Porto Velho (RO) sexta-feira, 3 de dezembro de 2021
×
Gente de Opinião

Léo Ladeia

O impeachment de São Francisco



O prefeito Mauro Nazif numa canetada cirúrgica mandou às favas quatro secretários citados na denúncia apresentada à Câmara de Vereadores e funcionou como senha para debelar a fogueira de gravetos que anunciava outro pedido de impeachment. A partir daí, tumulto na votação da semana passada que foi encerrada e remarcada para ontem pela manhã e depois re-remarcada para a parte da tarde quando enfim ocorreu o sepultamento.

Enquanto o caixão baixava à terra colhi duas impressões. A primeira, a mais perfeita tradução da protocrise, recheada com uma esclarecedora informação subliminar, é da lavra do vereador Sid Orleans: “Se o prefeito soubesse conversar e atender ao menos sua base, isso não estaria acontecendo”.

Quatro secretarias municipais cujas vagas foram abertas e a frase do vereador Sid Orleans dão o que pensar. Mais claro, impossível. Para bom entendedor, meia palavra basta e para quem sabe escrever, um título resume toda a matéria: “Nem precisava perder tempo”, cravou o cirúrgico Zé Carlos Sá no blog Banzeiros.

Leo Ladeia.

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Léo Ladeia

Política & Murupi - Quando o patrão manda abrir a porteira é porque a boiada foi vendida e o dono já é outro

Política & Murupi - Quando o patrão manda abrir a porteira é porque a boiada foi vendida e o dono já é outro

Recomendo vigorosamente àqueles que gostam das entranhas da vida partidária a leitura do livro “COMO MORREM AS DEMOCRACIAS”, um mergulho profundo no

Política & Murupi - Não, o Brasil do pobre faminto não é uma invenção da pandemia e não nasceu hoje

Política & Murupi - Não, o Brasil do pobre faminto não é uma invenção da pandemia e não nasceu hoje

As reportagens sobre pessoas em busca de restos de comida no lixo ou comprando ossos estão proliferando pelas TVS e redes de internet como algo novo

Política & Murupi - Quando tentei entender como funciona o “face”

Política & Murupi - Quando tentei entender como funciona o “face”

Começo com a frase muito difundida no mundo cibernético: se você acha que é um cliente que recebe um produto de graça via internet, acredite: você é

Política & Murupi - O setor da construção civil fechou maio com 2,43 milhões de trabalhadores com carteira assinada

Política & Murupi - O setor da construção civil fechou maio com 2,43 milhões de trabalhadores com carteira assinada

Disse o presidente da poderosa CBIC-Câmara Brasileira da Construção Civil que o setor está operando “como se fosse uma Ferrari andando com o freio d