Porto Velho (RO) segunda-feira, 27 de junho de 2022
×
Gente de Opinião

Carlos Sperança

Uma coluna sem papas na língua 21/09/10


 

Uma coluna sem papas na língua 21/09/10 - Gente de OpiniãoO fenômeno petista

 

Avassaladora, a senadora Fátima Cleide chega à reta final botando medo nos cardeais da política rondoniense, o ex-governador Ivo Cassol (PP) e o senador Valdir Raupp (PMDB). O receio dos bichos-papões da política regional de que o segundo voto seja destinado ao balaio da professorinha chegou ao ponto do governador Ivo Cassol decidir apoiar a candidatura ao Senado do seu adversário tradicional do PMDB para evitar o segundo voto a petista.

 

Uma coluna sem papas na língua 21/09/10 - Gente de OpiniãoUniversidade estadual

 

O deputado estadual Jesualdo Pires (PSB-Ji-Paraná) ingressou ontem na Assembléia Legislativa com proposta visando garantir os recursos necessários no orçamento estadual para a implantação da Universidade Estadual de Rondônia. Pires entende que até hoje só se viu blablablá em torno desta iniciativa, sem  que nenhuma medida prática tenha sido adotada para consumar esta aspiração da comunidade estudantil.

 

Uma coluna sem papas na língua 21/09/10 - Gente de OpiniãoCheio de rancores

 

Em Rondônia as antigas lideranças foram perdendo terreno com o tempo e expoentes da década de 80 como o ex-governador Jerônimo Santana, do ex-senador Odacir Soares, dos ex-governadores Ângelo Angelim e Oswaldo Piana se encontram hoje quase no anonimato. Odacir, Angelim e Piana não guardam rancores e tocam sua vida, mas Jerônimo anda cheio de ódio contra antigos discípulos.

 

Uma coluna sem papas na língua 21/09/10 - Gente de OpiniãoCriador x Criatura

 

Ocorre que Jerônimo, o Bengala, não perdoa o atual senador Valdir Raupp por tê-lo deposto do PMDB e até hoje procura pêlo em ovo para prejudicar o barbudo queixada.  Bengala espalhou um documento na aldeia responsabilizando o parlamentar rondoniense por tudo de mal que ocorreu no estado nos últimos anos, quando na verdade cada gestão estadual teve seu quinhão de responsabilidade.

 

 

Uma coluna sem papas na língua 21/09/10 - Gente de OpiniãoÉ por asfixia, gente!

 

Política em Rondônia é assim, jogo bruto. Vide Cassol que devorou Expedito. Raras vezes as criaturas conseguem devorar os criadores. Raupp devorou Bengala e assim que assumiu o poder não deu chances para os predadores Ildemar Kusller e José Guedes crescerem. Como uma baita sucuri, o barbudo asfixiou seus aliados. Com isso os ex-prefeitos viraram pó.

 

Uma coluna sem papas na língua 21/09/10 - Gente de OpiniãoGoela abaixo

 

Tampouco as lideranças rondonienses pedem por favor para ingressar nas agremiações políticas.  José Bianco já invadiu vários partidos goela abaixo, mas o caso mais conhecido é quando tomou o PFL (hoje Democratas) de Odacir Soares. Aliás, O raposão foi enxotado de legenda em legenda, até acabar no minúsculo PSL, que ele tomou de Silvana Davis.

 

Uma coluna sem papas na língua 21/09/10 - Gente de OpiniãoA volta de Pereirinha

 

De volta ao PSB,  o ex-deputado estadual Daniel Pereira, que teve dois mandatos cumpridos com eficiência no parlamentar estadual, se habilita a retonar a casa de leis, no lugar de Wilber Coimbra que assumiu cargo de conselheiro no Tribunal de Contas do Estado –TCE. Pereirinha não concorre à reeleição mas reforça os quadros socialistas.

 

Uma coluna sem papas na língua 21/09/10 - Gente de OpiniãoA pantera e o veado

 

O dirigente comunista Francisco Pantera, o grande responsável pelo crescimento do PC do B em Porto Velho, utiliza como mote político há duas décadas a frase “correr como uma pantera para não morrer como um veado”. É um dos caras mais idealistas que conheci nestas bandas e ainda lembro dele percorrendo a pé as ruas da capital panfletando suas idéias vermelhinhas no início dos anos 90.

 

Uma coluna sem papas na língua 21/09/10 - Gente de OpiniãoO cenário na capital

 

A conquista da ponteira na disputa ao governo do estado na capital, Porto Velho, maior colégio eleitoral do estado, com quase 280 mil eleitores, mobiliza todas as forças políticas. Neste momento vejo Confúcio Moura (PMDB) e João Cahulla (PPS) disputando o pódio. Expedito que já liderou a corrida ao governo, desabou de vez e Eduardo Valverde não está conseguindo cantar de galo no seu próprio terreiro.

