Porto Velho (RO) terça-feira, 21 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Léo Ladeia

POLÍTICA & MURUPI 22/03


POLÍTICA & MURUPI

 

Frase do dia

 

"Seu mandato de hoje é legítimo como legítimo foi o seu afastamento em 1992” - Senador Pedro Simon, uma reserva moral do Senado, contestando Collor de Melo, cara a cara.

 

Pauta Política de 01 a 10

 

01-CIDADANIA – Saúde pública:

No dia mundial da água, a ONG ambientalista Água Viva faz um alerta: Existe a possibilidade real de haver uma contaminação generalizada dos igarapés da capital provocada pela disseminação do vírus da hepatite C. É a porta aberta para mais uma endemia aqui em Porto Velho. A hepatite do tipo C mata. Não use água de igarapés para consumo humano ou para limpeza. O igarapé é um organismo vivo que precisa de espaço. Não jogue lixo e não canalize esgotos. Mantenha a mata ciliar e não construa a menos de 30 metros de cada margem.

 

02-A estranha CPI do Sintero:

Tem algo de estranho e mal contado nessa história da CPI. Não é preciso ser nenhum Sherlock Holmes para juntar ponta de fio elétrico com ata de assembléia e perceber que a historia é outra. Dos atores envolvidos só um neófito briga sozinho e por outro motivo. Estou quase para aceitar a aposta de que a CPI não sai e não porque existam informações sigilosas ou acordos ocultos. Aliás, nada está oculto. Pelo contrário. A CPI não deve sair porque cada lado mostrou suas  cartas e como diz o Zé de Nana, “boi preto conhece boi preto e um gambá cheira outro”.

 

03-Difícil recomeço:

A Escola da Assembléia Legislativa, bem que tentou mas a nova safra de deputados não ajuda. Salvo raras exceções estão fazendo o curso fundamental de política e com sérias dificuldades de aprendizado. É claro que a maioria dos deputados sabe dar salto mortal de olho fechado e nó em pingo de éter mas, na atividade legislativa a coisa anda feia. É que no afã de cortar, descobriram que cortar a própria carne dói, que todo trabalho tem que ser remunerado e que há diferenças entre parentes, militantes e assessores. Mas aí era tarde. Está faltando “cabelo branco” na ALE. 

 

04-O que fomos é o que seremos:

Qual seria a grande obra de Aleijadinho? Impossível dizer. João Só compôs mais de 40 músicas mas só é lembrado por uma: Menina da ladeira. Um ato pode marcar uma vida para sempre. Rico, o deputado Alex Testoni tinha o boné como marca. Era pouco. Construiu o gabinete da Ale. Jovem, terá tempo e muito por fazer para que as atuais marcas sejam esquecidas. Torço para que consiga. Almir Sáter diz: “cada um de nós compõe a sua própria história”. Vou além ao propor um tema para reflexão do deputado: “a história é um profeta com os olhos voltados para trás”.

 

05-Quem não tem cão, não caça:

Se der errado não terá sido por falta de conselho. Ronaldo Caiado, Roberto Rodrigues e o novo amigo de infância de Lula, o Blairo Maggi, buzinam e o presidente se faz de mouco. Vem aí mais um ministro do PMDB e mais um osso duro de roer. Ligado ao Roberto Requião que é o presidente do clube da lavoura arcaica, o homem não deveria ir para a Agricultura, impliquei. Mas se o Aldo Rebelo pode ir para a Defesa no lugar do Valdir do Apagão Pires, por que o Reinhold Stephanes não pode ser da Agricultura, se nem é investigado pela PF?

 

06-Do tamanho que as coisas são:

Ontem o trator do governo sepultou de vez a CPI do apagão aéreo e abriu um precedente que pode gerar uma barafunda jurídica nas assembléias legislativas do país. Ciro Gomes disse que a CPI não resolveria o problema, esquecendo que a função precípua da CPI é investigar. O assunto espera uma sentença do STF, mas nem a CPI, o STF, ou o Congresso irão resolver o assunto. O apagão existe por falta de pulso, quebra de hierarquia e incompetência gerencial. Outras CPIs virão. É só esperar. Você pode atrasar o relógio mas, não tem como impedir o nascer do sol.

