Porto Velho (RO) sexta-feira, 17 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Léo Ladeia

POLÍTICA & MURUPI 27/03


 

POLÍTICA & MURUPI

 

Frase do dia

 

“Percebi que um grande número de pessoas sofisticadas não sabe da função e das possibilidades deste ministério afetar seu cotidiano, sua vida”– A sofisticada ministra Marta Suplicy e sua entrée no Turismo

Pauta Política de 01 a 10

 

01-CIDADANIA – saúde pública:

O lixo jogado nos igarapés obstrui a passagem da água, polui o meio ambiente e cria condições para que ratos e animais peçonhentos proliferem. Ao jogar lixo nos igarapés além de provocar alagações em dias de chuva você está levando a doença para sua casa, sua família e seus vizinhos. Proteger os igarapés não é apenas um ato de cidadania é um hábito de saúde.

 

02-O novo realese - princípio:

Nada melhor para consertar um pingo de tinta vermelha numa tela branca, que pintar a tela toda de vermelho. O governo anunciou uma campanha contra os sonegadores. Agora sim, vão todos. De mamando a caducando, ou bica corrida. Agora vale desde a pequena mercearia até a distribuidora. Desde a pequena farmácia até o cacique dos remédios. Todos entram na dança e na festa e dança também aquela empresa de ônibus que você sabe o nome. Como se pode ver, o velho realese foi revisto e ampliado, ficando com uma cara mais democrática. Pero no mucho.

 

03-O novo realese - meio:

A história do bode bolchevique, ganha uma versão rondoniense. Em lugar de por o bode na sala, as pessoas é que são postas no chiqueiro. Para acalmar o bicho assustado, mais gente é jogada no chiqueiro. Uma espécie de cortina de fumaça para encobrir o verdadeiro incêndio.  Como na história original, ninguém ficará sabendo o que é real e o que é ficção. No reino da fantasia, tudo é possível. É bem possível que os cegos e os não cegos estejam vendo, que os surdos e os não surdos estejam ouvindo e os mudos e os não mudos se quedem em seu silêncio obsequioso.

   

04-O novo realese - fim:

O coordenador da Receita revelou detalhes da operação anti-sonegação. Desta vez, o alvo serão os estabelecimentos comerciais que terão fiscalizados o uso do equipamento emissor de cupom fiscal. A medida é uma das adotadas para compensar a queda da arrecadação de impostos sobre o combustível. Li o realese até o fim, fiquei na dúvida e como perguntar não ofende, lá vai: se a queda na arrecadação se deu no setor dos combustíveis, não seria esse o setor a ser atacado? Sem trocadilho, não seria melhor esquecer o varejo e atacar o atacado? E porque não começar logo no domingo, dia primeiro de abril? Domingo não tem fiscalização?

 

05-Falando minha língua:

O líder do PMDB Valdir Raupp alertou para o risco que correm garimpeiros ilegais que atuam no garimpo de Laje, da Reserva Roosevelt, terras dos índios cintas-largas. Raupp pediu providências aos ministérios da Justiça, Meio Ambiente e Minas e Energia, para regulamentar a exploração de diamantes na reserva. Para o senador a criação de uma empresa estatal para negociar os diamantes extraídos do garimpo, seria a saída para evitar nova tragédia na região e uma forma de melhorar o padrão de vida dos índios. O que existe de certo até hoje nessa história é que o contrabando nunca deixou de existir. É melhor prevenir porque para a morte não há remédio.

 

06-Adeus não. Até breve:

Assim, feito menino arteiro, o Zé Carlos passou ligeiro e só deu tempo de avisar que ia apoitar num remanso ali na frente. Acho que é só o tempo de passar a chuva. Zé Carlos de Sá, jornalista, é aquele tipo abusado que escreve uma porção de coisas numa linha só. Acho que aprendeu a escrever passarinhando, juntando letras em lugar de pedrinhas, deixando passarinho voar e criando mil idéias em cada palavra. Para ler nas entrelinhas só quando alguém escreve nelas. O Zé faz isso como um caboclo ao remar. No bornal desse passarinheiro não tem pedra. Só talento.

