Porto Velho (RO) domingo, 22 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Léo Ladeia

POLÍTICA & MURUPI 05/11/10


 POLÍTICA & MURUPI 05/11/10 - Gente de Opinião


 "O presidente pode ficar tranquilo porque não verá no Brasil uma oposição como a que o PT fez com relação ao presidente Fernando Henrique, propondo "Fora FHC", impeachment, afastamento do presidente, ou votando contra matérias tão relevantes para os brasileiros como a estabilidade da economia, o Plano Real, como a Lei de Responsabilidade Fiscal."  – De Aécio Neves para Lula. Direto e reto.

 
 

01-Operação desmonte

Governo que chega, governo que sai e os prestadores de serviços precisam se ajustar aos novos tempos. Ontem recebi a notícia de que uma grande empresa começa a fazer o caminho da roça. Sem horizonte no novo governo o negócio é buscar novos ares e pousar em outras plagas. Nada que não tenha ocorrido antes. Sai uma empresa, vem outra e a vida segue. O caso não é único e deve pintar em outras áreas. É que em rio que tem piranha, jacaré nada de costas.

02-Rei morto, rei exposto

“Problemas de gestão administrativa provocaram a perda de R$27 milhões e outros R$122 milhões estão pendentes por causa de problemas como atraso na entrega de prestação de contas, execução de convênios que não condizem com o objetivo pactuado, falta de documentos, instauração de tomada de contas especiais, impugnação de prestação de contas e irregularidade na execução financeira”, detonou o senador Acir Gurcasz. Os dados estão no site www.transparencia.gov.brque qualquer cidadão pode acessar. É só o começo!

03-Secretário paranormal

A prefeitura de Porto Velho parece que se livrou da sua segunda maior caveira de burro. Aquela que se recusava a ser desenterrada sob as águas fétidas que separavam a Farquar do Bairro Nacional. Será que é obra de Raimundinho de Oxóssi? Vai que é outra obra de lambuja que o “catimbozeiro de Codó” fez aqui depois da previsão eleitoral. Se for verdade, “paínho” bem podia ser secretário de obras do governo. O pai de santo só não deu jeito na Vieira Cahula e diz: “É incôsto grande... Num tem marafu, vela, nem Zé Dirceu resorve mizifi! Humm”   

04-Monteiro Lobato

Nem tento imaginar o que o que vai pelas cabeças dos “conselheiros nacionais de educação”. Trabalho há de sobra mas, faltam idéias e propostas e, na falta delas...,”pau no Monteiro Lobato”. Como conselho é coisa que essa “tchurma” odéia, fico no aviso: Monteiro Lobato sozinho fez mais pela educação do Brasil que a soma de tudo que já foi ou será feito por todos os conselheiros juntos. Se o “Conselho se der ao trabalho de ler – difícil – mais, vai encontrar até na Bíblia trechos do que consideram politicamente incorreto ou racialmente inaceitável. 

05-Confúcio e a transição

O governador eleito Confúcio Moura revelou ao Diário da Amazônia, os nomes de alguns membros da sua equipe de transição. O coordenador é Francisco de Assis Oliveira que foi o seu coordenador de campanha. Três técnicos do TCE também comporão a equipe, além de José Albuquerque e Belgrano José Cavalcante. O trabalho começa já na segunda-feira, focada na situação atual dos convênios federais, análise do nível de endividamento, estudo das receitas e processos judiciais como pontos iniciais para conhecer a engrenagem, dando subsídios para por a máquina em funcionamento com novo piloto no cockpit.

06-Tô sem Lula e não abro

Ao fazer seu último discurso como presidente para a formatura de uma turma  do Instituto Rio Branco, o presidente Lula cujo contentamento extrapola limites corpóreos e psíquicos, se derramou em elogios à sua pupila Dilma Rousseff e o fato de o Brasil ter escolhido uma mulher para assumir o Palácio do Planalto. Lula disse que a eleição de Dilma, torturada durante a ditadura militar, permitiu à geração de 68 chegar "pela via democrática" ao posto mais alto do Executivo. E tão enfático ele foi que nem precisei pensar muito para tomar uma decisão: Nunca mais voto num homem para presidente. E muito menos no Lula. Chega!

