Porto Velho (RO) segunda-feira, 23 de maio de 2022
×
Gente de Opinião

Hiram Reis e Silva

Putrefata 'Terra Brasilis'


 

Por Hiram Reis e Silva, Porto Alegre, RS, 02 de dezembro de 2013.


 

(Negrinho do Pastoreio)

Jayme Caetano Braun

(http://www.youtube.com/watch?v=5wD3yy1_lZo)

(...) O meu peito de índio vago

Também sofreu igual sorte,

E hoje vagueia, sem Norte,

Sem fugir, por mais que ande,

Deste formigueiro grande

Onde costumes malditos

Tentam matar aos pouquitos

As tradições do RIO GRANDE!

-  O Meu País - Zé Ramalho

    (http://www.youtube.com/watch?v=8xSUDaxcHlU)

Alguns amigos estranharam meu silêncio auto-imposto desde que retornei da Travessia do Rio Tapajós, no Pará ‒ estava dedicando este período à compilação, pesquisa e confirmação dos dados colhidos na última missão. Estupefato, porém, continuava a acompanhar o julgamento dos mensaleiros e a crescente onda de violência que assola o país. As brandas leis brasileiras estimulam este massivo aumento de contravenções de toda ordem e nossa nação começa a dar evidentes sinais de que está enferma. Nossa “Terra Brasilis” está doente física, espiritual e moralmente. Basta compararmos as notícias tupiniquins com as de outros países.

-  Japão - Solidariedade e Altruísmo

Acidente na Central Nuclear de Fukushima I, no Japão, com lançamento de materiais radioativos no meio ambiente, em consequência do sismo de Tōhoku, seguido de tsunami em 11.03.2011.

A Unidade de Veteranos Qualificados, um grupo de mais de 200 aposentados com experiência em engenharia e outras profissões, se dispôs a substituir pessoas mais jovens que estão se expondo a altos níveis de radiação. O grupo acredita que tem menos de 20 anos para viver, e estarão mortos antes que apareça qualquer câncer induzido pela radiação. A história já é diferente para os jovens que lutaram nessa zona de guerra por três meses, desde o tsunami e terremoto de março, e que têm maior risco de desenvolver câncer quando ficarem mais velhos. E os idosos não acreditam serem kamikazes por se disporem a tanto: “Eles iam para morrer. Mas nós vamos voltar.” Tudo o que está impedindo estes pensionistas de colocarem trajes de proteção nuclear é o governo japonês, que infelizmente coloca burocracia no meio.(Fonte: m.gizmodo.uol.com.br)

-  Alienação Brasileira

No Brasil, bandidos explodem um caixa eletrônico e fogem deixando uma pessoa ferida e outra moribunda. Populares preocupam-se em catar as moedas espalhadas pela calçada sem prestar qualquer tipo de assistência aos feridos.

-  Tratamento a Menores Assassinos nos EUA

Os três adolescentes, de 15, 16 e 17 anos, que mataram o atleta foram presos e confessaram que cometeram o crime porque não tinham nada para fazer e queriam ver alguém morto. O trio foi acusado nessa terça-feira pelo crime. Os mais jovens, que fizeram os disparos, serão julgados como adultos e poderão ser condenados à prisão perpétua. “Embora tenha pena de morte em Oklahoma, ela não pode ser aplicada a menores de 18 anos”, lembra o colunista. O terceiro envolvido, que dirigia o carro, vai para um reformatório e lá poderá ficar até os 25 anos. (Fonte: noticias.band.uol.com.br)

-  Tratamento a Menores Assassinos no Brasil

Segundo informou o Promotor da vara da infância e juventude da Comarca de Itapajé, Dr. Plínio Augusto de Almeida Pereira, os três adolescentes acusados de participar do latrocínio que vitimou o comerciante Pimentel Dutra Pacheco, ocorrido no dia 15 deste mês, foram sentenciados a até três anos de internação para cumprimento de medidas sócio-educativas. A decisão foi proferida pelo Juiz Dr. Carlos Eduardo de Oliveira Holanda Junior em audiência realizada no Fórum da Comarca na tarde da última quarta-feira, dia 30. O período de internação de três anos é o tempo limite imposto pelo Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA, mas Dr. Plínio advertiu que os menores poderão voltar às ruas bem antes. (Fonte: maikonrios.blogspot.com.br)