 

07-Pedro tu és Pedro:

Uma semana depois do discurso-féretro da sua dor, Collor foi o alvo de um discurso duro do senador Pedro Simon do PMDB. Simon defendeu os trabalhos da CPI do PC, da qual participou e disse que reuniu provas que justificaram a queda de Collor. Simon afirmou que o STF não deveria ter arquivado o processo. Apesar das críticas, Simon classificou como legítimo o retorno de Collor à vida pública. “É a vontade do povo brasileiro de Alagoas, contra a qual será antidemocrática qualquer oposição”, disse Simon, rechaçando a empulhação do colorido feita semana passada. 

   

08-Botando a mãe no meio:

O governo federal cortou em 25% as despesas de custeio e investimentos do Legislativo e do Judiciário. "Estamos sendo obrigados a promover o corte ou corremos o risco de prisão pelo não cumprimento de LDO e da Lei de Responsabilidade Fiscal. Pode parecer uma medida drástica, mas estamos cumprindo a lei", disse o secretário executivo do ministério do Planejamento. É a primeira vez que o governo faz um corte deste tipo, algo como pedir à própria mãe que rache a conta da cerveja do passeio. Se a moda pegar por aqui, recomeça a guerra em Rondônia. .

 

09-Mão de cal no sepulcro:

Uma troca da fórmula de cálculo fez com que o valor do PIB brasileiro aumentasse em cerca de 10%. O PIB de 2006, por exemplo, oficialmente divulgado com um crescimento de 2,9%, passaria a ter um aumento de 3,5%. A nova metodologia adotada pelo IBGE passa a dar o devido peso ao subestimado setor de serviços. Estava pensando sobre a maquiagem do PIB quando ao folhear uma revista, vi aquelas fotos antes/depois e descobri que siliconaram o PIB brasileiro.

 

10-Forfait no céu:

Não chega a ser uma “stars wars” mas a oposição se injuriou com a truculência do governo ao impedir a CPI do apagão aéreo e resolveu tomar outros caminhos que também levam a uma crise no céu. Nada de avião, Cindacta ou controladores de vôo. O PFL mirou bem mais embaixo e vai ingressar na Procuradoria Geral da República com representação para investigar a Infraero, por indícios de irregularidades em licitações nos aeroportos. O buraco é grande e bem mais embaixo.

 

leoladeia@hotmail.com

 

 

 

 

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Léo Ladeia

Coluna do Leo Ladeia

Coluna do Leo Ladeia

  FRASE DE HOJE: "O juiz não pode perder a capacidade de julgar, para condenar ou absolver".– Ministro Teori Zavascki. 01-Driblando a crise Os mercadi

Coluna do Leo Ladeia

Coluna do Leo Ladeia

 FRASE DE HOJE: "Está em jogo é populismo. O tipo de discurso que chega agora dos Estados Unidos encoraja o populismo e até o extremismo".– François H

Coluna do Leo Ladeia

Coluna do Leo Ladeia

  FRASE DE HOJE: "A Lava-Jato tem gerado expectativas e uma onda de  consequências. O Tribunal está desafiado a dar uma solução que  ultrapasse qualqu

Não basta dizer que é vereador. É preciso ler, se envolver no processo, dominar o tema e atentar para o que assina - Por Léo Ladeia

Não basta dizer que é vereador. É preciso ler, se envolver no processo, dominar o tema e atentar para o que assina - Por Léo Ladeia

Coluna do Leo Ladeia FRASE DE HOJE: "Se cuidem, porque se eu voltar para ser candidato a presidente da República é para fazer mais do que fizemos"– Lu