitores. Cohab em festa, Netinho entrando por cima para o vestuto clube do Senado da República e abrindo caminho para outros sonhos. Depois de Frank Aguiar, Netinho, Tiririca, et caterva, será com certeza a vez dos boleiros. Já pensou? Adriano, Bruno, e que tal Ronaldo Fenômeno para presidente. Não tivemos o cartola Eurico Miranda? Caminho aberto e no caso, basta por o retratinho na pule do jogo do bicho.  

Siga o Gentedeopinião no Gente de Opinião



Fonte: Léo Ladeia - l[email protected] 
 Gentedeopinião   /  AMAZÔNIAS   /  RondôniaINCA   /   OpiniaoTV
 Energia & Meio Ambiente   /  YouTube  /  Turismo   /  Imagens da História 
 

 

 

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Léo Ladeia

POLÍTICA & MURUPI - Brasil pulando a fogueira e soltando rojão

POLÍTICA & MURUPI - Brasil pulando a fogueira e soltando rojão

1-Vida de gado e o cipoal tributárioÉ básico em economia que os preços de produtos e serviços sofrem a influência da lei de oferta e procura. É básic

POLÍTICA & MURUPI - Injustiça com a saúde do povo

POLÍTICA & MURUPI - Injustiça com a saúde do povo

1-ANS – Uma loteria desenhada para o plano de saúdeCaro leitor, pela relevância, conveniência e profundidade com que o tema foi tratado pelo advogad

POLÍTICA & MURUPI - Segurança pública o nó do Brasil

POLÍTICA & MURUPI - Segurança pública o nó do Brasil

1-A canetada na PRF Por conta de um evento reprovável e abusivo de agentes da Polícia Rodoviária Federal em Sergipe, e de uma operação trágica com

POLÍTICA & MURUPI - A autodeterminação do povo é um fenômeno natural.

POLÍTICA & MURUPI - A autodeterminação do povo é um fenômeno natural.

1-O governo ajuda e muito quando não atrapalha A 9ª Rondonia Rural Show Internacional organizada pelo governo do estado de Rondônia festeja o re