 

07-Precatórios - a ponta do iceberg:

Ao longo dos anos estados e municípios foram acumulando e empurrando dívidas judiciais que um dia terão que ser pagas. É o tal precatório. Como não dinheiro sobrando e a lei garante o recebimento do credor, a solução é limitar os gastos com o pagamento. Um pepino grande que só pode ser resolvido com uma PEC, que seria inconstitucional segundo a OAB. A FIESP propõe a redução do prazo da PEC. Estados pensam em fazer leilão para obter descontos mas ninguém falou em auditar os precatórios, o que seria o mais sensato. Interessante. Instigante mesmo. 

 

08-Morreu o PFL. Viva o novo PFL:

O PFL vai mudar de nome e comando a partir da próxima quarta-feira. O partido vai se chamar "Democratas" e terá como presidente o deputado Rodrigo Maia, ex-líder do PFL na Câmara dos Deputados, numa convenção que ainda vai acontecer. Ou seja: Muda o nome, o dono e fica tudo igual, mas de uma forma completamente diferente. Rodrigo Maia é o filho do prefeito do Rio de Janeiro César Maia, e será aclamado pelos convencionais porque não haverá chapa concorrente. "É um processo de reoxigenação. O mundo mudou. Temos que nos fixar na busca do poder com os mais jovens", disse Bornhausen. “Diferençou por demais”, disse o Zé de Nana.

 

09-Garantido no Senado:

Um velho amigo do presidente Lula assume a vaga do Senador Alfredo Nascimento que tornou-se mais uma vez Ministro dos Transportes. Seu suplente, indicado a Alfredo pelo próprio Lula, é o João Pedro Gonçalves da Costa, do PC do B. Um caboclo de Parintins, chegado num boi e ex-presidente do Garantido. A indicação de Alfredo Nascimento, mesmo sob fortes críticas com relação a buracos na prestação de contas eleitoral e na “operação Tapa Buracos”, é garantia de que Rondônia será vista com bons olhos, pelos laços políticos que ele tem com o nosso estado.

 

10-Coincidência:

Durante 3 dias o aeroporto de Cumbica sofreu atrasos nos vôos por culpa de um instrumento que não funcionava. O assunto veio a tona depois das farpas trocadas entre a Infraero e a FAB que deram um novo balão no ministro, mas perdido que avião no ar. O tal aparelho que não funciona tem uma sigla em inglês: ILS, por coincidência as iniciais do nosso presidente - Inácio Lula da Silva - que também não funciona no caso do apagão aéreo. 

 

leoladeia@hotmail.com

 

 

 

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Léo Ladeia

Coluna do Leo Ladeia

Coluna do Leo Ladeia

  FRASE DE HOJE: "O juiz não pode perder a capacidade de julgar, para condenar ou absolver".– Ministro Teori Zavascki. 01-Driblando a crise Os mercadi

Coluna do Leo Ladeia

Coluna do Leo Ladeia

 FRASE DE HOJE: "Está em jogo é populismo. O tipo de discurso que chega agora dos Estados Unidos encoraja o populismo e até o extremismo".– François H

Coluna do Leo Ladeia

Coluna do Leo Ladeia

  FRASE DE HOJE: "A Lava-Jato tem gerado expectativas e uma onda de  consequências. O Tribunal está desafiado a dar uma solução que  ultrapasse qualqu

Não basta dizer que é vereador. É preciso ler, se envolver no processo, dominar o tema e atentar para o que assina - Por Léo Ladeia

Não basta dizer que é vereador. É preciso ler, se envolver no processo, dominar o tema e atentar para o que assina - Por Léo Ladeia

Coluna do Leo Ladeia FRASE DE HOJE: "Se cuidem, porque se eu voltar para ser candidato a presidente da República é para fazer mais do que fizemos"– Lu