07-Guerra flore$tal no Pará

O governo do Pará pôs curto pra cima do Ibama. “Aqui não pica-pau”, garante o governo da D.Júlia Carepa, que acusa o órgão de agir de forma truculenta. Para o Ibama, a governadora "blindou" empresas com fins eleitorais, fato tido como verdadeiro já desde sua eleição há 4 anos. Para o secretário estadual do Meio Ambiente, "os servidores do Ibama possuem acesso ao sistema estadual Sisflora no módulo auditoria. O que ocorre é que o sistema é estadual, a gestão florestal é estadual, por força da lei federal 11.258, e o que nós oportunizamos ao Ibama está na medida do que também nos é oferecido pelo sistema DOF do órgão federal". Meio ambiente que nada. O que importa para D. Júlia é a grana

!

08-Ventilador acionado

Danou-se. 40 anos depois, Dilma Roussef, torturada pela ditadura militar está no centro de um imbróglio que promete dar pano p’ra manga. Um certo Capitão Maurício reconhecido e citado por Dilma num inquérito de araque, num tribunal idem é seu algoz. Ocorre que a anistia – lei n° 6.683, assinada por Figueiredo em agosto de 79, sob a ditadura – absolveu torturadores e torturados, alguns hoje, donos de pensões milionárias. A lei existe mas o tema não é pacífico para 6 procuradores, que acionaram a justiça contra o torturador. Olha só o monte!  

09-Volver a los diecisiete

Há um clima de “revival” provavelmente nascido do embate eleitoral quando a Dilma e o Serra foram peões de uma partida de xadrez disputa por Lula e FHC. Como sabe o amantíssimo leitor, a única derrota de monta que Lula sofreu, foi a revogação da CPMF. Lula, de memória seletiva, culpa a oposição e esquece que a indigitada não tinha número suficiente para derrotá-lo no que quer que fosse. Foi gente sua também. Mas, como passar à história com quase 100% de aprovação com essa nódoa? Dezessete dos governadores eleitos querem dar um mimo a Lula, ressuscitar a tal a baixo custo: o povo paga e Lula está limpo. 

10-Chama a Abin

O clima de ciziânia na Polícia Federal é tanto que não que um “cabeça gorda” qualquer numa hora dessas pode até pedir à Abin para dar um jeito. Cláudio Humberto em sua coluna revela: “O presidente da Federação dos Policiais Federais, Marcos Vinício Wink, diz que nem de longe o diretor Luiz Fernando Correa pacificou a PF. “Ao contrário: dividiu novos e antigos, peritos e papiloscopistas, terceirizou setores importantes e virou a cara para os administrativos”.” Será que isso tem a ver com aparelhamento da instituição?

 

 

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Léo Ladeia

Coluna do Leo Ladeia

Coluna do Leo Ladeia

  FRASE DE HOJE: "O juiz não pode perder a capacidade de julgar, para condenar ou absolver".– Ministro Teori Zavascki. 01-Driblando a crise Os mercadi

Coluna do Leo Ladeia

Coluna do Leo Ladeia

 FRASE DE HOJE: "Está em jogo é populismo. O tipo de discurso que chega agora dos Estados Unidos encoraja o populismo e até o extremismo".– François H

Coluna do Leo Ladeia

Coluna do Leo Ladeia

  FRASE DE HOJE: "A Lava-Jato tem gerado expectativas e uma onda de  consequências. O Tribunal está desafiado a dar uma solução que  ultrapasse qualqu

Não basta dizer que é vereador. É preciso ler, se envolver no processo, dominar o tema e atentar para o que assina - Por Léo Ladeia

Não basta dizer que é vereador. É preciso ler, se envolver no processo, dominar o tema e atentar para o que assina - Por Léo Ladeia

Coluna do Leo Ladeia FRASE DE HOJE: "Se cuidem, porque se eu voltar para ser candidato a presidente da República é para fazer mais do que fizemos"– Lu