Porto Velho (RO) sábado, 19 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Léo Ladeia

Não basta dizer que é vereador. É preciso ler, se envolver no processo, dominar o tema e atentar para o que assina - Por Léo Ladeia


Coluna do Leo Ladeia

FRASE DE HOJE:

"Se cuidem, porque se eu voltar para ser candidato a presidente da República é para fazer mais do que fizemos"– Lula num evento em Brasília.

01-De raposas e galinhas no TCE

Não basta dizer que é vereador. É preciso ler, se envolver no processo, dominar o tema e atentar para o que assina - Por Léo Ladeia  - Gente de OpiniãoA prática é tão comum que detalhes de nomes, valores, etc. correm à boca pequena nos prédios onde órgãos oficiais deveriam investigar e punir. E é em todo o Brasil. O rico ministro Blairo Maggi foi pego no flagra por supostamente ter comprado a vaga de Conselheiro do Tribunal de Contas do Mato Grosso quando governador. O cargo é vitalício, os requisitos para ocupá-lo, subjetivos, não há prova, concurso e haja rolo. Para ser conselheiro de Tribunal de Contas, diz a lenda que o “cabra” deve ter “mais de 35 anos, idoneidade moral, reputação ilibada e notório conhecimento”. Ganho em torno de R$350 mil ano e vitalício. O lance inicial da vaga foi $12 milhões, mas só R$ 4 milhões foram pagos. Com dinheiro público é claro. Blairo e mais oito estão na alça de mira.

02-De raposas e galinhas no TCE

Não basta dizer que é vereador. É preciso ler, se envolver no processo, dominar o tema e atentar para o que assina - Por Léo Ladeia  - Gente de OpiniãoEm Mato Grosso o conselheiro de “finório conhecimento” que vendeu a vaga é Alencar Soares e o “ilibado” que a recebeu é Sérgio Ricardo que junto levou a proibição da justiça. Aqui, este ano teremos a abertura de vagas no TCE-RO. Mas por aqui é diferente. Jamais se ouviu um cochicho, um sussurrar, um nadica de nada sobre práticas deletérias como a tal. Aqui em Rondônia tudo foi, é e terá sempre muita transparência, assim, totalmente por demais da conta. Nada que manche quaisquer indicações. Que tem até lista tríplice. Aqui raposa é raposa, galinha é galinha... É isso aí.

03-De raposas e galinhas em geral

Não basta dizer que é vereador. É preciso ler, se envolver no processo, dominar o tema e atentar para o que assina - Por Léo Ladeia  - Gente de OpiniãoHá um movimento ainda em gestação para mudar a forma de indicar conselheiros e membros de cortes. Qualquer mudança já vale muito a pena e explico. Não há nada de errado com o protocolo de indicação que envolve listas tríplices e “escolhas”. Convenhamos porém que “ter mais de 35 anos, idoneidade moral, reputação ilibada e notório conhecimento” para a corte de contas ou ser brasileiro nato, ter entre 35 a 65 anos, estar no gozo dos direitos políticos, ter possuir notável saber jurídico e reputação ilibada para o STF, envolve uma gama de subjetividades que poderiam ser substituídas por quesitos técnicos mensuráveis. Com isso de cara haveria mudança no STF.

04-Fazendo escola

Não basta dizer que é vereador. É preciso ler, se envolver no processo, dominar o tema e atentar para o que assina - Por Léo Ladeia  - Gente de Opinião

Uma das muitas quadrilhas de bandidos que atua no Brasil traz o sugestivo nome de Sindicato do Crime. Bolei. Para ser considerado oficial o Sindicato do Crime só precisa mudar de nome e pedir registro, passando a usar no primeiro nome a palavrinha mágica: “PARTIDO”. A partir daí acesso ao fundo partidário como fazem outros. A FDN por exemplo alardeia com rajadas de bala, verso e prosa já ter eleito o governador do Amazonas. Aqui em Rondônia, graças a Deus, nadica. Pois é.


 

05-Sete anos de oportuno breu

Não basta dizer que é vereador. É preciso ler, se envolver no processo, dominar o tema e atentar para o que assina - Por Léo Ladeia  - Gente de OpiniãoO general Sérgio Westphalen Etchegoyen que comanda o Gabinete de Segurança Institucional do Brasil revelou que os palácios do alto comando da república brasileira está vivendo uma espécie de “breu camerático” desde 2009. Ouvi uma série de explicações fundamentadas e trago também a minha e que contraria a do general: tudo foi adredemente preparado pela contra espionagem para que os EUA não descobrissem nada do pre-sal. Por conta disso Obama irou e no desespero mandou fuçar nossos e-mails oficiais. Foi aí que Dilma subiu nas tamancas e o resto você sabe...  