 

Do Cotidiano

A nossa corrida sucessória

Uma coluna sem papas na língua 21/09/10 - Gente de OpiniãoRebuscando antigas colunas, do inicio do ano, eis que pincei aquela em que citava o ex-prefeito de Ariquemes Confúcio Moura, como a grande zebra da temporada. E olhe que naquela época ainda eram tidos como candidatos nomes temíveis, como o ex-governador José Bianco, o prefeito Roberto Sorinho, o presidente da ALE Neodi Carlos etc. De lá para cá, como era esperado, uma onda confucionista se espalhou pelo estado.

No caso de João Cahulla, considerado o patinho feio da temporada de 2010, já em fevereiro – quando ele era alvo até de piadas dentro da própria base aliada – este colunista destacava sua ascensão, prevendo que ele ganharia de Expedito a disputa por uma vaga ao segundo turno, dentro da faixa de votos da base governista. E é o que esta ocorrendo e se confirmando nas pesquisas.

Mas não tem esta só do colunista chegar aqui e ficar lembrando pitacos bem sucedidos. Tive – e reconheço com humildade - vários equívocos também, embora o principal deles se confirme apenas no dia da eleição. Eu esperava uma grande vitória do petista Eduardo Valverde em Porto Velho (não no interior, onde a gente sabe que candidato da capital leva pau) e o que se desenha por aqui na capital, também é uma vitória magra ou até uma derrota do petista.

Sobre as pesquisas: não fazem duas semanas avalizei a pesquisa divulgada pelo Ibope, já com a ultrapassagem de Cahulla sobre Expedito e fui criticado duramente por isso. Mas as cartas estão na mesa: hoje todos os institutos já asseguram uma disputa em dois turnos entre Confúcio, a zebra da temporada, e Cahulla, o ex-patinho feio.

E mais uma vez, como se vê, Rondônia vai confirmando suas reviravoltas, que não devem parar nas eleições ao governo, podem acontecer também no pleito ao Senado. Mas é com relação a Câmara Federal e a Assembléia Legislativa é que o bicho vai pegando com nomes novos despontando para a conquista de cadeiras.

Se prevê no Vale do Jamari a renovação dos quadros para a Assembléia Legislativa com Saulo da Renascer (PDT-Ariquemes) e Adelino Follador (DEM-Cacaulândia). Na região do café, Glaucioni Nery (PSDC- Cacoal), na capital David Chiquilito (PC do B) e Epifânia barbosa (PT). Também tem os clãs políticos lançando parentes com força: os Amorins lançam Helma (Ariquemes)  os Muletas Rafael ( na região de Jaru)

 

 

Via Direta

 

*** O Censo do IBGE nem terminou e já surgem polêmicas em torno das previsões demográficas *** Em Rolim de Moura, por exemplo, foi constatado que a população diminuiu, mas em contrapartida o numero de eleitores aumentou *** Mais uma vez a Corrida das Voadeiras, no Rio Madeira, foi um sucesso em Porto Velho.   

Siga o Gentedeopinião no Gente de Opinião



Fonte: Carlos Sperança - [email protected]
 Gentedeopinião   /  AMAZÔNIAS   /  RondôniaINCA   /   OpiniaoTV
 Energia & Meio Ambiente   /   YouTube  / Turismo   /  Imagens da História

 

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Carlos Sperança

Eleição e corrupção + Contagem regressiva + Cenário nublado + Baita renovação

Eleição e corrupção + Contagem regressiva + Cenário nublado + Baita renovação

Eleição e corrupçãoÉ fácil acreditar em acusação falsa contra alguém que a pessoa detesta enquanto o discurso anticorrupção demagógico e mentiroso,

Página infeliz + Centro histórico de Porto Velho + Multidão de indecisos

Página infeliz + Centro histórico de Porto Velho + Multidão de indecisos

Página infelizPor mais que estejam na moda escapismos como supor as antigas civilizações amazônicas destruídas por ETs, com Rússia e EUA alimentand

Febre imigratória + Fazendo a diferença + Efeito manada + As projeções

Febre imigratória + Fazendo a diferença + Efeito manada + As projeções

Andorinhas humanasNão poderia passar em branco nos EUA e Canadá a triste notícia de que a andorinha-azul (Progne subis) tem sua população progressi

Pão amargo + União de forças do MDB + Movimentações no interior + José Guedes é pra valer

Pão amargo + União de forças do MDB + Movimentações no interior + José Guedes é pra valer

Pão amargoQuando o Brasil começava a obter ganhos diplomáticos no exterior, o desaparecimento do jornalista inglês Dom Phillips e do indigenista Bru