-  Suécia fecha quatro prisões porque população carcerária despenca

    Fonte: Richard Orange. Em “Guardian” (Malmo)

A Suécia está passando por tamanha queda no número de prisioneiros recebidos por suas penitenciárias, nos últimos dois anos, que as autoridades da Justiça do país decidiram fechar quatro prisões e um centro de detenção. “Vimos um declínio extraordinário no número de detentos”, disse Nils Oberg, diretor dos serviços penitenciários e de liberdade vigiada suecos. “Agora temos a oportunidade de fechar parte de nossa infraestrutura, por não necessitarmos dela no momento”. (...)

COMPARAÇÃO

De acordo com dados recolhidos pelo Centro Internacional de Estudos Carcerários, os cinco países com maior população de presidiários são os Estados Unidos, China, Rússia, Brasil e Índia.

País

Detentos/100 mil hab

População Carcerária

EUA

716

2.239.751

China

121

1.640.000

Rússia

474

681.600

Brasil

274

584.003

Índia

30

385.135

-  Conclusão

O discurso dos defensores dos direitos humanos tem um foco único ‒ preservar o contraventor, o bandido, sem levar em conta os direitos dos cidadãos de bem que estão tombando neste sangrento campo de batalha onde impera a lei do mais forte. Devemos tratar seres humanos com humanidade e estas bestas com uma lei mais rigorosa. Menores sanguinários não devem ser julgados com base na sua faixa etária, mas, de acordo com a gravidade do seu delito.

-  Livro do Autor

O livro “Desafiando o Rio-Mar – Descendo o Solimões” está sendo comercializado, em Porto Alegre, na Livraria EDIPUCRS – PUCRS e na rede da Livraria Cultura (http://www.livrariacultura.com.br). Para visualizar, parcialmente, o livro acesse o link:

http://books.google.com.br/books?id=6UV4DpCy_VYC&printsec=frontcover#v=onepage&q&f=false

Fonte: Coronel de Engenharia Hiram Reis e Silva

Professor do Colégio Militar de Porto Alegre (CMPA);

Presidente da Sociedade de Amigos da Amazônia Brasileira (SAMBRAS);

Membro da Academia de História Militar Terrestre do Brasil – RS (AHIMTB – RS);

Membro do Instituto de História e Tradições do Rio Grande do Sul (IHTRGS);

Colaborador Emérito da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra(ADESG).

Colaborador Emérito da Liga de Defesa Nacional (LDN).

E-mail: [email protected]

Blog: http://desafiandooriomar.blogspot.com.br

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Hiram Reis e Silva

A Terceira Margem – Parte CDXXXIV - Francisco J. R. Barata (1798/9) Parte IX

A Terceira Margem – Parte CDXXXIV - Francisco J. R. Barata (1798/9) Parte IX

Bagé, 23.06.2022  Novembro 6, 7, 8 e 9 de 1798 Nos dias seguintes tratei de me dispor para a via­gem, e de me despedir de todas aquelas pessoas a qu

A Terceira Margem – Parte CDXXXII - Francisco J. R. Barata (1798/9) Parte VII

A Terceira Margem – Parte CDXXXII - Francisco J. R. Barata (1798/9) Parte VII

Bagé, 18.06.2022  10 Pelas 11h00, chegamos a Maiacá, onde estavam as canoas. De tarde passou-se para o barco tudo o que havia nelas, e esperamos a ma

A Terceira Margem – Parte CDXXXI - Francisco J. R. Barata (1798/9) Parte VI

A Terceira Margem – Parte CDXXXI - Francisco J. R. Barata (1798/9) Parte VI

Bagé, 16.06.2022 3 De manhã fui cumprimentar ao Major, o qual me recebeu com a mesma afabilidade, e me participou ter já chegado a resolução do Coman

A Terceira Margem – Parte CDXXX - Francisco J. R. Barata (1798/9) Parte V

A Terceira Margem – Parte CDXXX - Francisco J. R. Barata (1798/9) Parte V

Bagé, 13.06.2022  Setembro 1° Com a vazante da manhã partimos do dito lugar, e fomos chegar, quase pelas 14h00, ao Porto da Fortaleza da cidade de D