    
 

06-Resposta paga

Não basta dizer que é vereador. É preciso ler, se envolver no processo, dominar o tema e atentar para o que assina - Por Léo Ladeia  - Gente de Opinião

“Cui bono?”ou“cui prodest scelus is fecit" ou traduzindo, "aquele que lucra com o crime foi quem o cometeu" é o nome da operação da PF que pescou dois rotundos bagres barbados: Gedel Vieira Lima, um baiano comilão e Eduardo Cunha, um homem de caráter, segundo sua esposa de caráter duvidoso. O nome da operação é uma pergunta e a tradução a resposta. Ambos abriram o cofre da Caixa Econômica Federal para que de lá saíssem empréstimos vultosos mediante uma gorda propina. Na CEF investigam-se o FI-FGTS, fundos de pensão e se Deus quiser virá um baculejo no sistema de oficial de loterias, possível lavanderia ainda em plena operação. Haja rolo siminino... 

Não basta dizer que é vereador. É preciso ler, se envolver no processo, dominar o tema e atentar para o que assina - Por Léo Ladeia  - Gente de Opinião

07-No mato e sem cachorro

A presidente do STF, Cármen Lúcia, quer mutirões permanentes para aliviar a pressão do sistema prisional. Boa ideia. Quer também o censo penitenciário pois os dados atuais não são confiáveis. Outra boa ideia. Mas e depois o que virá? Os “acidentes pavorosos” acabam, mas e a guerra das ruas como fica? Supondo-se que 40% dos presos sejam soltos, o que irão fazer? Para onde irão? Mutirões para trabalho e cidadania? Do latim a pergunta: “Quo vadis?” e do povão a resposta: ”o inferno está cheio de idealistas e suas boas ideias.” E a ministra Carmem Lúcia pilotando a onça.   

Não basta dizer que é vereador. É preciso ler, se envolver no processo, dominar o tema e atentar para o que assina - Por Léo Ladeia  - Gente de Opinião

08-Mudanças possíveis

E já que falamos dela, vale a pena ler todo o artigo da Folha. As ações, aplicação e a desenvoltura da ministra Carmem Lúcia gera desconforto para Temer, seus ministros, Congresso e colegas de Judiciário. O perfil centralizador, a fala sóbria e econômica e a gestão proativa incomodam. Alheia aos burburinhos, a ministra segue diligentemente em meio à relação com Temer de altos e baixos. A exemplo do que ocorreu com Joaquim Barbosa, o medo é que a política a chame em 2018.


 



 

09-Bate-cabeça na nova Câmara Municipal

Não basta dizer que é vereador. É preciso ler, se envolver no processo, dominar o tema e atentar para o que assina - Por Léo Ladeia  - Gente de Opinião

Do que vi até aqui, acredito que a “tchurma nova” até quer agitar. O diabo é que estão tomando rasteira, pisando em visgo de jaca, casca de banana, viajando na maionese e levando balão dos veteranos ao som de um antigo sucesso da Elis Regina: “O bêbado e o equilibrista”. Perdão pela infâmia, mas não resisti. Não basta dizer que é vereador. É preciso ler, se envolver no processo, dominar o tema e atentar para o que assina. “Cavalo não desce escada”, dizia Ibrahim Sued.

Servidores denunciam lei aprovada na câmara que beneficia apenas um vereador - Vídeo SICTV


10-Zé de Nana e Porto Velho sob nova direção

Não basta dizer que é vereador. É preciso ler, se envolver no processo, dominar o tema e atentar para o que assina - Por Léo Ladeia  - Gente de Opinião

“Tá assim meio igual, mas diferente. Se bem que tem hora que até parece que é o contrário”. 
 

Gente de Opinião

Gente de Opinião

Não basta dizer que é vereador. É preciso ler, se envolver no processo, dominar o tema e atentar para o que assina - Por Léo Ladeia  - Gente de Opinião

leoladeia@hotmail.com

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Léo Ladeia

Coluna do Leo Ladeia

Coluna do Leo Ladeia

  FRASE DE HOJE: "O juiz não pode perder a capacidade de julgar, para condenar ou absolver".– Ministro Teori Zavascki. 01-Driblando a crise Os mercadi

Coluna do Leo Ladeia

Coluna do Leo Ladeia

 FRASE DE HOJE: "Está em jogo é populismo. O tipo de discurso que chega agora dos Estados Unidos encoraja o populismo e até o extremismo".– François H

Coluna do Leo Ladeia

Coluna do Leo Ladeia

  FRASE DE HOJE: "A Lava-Jato tem gerado expectativas e uma onda de  consequências. O Tribunal está desafiado a dar uma solução que  ultrapasse qualqu

Coluna do Leo Ladeia

Coluna do Leo Ladeia

  FRASE DE HOJE: "O Brasil perdeu a sensibilidade para o absurdo.” – José Padilha, cineasta.      01- Mapa da violência no Brasil I Levantamento efetu